28 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioLançamentosBionat investe R$ 30 milhões em nova fábrica

Bionat investe R$ 30 milhões em nova fábrica

A unidade está preparada para ser duplicada dentro de dois anos, com investimento em torno de R$ 5 milhões.

Divulgação

A Bionat, empresa da holding Essere Group, acaba de anunciar sua nova fábrica voltada para atender o crescente mercado de biológicos com produtos à base de bactérias. Com investimento de R$ 30 milhões no parque fabril de Olímpia (SP), a nova unidade tem o potencial de tratar aproximadamente 10 milhões de hectares com os produtos à base de bactérias. Sua capacidade produtiva é de 80 mil quilolitros de produtos por mês, ou 880 mil a 900 mil quilolitros por ano.

Com operação e produção extremamente modernas, a nova fábrica tem como diferencial o nível de assepsia, comparável ao de uma UTI. Além disso, a nova tecnologia não precisa de muito espaço para ser produzida, como as fábricas tradicionais. Ela está preparada para ser duplicada dentro de dois anos, com investimento previsto em torno de R$ 5 milhões.

A produção de Biológicos é uma das principais apostas do Essere Group que planeja expansão no segmento. A nova unidade irá produzir inoculante, bionematicida e bioinsitisida. O inoculante é destinado a lavouras de soja, milho, algodão e cana. Ele estimula o sistema radicular das plantas e facilita a absorção de nutrientes, como o fósforo. O bionematicida é para o combate ao nematoide em culturas como soja, milho, algodão, cana. O bioinseticida é destinado ao controle de lagartas na soja, milho, algodão, arroz, trigo e feijão.

Para o ano que vem, o Essere Group planeja investir entre 8 e 19 milhões de reais na ampliação da primeira fábrica da Bionat, que funciona no mesmo complexo. Ela produz biofungicidas e está em operação desde 2019.

O faturamento da Bionat, de R$ 45 milhões registrados em 2022, deve crescer para R$ 75 milhões neste ano e a expectativa é que em 2028 o faturamento da empresa seja em torno de R$ 500 milhões, representando 30% dos negócios do Essere Group. Esta projeção de crescimento se baseia no fato de que os produtosbiológicos têm sido adotados como uma estratégia complementar no manejo de pragas e doenças. Em 2022, o Essere Group faturou R$ 445 milhões e prevê um faturamento em torno de R$ 600 milhões em 2023.

Coletiva de imprensa com jornalistas de todo o Brasil, em Olímpia
Foto Divulgação

Referência

A Bionat, referência nacional em soluções biológicas empregadas no SIM – Sistema Integrado de Manejo, já foi apontada como uma das que mais obteve registros de bioinsumos nos últimos anos. Álefe Borges, responsável pela pesquisa e desenvolvimento do Essere Group, informa que a Bionat coloca à disposição do agricultor novos produtos bacterianos nos segmentos de bioinseticida, bionematicida e inoculante.

Em 2022 a empresa apresentou ao mercado o SPRINTER, um inoculante promotor do crescimento e solubilizador de nutrientes. O SPRINTER é um produto à base da bactéria Pantoea agglomerans cepa ESALQ 33.1, exclusiva da Bionat, que resultou da colaboração em pesquisa e desenvolvimento de produto com a ESALQ-USP. “Eventos de lançamento de SPRINTER foram realizados nas principais regiões produtoras do Brasil”, diz.

Na safra 2022/23, o Essere Group disponibilizou ao mercado o bioinseticida LEPTHURE, produto à base da bactéria Bacillus thuringiensis cepa S234, também exclusiva da Bionat em parceria de pesquisa com a EMBRAPA. “O LEPTHURE é o produto de maior diversidade de toxinas do mercado, recomendado para o manejo de um complexo de lagartas que atacam as culturas agrícolas”, explica Álefe Borges.

Ele informa que para este ano, está previsto o lançamento de um Bionematicida, fruto de pesquisa e desenvolvimento em parceria com a ESALQ-USP, também composto por duas cepas exclusivas de bactérias. “O mercado de bionematicidas já superou o de nematicidas químicos e representa 75% do faturamento do segmento”, comemora.

Sobre A Bionat utiliza tecnologia de ponta associada a processos produtivos rigorosos, rastreáveis, eficientes e específicos para a produção de agentes microbiológicos de alta qualidade. A empresa, que trabalha fortemente com tecnologias para viabilizar a aplicação dos bioinsumos, atua em parceria com as mais conceituadas empresas de pesquisas microbiológicas do Brasil, como Embrapa, ESALQ-USP e Instituto Biológico, para oferecer produtos inéditos e inovadores ao mercado no manejo das lavouras.
O Essere Group reúne quatro unidades de negócios: a Bionat Soluções Biológicas, a Kimberlit Agrociências, a Loyder Brasil e a Floema Logística.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cana-de-açúcar: Comportamento ambiental de agrotóxicos na tomada de decisão

Evento realizado na Embrapa Agropecuária Oeste reuniu técnicos do setor sucroalcooleiro para conhecer aspectos do comportamento ambiental de agrotóxicos, controle biológico de cigarrinha-da raiz,...

Matéria orgânica – Mais produtividade para a cana

  Claudimir Pedro Penatti Consultor de Produtos do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC)   O solo, considerado um compartimento terrestre, apresenta um dinamismo muito grande em seus compartimentos...

Koppert e BUG criam a maior empresa de controle biológico da América Latina

A holandesa Koppert Biological Systems anunciou no dia 15 de dezembro de 2017 o fechamento do acordo de compra da BUG Agentes Biológicos, empresa...

Aplicação inicial de fungicidas na soja é essencial contra doenças

Autores Amanda Sabino do Nascimento amandasabinonascimento@outlook.com Bruna Cristina de Andrade andradebruna2020@gmail.com Engenheiras agrônomas e mestrandas em Proteção de Plantas/Fitopatologia - Universidade Estadual de Maringá...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!