23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Benefícios das mudas produzidas em tubetes

Benefícios das mudas produzidas em tubetes

 

Crédito Miriam Lins

O sucesso no plantio depende da qualidade da muda que é levada para o campo. A produção de mudas de café pode ser feita através de saquinhos de polietileno e tubetes. Neste último caso, apesar de ainda ser rejeitada em algumas regiões, apresenta uma série de vantagens em relação ao sistema de produção de mudas convencional, com saquinhos de polietileno.

Esses benefícios se estendem tanto para o viveirista como para o produtor. O alto investimento inicial para implantação desse sistema é diluído com o processo de produção dessas mudas ao longo dos anos, destacando as vantagens que ela oferece para o viverista.

 

Benefícios

 

Os tubetes utilizados apresentam volume mínimo de 120 ml, possuem formato de cone, com abertura na extremidade inferior e ranhuras internas para direcionar as raízes para baixo e evitar, assim, que elas se enrolem, reduzindo os riscos de ocorrência do pião torto, problema comum nas mudas feitas por saquinhos.

O substrato utilizado pode ser à base de casca de pinus, vermiculita, casca de arroz ou fibra de coco, e devem ser enriquecidos com adubos. É importante destacar que esse tipo de produção dispensa a operação de expurgo, por não conter terra em sua composição.

Para o viveirista, as mudas produzidas por tubetes ocupam menor área, devido ao seu tamanho reduzido, resultam em menor quantidade de substrato utilizado, e por isso, maior rapidez no enchimento dos tubetes.

Outro benefício é a redução da mão de obra, visto que o substrato utilizado para esse tipo de muda acarreta menor ocorrência de plantas daninhas, dessa forma reduzindo a operação de retirada das plantas daninhas que competem com o café.

Para o produtor, as mudas produzidas em tubetes apresentam maior rendimento no transporte para o campo e a distribuição para o plantio na lavoura também é facilitada, devido ao menor volume ocupado pelos tubetes.

Há uma maior praticidade no plantio, tanto pelo fácil manuseio quanto pela não demanda de retirada do fundo do saquinho, como é feito em mudas de saquinho de polietileno. Por isso, a utilização de tubetes acarreta em maior rendimento do plantio, podendo reduzir os custos dessa operação. Além disso, essas mudas favorecem o plantio mecanizado do cafeeiro.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de outubro de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

Inicio Revistas Grãos Benefícios das mudas produzidas em tubetes