21.6 C
Uberlândia
sábado, junho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosAgro tem saldo comercial e exportações recordes em 2020

Agro tem saldo comercial e exportações recordes em 2020

A balança comercial do agronegócio brasileiro teve superávit comercial e exportações recordes no acumulado de janeiro a novembro de 2020, segundo dados do Ministério da Economia compilados pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O saldo positivo registrado foi de US$ 81,9 bilhões, enquanto a receita com as vendas externas somaram US$ 93,6 bilhões. Em relação ao mesmo período de 2019, as exportações cresceram 4,9% em valor e 10,6% em volume (204,5 milhões de toneladas).

Os principais produtos da pauta neste ano foram: soja em grãos (US$ 28,5 bilhões), carne bovina in natura (US$ 6,8 bilhões), açúcar de cana em bruto (US$ 6,7 bilhões), celulose (US$ 5,6 bilhões) e farelo de soja (US$ 5,5 bilhões).

Estes itens responderam por 56,7% das vendas externas até o mês passado. Quanto aos mercados alcançados, a China segue como o principal destino dos produtos do agro brasileiro, com participação de 34,8% das exportações. Na sequência aparecem União Europeia (16,3%), Estados Unidos (6,7%), Japão (2,5%) e Coreia do Sul (2,1%).

Novembro – No mês passado, as vendas para outros países alcançaram US$ 7,9 bilhões, queda de 1,5% na comparação com novembro de 2019. O volume embarcado foi de 15,8 milhões de toneladas, 3,5% a menos do que no mesmo mês no ano passado.

Os principais produtos exportados no mês foram o milho, o açúcar de cana em bruto, a carne bovina in natura, o café verde e o farelo de soja, que tiveram participação de 44,3% do total das vendas externas mensais. Entre os principais destinos, destaque novamente para China, União Europeia e Estados Unidos. Completam a lista dos cinco primeiros Vietnã e Japão.

Agro.BR – Entre os produtos que fazem parte do escopo de ações do Projeto Agro.BR, desenvolvido em parceria com a Apex Brasil para estimular a participação de pequenos e médios produtores no comércio internacional, destaque para os seguintes produtos: chá, mate e especiarias, produtos apícolas e lácteos.

De janeiro a novembro, o embarque de chá, mate e especiarias subiu 13%, gerando uma quantia de US$ 323,5 milhões.  A receita obtida com as vendas externas de produtos apícolas foi de US$ US$ 96,3 milhões (crescimento de 39,5%) e as exportações de lácteos totalizaram US$ 68,6 milhões (alta de 30,3% em relação ao mesmo período de 2019).

ARTIGOS RELACIONADOS

Feijão das águas

Apesar da possibilidade de altos rendimentos e grãos de excelente qualidade, o feijão das águas,...

Empresas brasileiras já exportam produtos plant-based para mais de 25 países

GFI lança guia de startups com dicas sobre como criar, planejar e financiar uma empresa de produtos à base de proteínas alternativas

Agronegócio impulsiona economia baiana

Mesmo com queda em relação ao ano de 2022, há expectativas para segundo trimestre de 2023

KWS Sementes realizará o evento Agroservice

Conhecimento e informações para o futuro no campo. Essa é a proposta do Agroservice ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!