18.1 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 12, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Automação da irrigação com energia solar

Automação da irrigação com energia solar

 

Carlos Magno Marcelino dos Santos

Agrotecnólogo e CEO da iSolisBrasilis Práticas Sustentáveis

contato@isolis.com.br

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

A agricultura e horticultura buscam otimizar a captação de energia solar a fim de otimizar a produtividade das plantas. Estamos passando por uma crise hídrica que, por consequência, gera instabilidade no fornecimento de energia elétrica e, para garantir que a empresa rural não ficará sem energia elétrica ou recursos hídricos, é necessário investimento em fontes renováveis de energia, como energia solar fotovoltaica.

A transformação da luz solar em energia elétrica é apontada como um dos caminhos mais promissores no campo da geração e da segurança energética. Esta energia é uma fonte alternativa, limpa, renovável e inesgotável, como meio de substituir os efeitos indesejáveis dos combustíveis fósseis.

Economia

A transformação proposta traz como vantagens, além da sustentabilidade, a redução de custos sentida nos seguintes fatores: economia de água utilizada e realocação de mãodeobra em geral. Após a implantação de nossa solução iSolis (ISB) de automação, o empresário rural pode redistribuir as tarefas para seus colaboradores de maneira mais adequada, aproveitando melhor a mãode obra disponível.

No caso do custo da energia elétrica, há possibilidade de redução de até 90%, relacionados aos sistemas de automação e irrigação, pois o produtor gera sua própria energia.

As soluções da iSolis (ISB) geram iluminação de estufas, galpões, resfriamento de áreas para armazenagem da colheita, alimentação de armadilhas luminosas para evitar insetos, bombeamento de água, cercas elétricas, bebedouros para gados, transposição de água para caixas de água em processos de irrigação por gravidade, motores para processamento de alimentos e/ou fabricação de insumos, tais como adubos orgânicos, etc.

Vantagens sem fim

Observa-se, ainda, vantagem competitiva sobre outras empresas rurais, como a liberação do homem do campo para outros serviços não sistematizados e economia de tempo para pensar/gerir e/ou aplicar novas estratégias na empresa rural.

Nossos projetos/serviços são montados sob demanda, pois cada empresa rural tem sua(s) necessidade(s) e/ou prioridades e nós respeitamos isto. Esses projetos são considerados de inovação tecnológica no campo, portanto, existem linhas de financiamento com ótimos prazos para pagamento e carência para o pequeno, médio e grande produtor.

 Carlos Magno Marcelino dos Santos, agrotecnólogo e CEO da iSolis Brasilis - Crédito iSolis
Carlos Magno Marcelino dos Santos, agrotecnólogo e CEO da iSolis Brasilis – Crédito iSolis

Retorno

O retorno do investimento acontece a qualquer momento, pois, em áreas rurais, fazendas, casas de campo, sítios ou chácaras, muitas vezes não há disponibilidade de eletricidade da rede pública e/ou ela é falha, ocasionando muitas perdas de equipamentos e/ou culturas.

Mesmo que haja energia disponível, a utilização de energia solar torna seu sistema autônomo livre de quedas, que em algumas regiões é constante, além de reduzir a conta de energia.

 Temos histórico de retorno de investimento em 24 meses, mas isso não é regra, pois levamos em consideração o histórico de consumo de nossos clientes para chegar a gerar estimativas de retorno de investimento. Entretanto, levando-se em conta que a vida útil dos módulos fotovoltaicos é de 25 anos, o retorno sobre o investimento em dois anos é relativamente um prazo curto para tal.

Ainda, os sistemas de automação que utilizam a solução iSolis ajudam a evitar o processo de compactação de solo e lixiviação devido à racionalização dos sistemas de irrigação e uso da água.

Essa matéria você encontra na edição de dezembro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

 

Inicio Revistas Hortifrúti Automação da irrigação com energia solar