18.1 C
São Paulo
sábado, agosto 13, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos A soja certa para a sua região de cultivo

A soja certa para a sua região de cultivo

Luis de Souza Freitas

Engenheiro agrônomo, doutor e professor da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), campus Paragominas

luis.freitas@ufra.edu.br

Luciana da Silva Borges

Doutora, coordenadora do Grupo de Pesquisa em Horticultura da Amazônia (Hortizon) eprofessora ” UFRA

luciana.borges@ufra.edu.br

Luana Keslley Nascimento Casais

Graduanda em Agronomia “UFRA

luana.casais@gmail.com

Fotos Shutterstock

As sementes de soja têm papel fundamental na produtividade de um talhão, pois nela estão contidas todas as características genéticas e qualidades que a planta terá desde sua germinação, crescimento, desenvolvimento, indo até a fase final de colheita, isto é, a escolha de uma boa semente refletirá no futuro da produtividade em uma região ou propriedade agrícola.

 

Possibilidades

 

As opções hoje no mercado constam de cultivares de soja transgênicas e convencionais, as quais o produtor deve ter cuidado ao escolher, pois é preciso cada vez mais de conhecimento sobre as mesmas, uma vez que o desconhecimento pode inferir em problemas, principalmente pertinentes a pragas ou doenças, que podem comprometer sua produtividade.

As recomendações para as principais cultivares de soja estão sendo trabalhadas pelas zonas ambientais homogêneas, isto é, de acordo com seu ciclo fenológico, bem como o fotoperíodo, a cultivar terá seu grau de maturação estabelecido de acordo com cada região, onde poderá a soja escolhida ter início estabelecido pela janela de plantio de acordo com a região, a população de plantas conhecida, o grau de adaptabilidade de fatores edafoclimáticos, bem como a tolerância a pragas e doenças, assim como maior produtividade no talhão.

 

Manejo

Na escolha da semente, é importante levar em consideração a qualidade e conhecer os fatores edafoclimáticos. Desta forma, realizar coleta e análise de solo, para posterior correções químicas, seja por parte da acidez ou reposição dos principais nutrientes, como nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enfim, todos os alimentos de que a planta precisa, assim como a parte física do solo, averiguando se na área há compactação ou impedimentos físicos, bem como manejo de solo, como sistema de plantio direto ou integração lavoura-pecuária.

O posicionamento da soja em uma área também dependerá da janela de plantio encontrada em diferentes regiões do Brasil, a qual, de acordo com o grau de maturação da cultivar escolhida, pode ser posicionada em uma determinada região, realizando testes fenológicos, bem como a escolha da época de plantio estabelecida de acordo com o grau de chuvas, um fator importante na plantabilidade.

Essa matéria completa você encontra na edição de novembro de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Inicio Revistas Grãos A soja certa para a sua região de cultivo