Alimentação em casa aumenta busca por orgânicos

0
63
Hortaliças – Crédito Shutterstock

Na Casa Santa Luzia, crescimento nas vendas por produtos da categoria chegou a 31% no último semestre

Por estarem se alimentando mais em casa por conta da pandemia da Covid-19, as pessoas estão mais atentas à qualidade e à procedência daquilo que consomem. Este cenário vem favorecendo um segmento muito importante para o restabelecimento da economia: o de micro e pequenos fornecedores. No mercado de alimentos saudáveis, os produtos orgânicos ganham cada vez mais destaque e, segundo dados do Sebrae, cresceram 10% desde janeiro de 2020, com um acréscimo de 2,3 mil novos produtores.

Esta categoria está com visibilidade crescente nas prateleiras. Na Casa Santa Luzia, por exemplo, constatou-se um crescimento de 31% nas vendas de orgânicos no último semestre, comparando-se ao mesmo período do ano passado. “Temos hoje cerca de 1,3 mil produtos orgânicos disponíveis, 13% a mais do que tínhamos no ano passado”, conta Eliane Gomes, gestora da categoria de orgânicos da Casa Santa Luzia. O destaque vai para as farinhas e produtos de mercearia, que tiveram um aumento na procura expressivo neste período.

O tradicional mercado paulistano localizado nos Jardins, reconhecido pela grande variedade de produtos para todos os gostos, já tem hoje 158 diferentes fornecedores desta categoria de alimentos, o que representa também uma oportunidade para os micro e pequenos empresários. “Começamos a oferecer produtos orgânicos em 1998, a pedido dos nossos próprios clientes. Hoje, temos uma das maiores variedades do Brasil, e a cada dia a procura vem crescendo”, completa Eliane.

Para promover a categoria e apresentar a variedade de produtos, a Casa realiza anualmente a Quinzena dos Orgânicos que, neste ano, começou no dia 9 de agosto e vai até o dia 21, com exposição das marcas e muitos descontos. Entre os destaques estão Tâmara King Solomon 500g (de R﹩ 46,90 por R﹩ 42,20); Banana Prata Eco Vida 600g (de R﹩ 9,70 por R﹩ 8,70), Cogumelos Shitake fatiado Yuki 200g (de R﹩ 18,30 por R﹩ 16,50), Leite desnatado ou integral NoCarbon 1L (de R﹩ 11,60 por R﹩ 10,40), entre outros.

Sobre a Casa Santa Luzia

Inaugurada em 1926 pelo português Daniel Lopes, quando o bairro dos Jardins já começava a despontar como um lugar nobre da cidade de São Paulo, a Casa Santa Luzia é reconhecida pela qualidade, frescor e variedade dos seus produtos, oferecendo aos clientes o que há de melhor nos mercados do Brasil e do mundo. Tem como missão proporcionar uma experiência única aos seus clientes, por meio de um atendimento diferenciado e personalizado, da inovação, da alta qualidade dos serviços prestados e da seleção do mix de produtos. Tem como premissa oferecer bem-estar, praticidade, ótimos serviços e alimentação saudável.

A Casa Santa Luzia conta hoje com cerca de 32 mil itens na loja. O mix de produtos inclui um expressivo número de produtos importados, grande parte trazidos pela própria empresa. No atendimento ao público e por trás das prateleiras, mais de 600 funcionários trabalham nos dois mil e duzentos metros quadrados que a empresa ocupa hoje, na Alameda Lorena. Administrada pela família Lopes desde sua fundação, a Casa Santa Luzia está hoje na quinta geração, reafirmando a cada dia sua tradição em excelência em atendimento e qualidade.