18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Análise de nematoides

Análise de nematoides

Vanessa Alves GomesEngenheira agrônoma, mestra em Fitopatologia, doutora em Proteção de Plantas e professora – Centro de Ensino Superior de São Gotardo (CESG)vavvgomes@gmail.com

Carolina Alves GomesEngenheira agrônoma e mestranda em Produção Vegetal – Universidade Federal de Viçosa (UFV/CRP)carol.agomes11@gmail.com

Nematoide-das-galhas – Crédito Arquivo

Os nematoides são um grande problema para os produtores no Brasil e no mundo. Existem diversos nematoides importantes e capazes de causar prejuízos em diversas culturas. Antigamente, pouco se sabia a respeito destes patógenos.

Os produtores não realizavam o monitoramento das áreas, por meio das análises nematológicas, bem como ao descobrir um nematoide na área nada era feito. Muitas vezes o produtor mantinha a informação em sigilo, sobre a presença de nematoides em determinadas propriedades, em busca de não desvalorizar suas terras.

Atualmente, vemos uma valorização dos estudos dos nematoides. Com o passar dos anos, os produtores receberam mais informações e sentiram as perdas produtivas na presença deste patógeno. Diante disso, foi possível gerar uma maior aceitação do problema em questão e iniciar medidas de manejo visando reduções populacionais.

Prevenir é o único caminho

Quando um nematoide é inserido na área, a sua erradicação é dada como impossível. Assim, é necessário ficar atento às medidas preventivas existentes e aplicáveis às propriedades. A partir do momento que uma área se encontra infestada por nematoides é necessário manejar em prol de reduções de populações para possibilitar o cultivo e não inviabilizar a área.

A disseminação dos nematoides acontece de forma passiva. Esses patógenos não se locomovem sozinhos e infectam novas áreas. Podemos observar a disseminação acontecendo por meio do solo aderido às botinas, rodas de carros, máquinas e implementos, enxurradas e até mesmo pelo vento, quando há o transporte de partículas de solo.

Visto a facilidade de disseminação desses patógenos, é importante monitorar as áreas produtivas buscando impedir a entrada do patógeno no local ou, quando já presentes, evitando sua disseminação nos talhões onde o nematoide ainda não está presente.

De olhos abertos

O monitoramento é realizado por meio das análises nematológicas. Assim, o produtor faz a coleta de solos e raízes, envia a um laboratório especializado e obtém o laudo de como está a saúde de seu solo em relação à presença de nematoides.

Ao comprar ou arrendar uma área é necessário, antes, buscar informações a respeito dos nematoides e realizar a análise nematológica, bem como são realizadas as análises de solo.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.

Inicio Revistas Grãos Análise de nematoides