26.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosBenefícios do mulching para tomate

Benefícios do mulching para tomate

O mulching no cultivo de tomate não é apenas uma cobertura para o solo, mas sim um aliado que conserva a umidade.

Caio Xavier dos Santos
Engenheiro agrônomo – Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Sinara de N. Santana Brito

Harleson Sidney Almeida Monteiro
harleson.sa.monteiro@unesp.br
Engenheiros agrônomos e mestrandos em Agronomia/Horticultura – UNESP

O mulching é uma prática agrícola inteligente e sustentável é um exemplo de como pequenas mudanças nas técnicas de manejo podem gerar grandes benefícios para a agricultura, o meio ambiente e a sociedade como um todo.

Ao combinar o mulching com outras práticas de manejo adequadas, os agricultores podem obter uma produção mais eficiente, reduzindo o impacto ambiental e promovendo a conservação dos recursos naturais.

O material do mulching irá cobrir o solo e isso desacelera a evaporação da água no local e melhora a retenção da umidade, onde terá uma diminuição significativa da necessidade de irrigação. A camada plástica atuará como uma barreira física, impedindo que a luz solar atinja diretamente a superfície do solo e isso reduzirá a evaporação.

Logo, a umidade no solo é preservada, visto que a quantidade de água perdida por evaporação diminui e essa água é preservada por um período mais prolongado, permitindo que a hortaliça tenha acesso a uma fonte constante de água, mesmo em períodos secos.

O caso do tomate

A cultura do tomate gosta bastante de regiões quentes, e por às vezes acontecerem fenômenos climáticos onde uma seca atinge essa região, manter a temperatura do solo e a umidade sem o uso constante de irrigação é uma prática que atinge os três pilares da sustentabilidade (econômico, social e ambiental).

Isso porque a irrigação é o principal vilão do consumo de água no mundo – dados estimam que os valores de atuação da irrigação sejam de aproximadamente 73% do consumo de água total no mundo.

A combinação do mulching com outras técnicas no manejo do tomate, como o uso de cobertura viva ou até mesmo o mulching orgânico, pode potencializar ainda mais esses efeitos na economia de água, promovendo sistemas de cultivo cada vez mais sustentáveis, resilientes e contribuindo para preservação de recursos hídricos e a segurança alimentar.

A plasticultura

O mulching inorgânico, constituído de filme plástico, como o polietileno de baixa ou alta densidade, é o mais utilizado na agricultura comercial, com variadas colorações. O preto, branco, transparente, prateado ou metalizado e o vermelho são as cores mais utilizadas.

Cada uma tem sua característica. Por exemplo, o plástico de cor preto é mais utilizado em regiões mais frias e o branco em regiões mais quentes, visto que o albedo do plástico branco é maior, logo, refletirá mais energia solar, enquanto o plástico preto irá absorver mais.

O cultivo do tomate com o mulching de cor transparente é o mais recomendado para diferentes climas e solos, por permitir que a maior parte da radiação solar passe e alcance o solo com maior êxito.

Isso é benéfico para a cultura do tomate, que necessita de uma boa quantidade de luz durante o seu desenvolvimento e demanda uma temperatura alta, prevista entre 20 e 30°C.

O mulching de plástico transparente, juntamente com o mulching orgânico, proporcionará um excelente resultado para a cultura do tomate, em que, segundo alguns estudos, o rendimento de frutos foi melhor no plástico transparente comparado ao de cor preta.

Coringas

Existem, também, métodos “coringas” que ajudam o mulching a ser benéfico para o tomate cultivado em diferentes climas e solos. Já foi comprovado por estudos que a fibra de coco e a palhada, juntamente com a cobertura plástica do mulching, proporcionaram maior número de frutos do tomate, por proteger da erosão, suprimir o crescimento de plantas daninhas e conservar a umidade do solo.

Tais fatores são extremamente importantes para os tomates alcançarem o seu máximo de produtividade.

A utilização desses produtos como palhada juntamente com o mulching inorgânico contribui para práticas agrícolas mais sustentáveis. A utilização desses materiais reduz a necessidade de produtos químicos e fertilizantes, o que contribui para a preservação do meio ambiente.

Outra técnica que é muito eficiente ao ser aplicada juntamente ao mulching é a irrigação por gotejamento. Pesquisas mostram que essa técnica melhora o peso, tamanho e quantidade dos frutos, sendo altamente vantajoso para os produtores de tomate.

Contra pragas e doenças

O uso do mulching pode influenciar no desenvolvimento de pragas e doenças sim, tanto positiva quanto negativamente. Umas das principais vantagens do mulching é a criação de uma barreira física que dificulta o acesso das pragas ao hospedeiro.

Ao cobrir o solo em torno das plantas de tomate, o plástico limita o contato direto das pragas com o solo, o que pode reduzir a propagação de algumas doenças que são transmitidas por meio do solo.

No entanto, o ambiente mais úmido sobre o mulching, que é o ideal para o tomate, pode ser mais favorável para algumas pragas e doenças que prosperam em condições úmidas.

Algumas pragas podem encontrar abrigo sob o mulching, tornando-se mais difícil de serem controladas e certas doenças podem se proliferar mais rapidamente. Para tal, podemos adotar a abordagem de diversas técnicas integradas para fornecer uma proteção mais completa e sustentável para o tomate. O objetivo é maximizar os benefícios do mulching e minimizar os riscos de problemas relacionados a pragas e doenças.

Sem errar

O primeiro passo é escolher o mulching adequado para o tipo de solo, o clima, para não impactar no controle de pragas e doenças e não favorecer o desenvolvimento do tomate.

O uso de controle biológico artificial pode ser uma estratégia excelente a curto prazo combinado com o mulching e se torna uma prática sustentável, visto que a combinação dessa estratégia ajuda o produtor a não gastar tanto com agrotóxicos e isso ajuda também para a melhoria da saúde do solo, pois o controle biológico não causa impactos negativos no solo e ajuda a manter o equilíbrio do ecossistema agrícola.

ARTIGOS RELACIONADOS

Qualidade dos filmes difusores é fundamental

Sueyde Fernandes de Oliveira Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento na Ginegar Polysack O cultivo de hortaliças em ambiente protegido já é uma realidade e está...

Ante traça-do-tomateiro, inseticida recebe registro para manejo de mais 4 pragas da cultura

Solução amplia raio de ação do produtor frente a insetos-pragas com alto potencial para ocasionar danos econômicos a plantas e frutos do tomateiro

Show Rural exibe portfólio de ponta das empresas DuPont Pioneer e DuPont Proteção de Cultivos

DuPont Proteção de Cultivos anuncia que obteve registro do inseticida Benevia® para controle da mosca-branca em diferentes culturas   Híbridos de milho com a tecnologia Leptra®...

Produção de morango em calhas de isopor

  A empresa Frutas & Frutos, localizada em Antônio Carlos (MG), desenvolveu um novo sistema de produção de morango que aumenta a produtividade e dobra...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!