21.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesAtenção com a armazenagem

Atenção com a armazenagem

Silo bolsa – Foto: Divulgação

A previsão para a safra de grãos no Brasil, 2021/22, tem projeção de novo recorde, segundo a Agroconsult, com o volume de 300 milhões de toneladas. Se por um lado isso é animador para a economia e para o setor, por outro, já começa a gerar uma grande preocupação com um gargalo do agronegócio, a armazenagem.

Na colheita passada, 2020/21, a produção foi de cerca de 250 milhões de toneladas, e a defasagem de armazenamento chegou a 30%. Portanto, com este novo recorde previsto, o problema poderá ser ainda maior, já que o investimento em armazenagem estática não ocorre na mesma intensidade que o aumento de produção.

Diante deste cenário que se aproxima, é preciso começar desde já um planejamento para que a soja não fique sem um lugar adequado de conservação. Uma opção rápida e que está mais acessível aos produtores são os silos-bolsa. “O produtor, ao fazer o seu planejamento da safra, após o plantio consegue dimensionar se precisará complementar sua capacidade de armazenagem, recorrendo, então, como uma alternativa ao sistema silo-bolsa”, destaca Diego Schmidt, engenheiro agrônomo e inteligência de mercado da Silox, empresa com garantia do grupo Nortène.

Ainda segundo Schmidt, o produtor faz seu dever de casa no quesito produtividade, mas precisa se programar para a armazenagem estratégica de sua produção. Geralmente as épocas de maior demanda ocorrem pouco antes das colheitas de safra verão (dezembro a março) e na segunda safra ou safrinha (abril a junho). “O importante é o produtor ser o dono do seu negócio e não depender de alternativas que lhe onerem os custos”, acrescenta.

Muitas vantagens

O silo-bolsa é uma solução rápida e muito vantajosa economicamente, já que representa uma economia de até 80% em relação a outras opções de armazenagem. Considerando todas as características de um silo metálico, por exemplo, (vida útil, custo de implantação, tempo de construção, mão-de-obra e capacidade de armazenagem), quando comparado ao sistema de silo-bolsas, temos uma economia de cerca de 40%, ponderando o mesmo volume armazenado em ambos os sistemas. “Já quando consideramos a armazenagem em terceiros (cooperativas, graneleiras e outros produtores), a economia chega a 80%”, destaca Schmidt.

Outro ponto que chama a atenção é sua facilidade logística dentro da fazenda, podendo ser deslocado para áreas diferentes conforme a necessidade de cada produtor. “Ele também mantém a qualidade e a umidade dos grãos. Mas, o principal benefício é a possibilidade de comercializar o estoque no melhor momento possível, com fretes mais baratos, ou seja, com a possibilidade de maior rentabilidade”, aponta o profissional.

Entregas garantidas

A pandemia, as incertezas em relação ao consumo de alimentos no mundo e as flutuações na taxa de câmbio, ajudaram no impacto no fornecimento de muitos insumos básicos na agricultura.

Assim como no meio agrícola, o fornecimento de polietileno, matéria-prima do silo-bolsa, foi prejudicado em todo mundo. “Porém, a Silox possui grande capacidade de atender o mercado de grãos, com estoques e assim entregas mais ágeis. Então esta é a hora que o produtor deve fazer essa escolha, para assim estar tranquilo na safra que se aproxima”, pontua o engenheiro agrônomo.

Silox

A Silox está presente no mercado há mais de 15 anos e utiliza as tecnologias mais avançadas na fabricação de silo-bolsas e apresenta o selo de tecnologia e qualidade Nortène. A marca é a única marca a apresentar processo de dobra e embalagem 100% automatizados.

A sede fica em Araçariguama (SP) e, além de atender todo o mercado nacional, também está presente no mercado mundial, com exportações para mais de 10 países. Mais informações em https://silox.com.br/

Grupo Nortène

Fundada em 1981 e sediada em Barueri (SP), a Nortène é pioneira no fornecimento de: reservatórios de geomembrana, filmes agrícolas, mulching, telas plásticas tecidas, telas plásticas termo-soldadas, silo-bolsa, agro silo tubo Flex-silon, telas tapume e lona para construção.

A Nortène contribui também com sua tecnologia exclusiva em plásticos na fabricação e na comercialização dos produtos das empresas: Engepol Geossintéticos, Santeno Irrigação, Tecnofil Soluções em telas e Silox armazenagem.

ARTIGOS RELACIONADOS

Dia do trigo: conheça as diferenças entre farinhas, germe e fibra do cereal

No dia 10 de novembro é celebrado do Dia do Trigo, segundo tipo de cereal mais cultivado em todo o mundo. No Brasil, o trigo é um ingrediente muito explorado em receitas de pães, massas, biscoitos e bolos. Só em 2020, a importação de trigo pelo país deve atingir recorde de 7,3 milhões de toneladas, devido ao aumento crescente na demanda, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Agroplás oferece máxima tecnologia em cultivo protegido

A Agroplás levou para a Hortitec sua linha de estufas para HF, os filmes difusores Extra Longa Vida Leitoso, Extra Longa Vida Transparente e ainda o...

Fertilizantes especiais proporciona melhor desempenho no milho

Os fertilizantes especiais são adubos com formulações diferenciadas, desenvolvidos para atender às necessidades específicas da produção de uma determinada cultura, e têm demonstrado ótimos desempenhos no milho.

Fósforo: Aliado na proposta de alta produtividade da soja

Autores Herika Paula Pessoa Engenheira agrônoma, mestra e doutoranda em Fitotecnia – Universidade Federal de Viçosa (UFV) herika.paula@ufv.br Ronaldo Machado Junior Engenheiro agrônomo,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!