27.1 C
Uberlândia
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosAminoácidos juntamente com cálcio e boro = aumento da florada cafeeira

Aminoácidos juntamente com cálcio e boro = aumento da florada cafeeira

 

Nilva Terezinha Teixeira

Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora de Nutrição de Plantas, Bioquímica e Produção Orgânica do Centro Universitário do Espírito Santo do Pinhal (UniPinhal)

nilvatteixeira@yahoo.com.br

Crédito Omar Rocha
Crédito Omar Rocha

O cafeeiro é uma cultura de grande expressão em nosso país, que é o maior produtor e exportador de café do mundo, seguido pelo Vietnã e Colômbia. A Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) estima para a safra 2018, ano de bienalidade positivado café, que o País produza 58 milhões de sacas beneficiadas, crescimento de 29,1% em relação ao período anterior.

Essencialidade da nutrição

A produtividade da lavoura cafeeira é afetada por diversos fatores, entre os quais a nutrição das plantas e a adubação, que são extremamente importantes para satisfazer a exigência nutricional das plantas.

Estudos sobre a nutrição do cafeeiro têm revelado que a absorção de nutrientes nos estádios de pré e pós-floração se intensifica, variando, principalmente, em função das condições ambientais e do estado de desenvolvimento da planta. Esse fato sugere que o suprimento de nutrientes, para atender a demanda do cafeeiro, deve se iniciar ainda na fase de pré-floração.

O uso de formulações foliares em café contendo micronutrientes e aminoácidos representa uma forma rápida e eficiente para o suprimento às plantas, pois estes são requeridos em pequenas quantidades, o que dificulta a aplicação via solo.

 Entre os nutrientes de plantas, o cálcio e o boro se destacam, quando se analisa a floração, pegamento dos frutos e enchimento de grãos. Sem estes, tanto as novas brotações como o crescimento de novas raízes são paralisados.

Cálcio e boro

 O cálcio promove maior pegamento das floradas - Crédito Satis
O cálcio promove maior pegamento das floradas – Crédito Satis

O cálcio é vital para várias funções das plantas, auxilia no aproveitamento do nitrato e ativa um grande número de sistemas enzimáticos que regulam o crescimento da planta.

É necessário para a formação da parede celular, para a divisão celular e promove maior pegamento das floradas. Em síntese, o cálcio apresenta funções estruturais, participando na formação da lamela média (na forma de pectato de cálcio) e na estrutura da calmodulina (que interfere na atividade hormonal das plantas), age no funcionamento das membranas (influenciando a absorção iônica), e é ativador enzimático (ATPase, amilase, fosfolipase e nucleasse).

O boro age na vida das plantas de diversas formas, tais quais: no transporte de açúcares, na síntese da parede celular, lignificação, estrutura da parede celular, metabolismo de carboidratos, metabolismo de RNA, respiração, metabolismo de AIA, metabolismo fenólico, metabolismo de ascorbato e integridade da membrana plasmática.

Entre as diversas funções, duas estão muito bem definidas: síntese da parede celular e integridade da membrana plasmática de plantas. Ainda, a absorção de potássio aumenta com teores adequados de boro e quase não ocorre na sua ausência, ou seja, muitos casos de deficiência aparente de potássio podem ser, de fato, deficiência de boro.

O boro tem papel importante no transporte de fósforo através das membranas. Muitos casos de deficiência de tal nutriente podem ser, na verdade, devido à deficiência de boro.

Os aminoácidos

No mercado brasileiro de produtos agrícolas o emprego de aminoácidos como complexantes de nutrientes vem crescendo. Os aminoácidos são constituintes das proteínas, que atuam como enzimas e formadoras de tecidos nas plantas.

São, também, fornecedores de nitrogênio às plantas, podem funcionar como bioestimulantes, melhorando o enraizamento e desenvolvimento das plantas, favorecendo a qualidade e quantidade da produção e deixando a planta resistente aos agentes externos.

Essa matéria completa você encontra na edição de setembro de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

ARTIGOS RELACIONADOS

SIC 2022: Nespresso leva debate sobre cafeicultura orgânica

Semana Internacional do Café (SIC) 2022 acontece de 16 a 18 de novembro, na Expominas Belo Horizonte.

Sistema de poda para safra zero

Observações em campo mostram que as lavouras de café, podadas por esqueletamento, no sistema safra zero, e que se encontram, nesta safra, em ciclo de produção, tiveram menores perdas por efeito das estiagens.

Lavouras irrigadas: Investimento ou custo?

Com a irrigação é possível disponibilizar água na quantidade e no momento certo; proporciona fazer até três safras em uma mesma área e uma melhor utilização...

Rotação de cana com amendoim é uma excelente opção

  O plantio de amendoim é uma excelente opção de rotação de culturas com a cana-de-açúcar, inclusive contribuindo para o aumento da produtividade dos canaviais...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!