18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Aminoácidos: fontes de reserva para as plantas

Aminoácidos: fontes de reserva para as plantas

 

Welington Adolfo de Brito

Professor no Centro Universitário do Cerrado Patrocínio (UNICERP)

wabto@hotmail.com

 

Crédito Luize Hess
Crédito Luize Hess

Os aminoácidos são sintetizados a partir de moléculas de glicose produzidas pelas plantas por meio da fotossíntese, e figuram entre os componentes mais importantes do metabolismo dos organismos vivos, presentes em todas as células.

Assim, uma molécula de aminoácido é considerada uma fonte de reserva, que em condições necessárias poderá servir de matéria-prima para desdobramento e produção de demais substâncias na planta. Os aminoácidos mais utilizados na agricultura são os denominados cadeias curtas mais eficientes.

Prejuízo da intoxicação de plantas por defensivos

Fitotoxicidade é a ação tóxica que uma substância provoca nas plantas, ou seja, prejudica o desenvolvimento vegetal. Esta ação dependerá do mecanismo de ação do herbicida, ou de outros insumos. Alguns exemplos são a fitotoxidade causada por aplicação incorreta de herbicidas ou de adubos.

Os danos são variáveis, desde pequenas lesões nas folhas ou em outros órgãos das plantas até a morte total dela. No entanto, deve-se ressaltar que uma simples lesão pode diminuir a capacidade fotossintética da planta, o que poderá acarretar em prejuízosà sua produção final.

Uma das maneiras mais eficientes de evitar danos por fitotoxidez é a escolha do defensivo adequado à cultura, que deve apresentar uma boa seletividade à mesma. Outro fator que poderá influenciar é a dosagem do insumo,bem como a tecnologia de aplicaçãoutilizada.

A missão do aminoácido

Os aminoácidos geralmente são posicionados em uma necessidade que está ligada aos estádios de crescimento da planta. Assim, sua utilização estárelacionada aos momentos críticos do ciclo vegetativo (germinação, florescimento, etc.), quando existe uma demanda energética elevada por parte do vegetal, deixando o mesmo mais suscetível a doenças, por exemplo, podendo ocorrer perdas significativas, caso não haja o aporte adequado.

Exemplos:

→ Crescimento: proporcionar maior desenvolvimento vegetativo;

→ Recuperação de algum estresse, seca ou fitoxidez;

→ Produção: aumento do fruto ou reserva.

Quando aplicar

Não existe uma época ideal para aplicação de aminoácidos contra possíveis intoxicações, podendo variar de acordo com a recomendação do fabricante ou profissional da área já acostumando ao uso do defensivo.

O que podemos ressaltar, como mencionado acima, é que a planta suprida nutricionalmenteproduzirá todos os seus aminoácidos, e certamente sua recuperação será melhor em relação a uma mais planta fraca.

Sendo assim, seria prudente a aplicação do aminoácido após os insumos, acrescido do mineral magnésio (Mg).A dosagem pode variar de acordo com a marca, o fabricante, as fontes e as concentrações. Usualmente, adota-se uma dosagem de 1,0a 3,0 litros, variando de acordo com o grau de toxidez ou necessidade.

O custo deve variar de acordo com a marca,a tecnologia e a dosagem, sendo em tornode R$ 20,00 a R$ 60,00por aplicação.

Essa matéria você encontra na edição de maio 2016  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

Inicio Revistas Hortifrúti Aminoácidos: fontes de reserva para as plantas