22.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosAdjuvante de nova geração

Adjuvante de nova geração

FIGHTER ® NG, da multinacional francesa De Sangosse, traz o conceito de evolução, com componentes específicos que contribuem na diminuição do percentual das gotas mais finas da calda de aplicação

No conceito de Tecnologia de Aplicação, o manejo do espectro de gotas é uma das técnicas mais importantes para a redução da deriva. Além de garantir que elas atinjam o alvo com a concentração adequada de defensivos agrícolas, também faz com que essa deposição ocorra de forma uniforme.

E para contribuir com o máximo aproveitamento dos ingredientes ativos utilizados nos tratamentos fitossanitários dos cultivos agrícolas, a De Sangosse Brasil apresenta ao mercado o FIGHTER® NG, um produto considerado premium e que representa a evolução de uma marca já consolidada em adjuvantes.

Créditos: Shutterstock

De acordo com Raphael Calcanho, coordenador técnico da empresa, a nova ferramenta traz componentes específicos e combinados que atuam nas propriedades físicas da calda de pulverização. “Seu principal diferencial é ser um excelente redutor de deriva, resultando em uma aplicação de maior qualidade e uniformidade, pois promove a diminuição do percentual das gotas mais finas abaixo de 100µ (micrómetros)”, explica.

Técnicas para redução de deriva

Com relação à deriva, as técnicas para sua redução são uma combinação de diferentes práticas que fazem parte de uma aplicação. Um exemplo é o uso de pontas de pulverização adequadas e a utilização de adjuvantes de calda que reduzam este tipo de perda, ao modificarem o tamanho de gotas e diminuírem a formação das mais finas.

Não considerar o manejo adequado desse parâmetro pode resultar na ineficiência do aproveitamento dos insumos. Por consequência poderá provocar aumento dos custos, perdas de produção e prejuízos ao agricultor, além de contaminações de áreas próximas (cursos d’água, florestas, áreas povoadas, lavouras vizinhas, entre outros).

Nova geração

A adoção da sigla NG ao FIGHTER® ressalta o conceito de new generation, ou seja, a evolução de uma marca bem-sucedida no mercado. O adjuvante FIGHTER® compõe o portfólio da multinacional francesa desde 2015 e é considerado uma das soluções mais eficientes e rentáveis nesta categoria de produtos.

“O FIGHTER® NG é uma nova formulação desenvolvida pelo time técnico global da De Sangosse, expert e líder europeia de adjuvantes. O objetivo deste trabalho foi obter um produto que ofereça ganhos ainda mais expressivos em qualidade de aplicação, gerando pulverizações mais eficientes, rentáveis e seguras para o agricultor brasileiro também”, explica o coordenador.

Características

Um dos destaques evolutivos do produto é no aspecto da segurança. O FIGHTER® NG é livre de nonilfenol etoxilado, que funciona como um surfactante ou tensoativo não-iônico de baixo valor econômico. A sua utilização pode causar sérios danos à saúde humana e ao meio ambiente.

O novo adjuvante é formulado com um blend de surfactantes isento desse composto, oferecendo alto desempenho sem agredir a cutícula vegetal da planta, além de segurança para os operadores e ao meio ambiente.

Em ensaios feitos em institutos de pesquisa agronômica, no exterior e no Brasil, o FIGHTER® NG demonstrou ganhos entre 20% a 50% na redução de deriva. Esta variação positiva dos efeitos se deve aos diferentes manejos e tipos de aplicação, e destaca a alta performance da solução. “O controle de perdas por deriva representa ganhos importantes para o agricultor, já que não se perde parte dos investimentos feitos nos produtos agroquímicos e se garante maior eficácia agronômica que contribui para maiores rentabilidades”, pontua Calcanho.

A indicação de uso do produto é para todos os agroquímicos, fertilizantes foliares e bioinsumos via terrestre e aérea, lembrando que tem pH neutro. As doses recomendadas são de 100 a 150 mL/100 l de água para aplicação terrestre e de 500 mL/100 l de água para aplicação aérea.

ARTIGOS RELACIONADOS

Alfaces especiais

Dentre as hortaliças folhosas, a alface representa a mais popular e consumida em todo o planeta ...

Máximo potencial produtivo

Boa parte da agricultura brasileira, um país tropical e sujeito a variações climáticas intensas ...

Os consumidores da geração Z: impacto no agronegócio

A Geração Y promoveu rupturas, a Z as aprofundará.

O potencial da soja e o aumento das exportações

O campo não parou por causa da Covid-19. A agricultura e as atividades de apoio, como o transporte, foram consideradas áreas essenciais pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!