15.2 C
Uberlândia
domingo, julho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasAula inaugural da Primeira Turma é ministrada por diretor da IBM

Aula inaugural da Primeira Turma é ministrada por diretor da IBM

IMG_0865A Fatec Shunji Nishimura em Pompeia realizou na última sexta-feira, 10, no anfiteatro da Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia a aula inaugural da primeira turma do curso superior inédito e gratuito de “Big Data no Agronegócio“. A aula foi ministrada pelo geólogo Ulisses Mello que é o Diretor do Laboratório de Pesquisas da IBM Brasil (IBM Research). Ele é responsável pelo desenvolvimento de estratégias de Pesquisa & Desenvolvimento e inovação em parcerias com universidades, clientes e agências.

Mello começou a carreira como pesquisador no IBM T.J Watson Center, nos Estados Unidos, no qual trabalhou nas áreas de Ciências Físicas e Matemáticas, Business Analytics e Ciências Matemáticas, em que foi gerente de Análises de Petróleo e Energia.  Antes de assumir a atual posição, Ulisses era o líder mundial de Recursos Naturais da Divisão de Pesquisa da IBM, que inclui as indústrias de petróleo, mineração e agricultura.

Ulisses é graduado em geologia pela Universidade de São Paulo, possui mestrado na mesma área pela Universidade Federal de Ouro Preto e recebeu um Ph.D. em geologia da Columbia University. Possui mais de 70 artigos publicados em literaturas, diversas patentes e em 1998, recebeu o prêmio “Wallace Pratt“ da Associação Americana dos Geólogos de Petróleo.

IMG_0878

Ulisses explicou em sua aula que o conhecimento no mundo cresce exponencialmente dobrando a cada 18 meses. Tal obsolescência traz uma necessidade de carreiras profissionais voltadas ao conhecimento científico de armazenamento de dados. Ele disse que hoje é crescente a criação e demanda de carreiras voltadas à internet.

Ele informou que nos últimos quatro anos percebe-se cada vez mais que tudo no mundo tem sua relação com dados e a grande questão é como trabalhar com a confluência e o grande volume desses dados.

Na área do agronegócio, que é a ênfase do curso, empresas como a Agrotools, por exemplo, trabalha 90% com Big Data e faltam profissionais nessa área, mostrando que o curso oferecido pela Fatec de Pompeia tem um futuro promissor. “Serão os solucionadores de problemas voltados à agricultura“, destacou Mello

IMG_0984

O curso conta com o método canadense de ensino “Profound Learning quebrando paradigma de ensino em que “a escola ensina e lição e depois aplica a prova, para a vida aplica a prova e depois nos ensina a lição“.

O método aplicado ao Big Data no Agronegócio, visa tornar seus alunos aptos a desenvolver aplicativos e soluções com ênfase em Tecnologias de armazenamento de dados em nuvem, Big Data, internet das coisas (IoT) e aprendizado de máquina com contextualização no setor do agronegócio. Estará apto também a planejar, executar e controlar a infraestrutura de coleta e processamento de dados de empresas do agronegócio.

Com duração de 3 anos, o curso conta com 40 vagas no período da tarde e visa formar profissionais que possam atuar em empresas de infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação); empresas que desenvolvem software e hardware; fabricantes e revendedores de equipamentos para internet das coisas e agricultura de precisão; indústria e revendedores de tratores, máquinas e implementos agrícolas e usinas, entre outros.

O curso foi criado através de parcerias entre Centro Paula Souza, Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia e Prefeitura Municipal de Pompeia.

A primeira turma de alunos do curso de Big Data conta com vários profissionais formados em áreas como Análise de Sistemas, Engenharia, Administração, Odontologia e outras mostrando a tendência de formação de profissionais voltados para a Internet das coisas nos mais variados campos profissionais.

 

Folheto Digital do Big Data – 30set Big Data no Agronegócio – institucional pdf

ARTIGOS RELACIONADOS

Estratégia na distribuição de insumos será discutida no Congresso ANDAV

O Congresso Andav acontece no período de 14 e 16 de agosto, em São Paulo (SP).Desafios como mudança organizacional, inovação, sustentabilidade empresarial, desenvolvimento de...

Hydroplan – Para uma agricultura mais segura

  A Hydroplan-EB, ao longo dos seus 19 anos de mercado, vem desenvolvendo uma linha de produtos baseada em pilares de uma agricultura segura e...

Extrato da alga Ascophyllum nodosum como bioestimulante

  Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

Noz-pecã – A rainha das frutas secas

As nogueiras-pecãs são nativas do Sul da América do Norte e crescem melhor em solo argiloso, profundo e rico em matéria orgânica. Suas sementes...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!