23.3 C
São Paulo
segunda-feira, julho 4, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Biopesticida harpina aumenta imunidade das plantas

Biopesticida harpina aumenta imunidade das plantas

Crédito Shutterstock

Pesquisadores da Universidade de Hyderabad (UoH) descobriram que a aplicação do biopesticidaharpina pode aumentar a capacidade imunológica das plantas por meio do uso da nanotecnologia. O sistema consiste na injeção de nanopartículas de quitosana carregadas com harpina, que reduz os efeitos da infecção fúngica.

De acordo com os pesquisadores, os testes da nova tecnologia feitos nas plantas de tomate resultaram na diminuição de 80% das infecções provocadas por fungos. Segundo eles, o objetivo do trabalho foi encontrar uma forma de combater as principais doenças que afetam a cultura do tomate de uma forma mais eficiente e sustentável, uma vez que os produtos químicos geralmente não são degradados facilmente no solo, exercendo um efeito prejudicial no meio ambiente.

Os cientistas explicaram que se usam as formas de patógenos para proteção subsequente contra o mesmo patógeno. Desta forma, eles utilizaram a proteína bioativaharpina, que é extraída de uma bactéria fitopatogênica que tem como principal característica ser biodegradável. “A capacidade das nanopartículas de quitosana de penetrar na planta através dos poros das folhas e se espalhar nas células foi aproveitada para obter os melhores resultados“, comentam.

Essa matéria você encontra na edição de outubro  da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar.

 

Ou assine

Inicio Revistas Hortifrúti Biopesticida harpina aumenta imunidade das plantas