BiomaPhós é o lançamento da Simbiose-Agro no Show Rural Coopavel

0
194

Resgatar uma poupança de fósforo que se encontra inerte nos solos e entregá-lo para as plantas. Este é o conceito que está inserido no primeiro inoculante para a solubilização* de fósforo do Brasil, o BiomaPhós, uma tecnologia desenvolvida pela Bioma, subsidiária do Grupo Simbiose-Agro, de Cruz Alta, RS, em conjunto com a Embrapa Milho e Sorgo, de Sete Lagoas, MG. Estudos conduzidos pela empresa de pesquisa revelam que há um estoque bilionário de fósforo nos solos, que se encontra inerte e que não está sendo aproveitado pelas plantas. Com o lançamento deste produto as bactérias solubilizadoras de fosfatos, que compõem o inoculante, conseguem disponibilizar esse elemento para a planta.

O BiomaPhós é um inoculante líquido formulado a base de duas bactérias (BR 119 e BR2084). Sua utilização é recomendada em tratamento de sementes ou aplicação via jato dirigido durante a semeadura, diretamente no sulco. Quando utilizado desta forma as bactérias irão se associar à planta desde o início da formação das raízes e se multiplicar, colonizando a rizosfera* da planta. A partir daí, começa o processo de produção de diferentes ácidos orgânicos que em contato com o solo, passam a realizar a solubilização do fósforo que está ali depositado, favorecendo que a planta absorva mais rapidamente este nutriente.

“A falta de fósforo é um elemento limitante para maiores produtividades na agricultura brasileira. Usar esta nova tecnologia é uma oportunidade que o produtor tem para reverter esse quadro e passar a produzir mais com plantas mais saudáveis”, afirma Marcelo de Godoy Oliveira, CEO do grupo. Ele complementa dizendo que resultados de experimentos na cultura do milho conduzidos em regiões brasileiras mostram aumentos médios de produção de grãos de cerca de 10%, o que pode corresponder a um ganho médio de até dez sacas por hectare. É uma revolução que está chegando na agricultura” finaliza Oliveira.

*Solubillização–Transformar em líquido algo que está no estado sólido.

*Rizosfera– é a região onde o solo e as raízes das plantas entram em contato. 

                Outros Produtos – Usar a natureza como fonte de matéria prima para o desenvolvimento da planta (crescimento sadio) e o combate às pragas é a essência do pensamento da Simbiose-Agro. Por isto, além do seu lançamento ela também está apresentando no Show Rural Coopavel, quatro outros produtos do seu portfólio.

O NemaControl é um tecnologia 100% brasileira, resultado de uma pesquisa de anos da Simbiose buscando o controle eficiente dos nematoides fitopatogênicos. “Nós isolamos um microrganismo do solo brasileiro, o Bacillus amyloliquefaciens, que tem o poder natural de controlar os nematoides do solo, principalmente, o Pratylenchusbrachyurus (Nematóide das lesões radiculares)”, explica o diretor comercial da Simbiose-Agro, Alexandre Tramontini.

Um fungicida microbiológico formulado a partir do fungo Trichodermaharzianum o StimuControl é outroproduto que a empresa mostra no Show Rural. O produto é indicado para o controle de fungos de solo, além de estimular o crescimento do sistema radicular das plantas. Também estará em destaque o BeauveControl – um inseticida microbiológico formulado do fungo entomopatogenico Beauveriabassiana, recomendado para o controle de mosca-branca (Bemisia tabaci biótipo B) e cigarrinha do milho (Dalbulusmaidis).

Também vai estar presente na feira o VirControl, inseticida indicado para o controle da lagarta Spodoptera frugiperda, principal praga presente na cultura do milho. Seletivo aos inimigos naturais, apresenta alta performance no controle específico da praga. O seu modo de ação inicia com a ingestão dos poliedros, que irão atuar sob diferentes tecidos do inseto, levando a morte do mesmo.

Sobre a empresa: Maior produtora de insumosmicrobiológicos do Brasil e líder no seu segmento, a Simbiose-Agro foi criada inicialmente, no Rio Grande do Sul, como distribuidora de insumos, em 2007. Dois anos após investiu no processo de pesquisa para formulação de produtos biológicos de combate às pragas de lavouras. Em 2010 adquire sua primeira planta industrial e hoje atua em todo o território brasileiro e em diversos países, com produtos para as mais diversas proteções agrícolas.