20.6 C
Uberlândia
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
- Publicidade -
InícioLançamentosAcordo de compra é selado entre plataforma PlantUP e SLC Agrícola

Acordo de compra é selado entre plataforma PlantUP e SLC Agrícola

Foto: Divulgação Grupo ATTO / Odilio Balbinotti Filho e Aurélio Pavinato. 

A data de 11/11/2020 foi mais um marco na história do Grupo ATTO. Neste dia, o Grupo assinou um acordo com a SLC Agrícola, um dos maiores produtores mundiais de grãos e fibras, que prevê uma opção de compra de até 10% das ações da sociedade a ser constituída com a integralização do PlantUP, sua plataforma de informações agrícolas. “A SLC acreditou no projeto desde o início, como usuário, utilizando em seu planejamento agrícola, tomando decisões estratégicas a partir das informações geradas, otimizando seus resultados”, aponta Aurélio Pavinato, CEO da SLC Agrícola.

O impacto das tecnologias digitais no setor agro já é realidade e será cada vez mais avassalador, a competitividade será ditada por quem tiver pessoal capacitado para extrair e aplicar melhor as informações geradas por plataformas como o PlantUP, declara Odilio Balbinotti Filho, CEO do Grupo Atto, que é também proprietário da Atto Adriana Sementes.

Neste acordo assinado, a SLC poderá exercer a opção de compra, em até 5 anos a contar desta data, colaborando com a plataforma durante esse período do acordo. “Estou estudando a possibilidade, inclusive, de fazer um IPO do PlantUP, daqui a 5 anos, e, assim, podermos dar acesso a outros agricultores que também queiram investir na plataforma” acrescenta Odilio.

A amplitude que o PlantUP alcançou em tão pouco tempo, oportunizando aos produtores a utilização das informações acumuladas de mais de 10 milhões de hectares, em 21 estados brasileiros e no Paraguai, demonstrou um potencial impressionante de agregação de valor à produção agrícola e estimulou o acordo entre as empresas, enfatiza Aurélio Pavinato.

“Estamos muito animados com este acordo. Isso vai nos permitir acelerar ainda mais o lançamento de produtos cada vez mais aderentes às necessidades do agricultor. Para o próximo ano, pretendemos colocar no mercado uma versão do PlantUP com prescrições a partir de inteligência artificial. Isto é só o começo de uma grande revolução na agricultura brasileira através do melhor uso das informações geradas no campo” comemora Odilio.

Vale destacar que o acordo celebrado com a SLC se refere exclusivamente à aquisição de participação acionária, ou seja, um relacionamento de investidor, sendo que o acordo de permissão firmado entre a plataforma e o agricultor garante a confidencialidade das informações inseridas.

Sobre o Grupo ATTO                                                                                                                                             

Com sede em Rondonópolis (MT), o Grupo ATTO é a holding proprietária da ATTO Sementes – antiga Sementes Adriana, líder na produção de sementes de soja no Brasil com 40 anos de história na agricultura nacional. O fundador do grupo, Odílio Balbinotti, chegou a Mato Grosso em 1980 e, mesmo com os desafios da época, conseguiu produzir sementes de qualidade para uma então nova fronteira agrícola, no município de Alto Garças. Desde 2003 a empresa é presidida por Odilio Balbinotti Filho e, além da semente de soja, passou a produzir sementes de milheto, crotalária, azevém e brachiaria, que plantam mais de 1,5 milhão de hectares no Brasil e mais oito países. Em setembro de 2019, o Grupo lançou a plataforma PlantUP, que vem contribuir com a tomada de decisão do agricultor, alinhada com o propósito de elevar sua competitividade sem o aumento de custos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Advanta Sementes anuncia investimentos e entra no mercado brasileiro de soja

  A Advanta Sementes, empresa multinacional de sementes, entra em um novo mercado de atuação, essencial para o agronegócio brasileiro. As sementes de soja se...

Monsanto BioAg lança inoculante para tratamento industrial de sementes

  A Monsanto BioAg , que firmou aliança com a Novozymes, participa pelo quarto ano do Congresso ANDAV, um momento oportuno para fazer contato com...

Sementes de milho de alta qualidade

Segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), ...

Embrapa lança a primeira cultivar de maracujá-doce

A Embrapa Cerrados (Planaltina, DF) acaba de lançar a primeira cultivar da espécie Passiflora alata Curtis, maracujá-doce BRS Mel do Cerrado (BRS MC) registrada...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!