Bayer faz investimentos

0
689
Soja – Créditos: shurtterstock

A Bayer anunciou os avanços no seu pipeline de projetos e pesquisa, com uma atualização de pipeline dedicada à divisão agrícola da Bayer. Em 2020, o pipeline da Bayer comercializou 10 formulações de proteção de cultivos e avançou em 3 novos produtos de biotecnologia para lançamento, fornecendo aos agricultores de todo o mundo mais de 430 híbridos e variedades recém-comercializadas de milho, soja, algodão e vegetais.

O investimento anual da Bayer de 2 bilhões de euros em P&D na divisão agrícola é quase o dobro dos gastos dos concorrentes mais próximos da empresa. Com um pico de faturamento estimado de até 30 bilhões de euros, a Bayer possui o pipeline mais produtivo do setor, convertendo continuamente seu investimento orientado ao valor e líder no setor em produtos novos e inovadores que beneficiam produtores, consumidores e o planeta.

“Cada projeto em nosso pipeline é concebido para ajudar os agricultores a desenvolver formas mais eficientes de cultivar e alcançar suas necessidades”, afirma Bob Reiter, chefe global de P&D da divisão agrícola da Bayer. “Temos uma longa história de conversão de P&D em soluções viáveis ​​para os agricultores que aumentam a produtividade, agregam valor e utilizam os recursos naturais de forma mais eficiente para produzir um cultivo.”

Oferecendo um pipeline de P&D líder no setor em escala, produtividade e valor

O compromisso da Bayer com os clientes e com o planeta foi demonstrado em 2020 pela amplitude do pipeline de lançamentos de produtos, incluindo dez novas formulações para proteção de cultivos, e três projetos de biotecnologia que avançaram para a fase de lançamento. Isso inclui a soja Intacta 2 Xtend , que obteve todas as aprovações regulatórias e deverá ser lançada no Brasil até o final do ano. Este aprimoramento da franquia Intacta apoiará os agricultores em toda a América do Sul com vários modos de ação para o controle de insetos.

Em 2022, o milho SmartStax PRO deve ser lançado nos Estados Unidos. O SmartStax PRO oferece três modos de ação para o controle de vermes da raiz, incluindo um novo modo de ação baseado em RNAi, do qual espera-se uma área de oportunidade de mais de 75 milhões de acres.

Os avanços em biotecnologia para proteção contra insetos reduzem a necessidade de aplicações foliares de inseticidas e aumentam a produtividade por acre. A tecnologia ThryvOn da Bayer, um trait para o controle do lygus e do tripés no algodão, foi criada para um programa de Desbravamento de Solo nos Estados Unidos em 2021. Em uma inovação pela biotecnologia, a tecnologia ThryvOn atenderá a uma necessidade importante do mercado de algodão e prevê-se que ajudará no melhor controle e redução do uso de inseticidas. Este é o primeiro trait de biotecnologia já introduzido para insetos perfuradores e sugadores e fornecerá um valor imenso aos agricultores, apoiando o crescimento saudável das plantas e ajudando a proteger o potencial de produção contra pragas que, até agora, não podiam ser gerenciadas por meio de uma característica biotecnológica.

Produtos em lançamento no Brasil em 2021

Os agricultores brasileiros continuarão a beneficiar-se dos mais recentes projetos de biotecnologia e avanços em proteção de cultivos, do milho de baixa estatura e da tecnologia da soja.

Com experiência incomparável em sementes, biotecnologia e proteção aos cultivos, o pipeline de soja da Bayer aproveita tecnologias digitais e emergentes para entender e enfrentar melhor os desafios dos agricultores brasileiros. A soja Intacta 2 Xtend, que conquistou todas as aprovações regulatórias no Brasil, será lançada até o final do ano e auxiliará os agricultores no controle de insetos, permitindo-lhes aumentar a produtividade e reduzir o uso de inseticidas. O Fox Supra é uma solução de longa duração que oferece um controle incomparável à ferrugem asiática da soja, combinando a tecnologia de última geração Indiflin com o Protioconazole a fim de reduzir o desenvolvimento da resistência e um amplo espectro de eficácia contra outras doenças.

A Bayer está desenvolvendo variedades de Milho de Baixa Estatura por meio do aperfeiçoamento, tecnologia e edição de genes, visando oferecer uma série de benefícios aos agricultores brasileiros, combinando um produto dotado de sementes de alto nível a práticas agronômicas mais sustentáveis. Em 2021, a equipe de Milho de Baixa Estatura da Bayer está continuando sua abordagem biotecnológica no Brasil, avançando com estudos regulatórios e análises de pesquisas, bem como conduzindo testes de mercado adicionais com vistas a preparar-se para uma futura introdução aos produtores. O tamanho reduzido da planta do Milho de Baixa Estatura melhora o desempenho em três áreas principais: redução da perda de safra, uso mais preciso de produtos para proteção do cultivo e maior potencial para otimizar os recursos da terra, água e nitrogênio.

O investimento contínuo em biotecnologia também trará recursos avançados e a curto prazo no combate a insetos, auxiliando os agricultores brasileiros a vencer a resistência em evolução. O VTPro4, uma oferta combinada que inclui o recurso MIR62 como um modo adicional de controle contra os insetos acima do solo, será lançado a tempo para a safra 2021/22 do Brasil, tendo recebido todas as aprovações regulatórias necessárias.

Por fim, a quarta geração da Bayer de proteção contra os lepidópteros continua exibindo excelente eficácia no controle acima do solo, tendo recebido total aprovação para o cultivo no Brasil – um marco crucial para o lançamento comercial planejado para 2026.