Aminoácidos: Essencialidade para a cebola

0
182

Autores

Fellipe Kennedy Alves Cantarelifelipecantarelli2009@hotmail.com

Jade Cristynne Franco Bezerrajadefranco9@gmail.comMestrandos em Produção Vegetal/Agronomia – Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Ernandes Macedo da Cunha NetoMestrando em Engenharia Florestal – UFPR netomacedo878@gmail.com

Cebola – Créditos: Shutterstock

A cebola é uma cultura importante no mercado nacional e internacional, fomentando a agricultura brasileira de tal maneira que se faz necessário utilizar ferramentas que incrementem a produtividade dessa cultura, uma vez que a produtividade média do País é em torno de 32 t/ha, enquanto países como Japão e a Argentina a produtividade média ultrapassa as 45 t/ha (IBGE, 2019).

Muitos estudos confirmam que os aminoácidos podem afetar direta ou indiretamente os fatores fisiológicos, o desempenho no crescimento e expansão das plantas (Shafek, et al., 2018), podendo ser uma ferramenta promissora para a cebolicultura brasileira.

Portanto, seu uso vem sendo uma prática comum entre agricultores que buscam otimizar o rendimento e estabilidade de produção, pois estes bioestimulantes apresentam efeitos sobre o desenvolvimento e produtividade das plantas, além de reduzir os danos causados por estresses durante o ciclo de cultivo.

Com a utilização, podem aumentar a absorção dos fertilizantes, nutrientes e da água, além de promover o aumento da taxa fotossintética e a matéria seca fracionada e, por esse motivo, aumentar o rendimento das culturas.

Recomendações

O manejo de aplicação de aminoácidos na cebola pode ser feito de duas formas: aplicação via foliar ou via solo, sendo via foliar a técnica mais empregada em grandes produtores mundiais, como o Egito.

Além de ser a técnica mais usual de aplicação, fisiologicamente a absorção dos aminoácidos via foliar é facilitada, pois como as plantas conseguem absorver essas moléculas via estômatos, fatores externos como temperatura e umidade auxiliam na absorção. Por outro lado, a aplicação de aminoácidos via solo, quando incorporados antes do plantio ou por fertirrigação, também apresenta resultados satisfatórios, pois a microbiota facilita a absorção dos nutrientes.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.