18.1 C
São Paulo
sábado, agosto 13, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Algas - Mais proteção para a laranja

Algas – Mais proteção para a laranja

Autores

Bruno Novaes Menezes Martins
Engenheiro agrônomo e doutor em Agronomia/Horticultura – FCA/UNESP
brunonovaes17@hotmail.com
Letícia Galhardo Jorge
Bióloga e mestranda em Botânica – IBB/UNESP
leticia_1307@hotmail.com

O extrato à base das algas marinhas é uma alternativa ecologicamente correta e proporciona aumentos consideráveis à produtividade, além de beneficiar as propriedades físicas, químicas e biológicas dos solos, aumentando a capacidade de retenção de umidade e promovendo o desenvolvimento de microrganismos do solo benéficos aos cultivos, resultando em melhorias significativas no campo.

São utilizados para aumentar a germinação de sementes, o crescimento do sistema radicular, a frutificação e indução da resistência a pragas e doenças, e estimular a resistência ao estresse.

O primeiro passo para se obter uma cultura com alto potencial de produtividade é a produção de mudas de qualidade. Sendo assim, os extratos de algas apresentam em sua composição nutrientes, hormônios como citocininas, auxinas e giberelinas, que atuam como promotores do crescimento vegetal e contribuem para o aumento na resistência de plantas aos agentes fitopatogênicos, aos estresses como seca, temperatura e salinidade, fato esse que pode ser explicado devido ao extrato estimular a produção de fitoalexinas que atuam na defesa da planta.

Respostas à aplicação de algas

Com mais de 70 nutrientes disponíveis e de rápida absorção, as algas proporcionam aumentos consideráveis na produtividade, que podem chegar a até 20%. Spann e Little (2011), ao avaliarem doses de extrato de algas em mudas de laranjas, constataram melhor tolerância ao déficit hídrico no desenvolvimento vegetativo de mudas de laranja doce enxertadas para dois porta-enxertos (Carrizo e Citrumelo Swingle).

As plantas parcialmente irrigadas que receberam o extrato de algas apresentaram semelhante desenvolvimento de área foliar e peso seco de ramos ao de plantas totalmente irrigadas – e superior ao controle também parcialmente irrigado.

Estes resultados indicam que as plantas que receberam o extrato de algas desenvolveram-se mesmo em condição de estresse.

Manejo

Os extratos de alga são bastante versáteis quanto ao modo aplicação, podendo ser aplicados no tratamento de sementes com o objetivo de aumentar a porcentagem de germinação, na pulverização foliar, na fertirrigação ou em suas combinações.

Em produtos comerciais, como Acadian, apresentam recomendações em torno de 150 gramas a cada três meses, para frutíferas. As doses e volumes de calda variam com o formulado a adotar.

A média de custo por quilo do extrato de alga é em torno de R$ 10,00. Assim, o custo da aplicação em mudas é bem baixo, uma vez que se utiliza um volume pequeno de produto.

Inicio Revistas Hortifrúti Algas - Mais proteção para a laranja