28.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoBrasil exportará animais Brahman para o Camboja

Brasil exportará animais Brahman para o Camboja

Animais da raça Brahman selecionados por criatórios do Brasil serão exportados em breve para o Camboja, país do sudeste asiático. Foram adquiridos 22 touros de central e doadoras pela empresa i7 Ranch, com sede na capital Phnom Penh e que atua na criação e comercialização de Brahman e Nelore para várias regiões da Ásia. Será a primeira importação de Brahman brasileiro pelo criatório que, até então, tinha como base de seu plantel o Brahman americano e australiano.

A maior parte dos exemplares foi adquirida durante o 7º Leilão Primavera Casa Branca, ocorrido em setembro de 2021, sendo 15 fêmeas e machos da Casa Branca Agropastoril, localizada em Silvianópolis/MG, e um touro do Brahman Catedral, em Natércia/MG.

Ainda estão sendo coletadas 30 mil doses de sêmen de cinco touros Brahman, para exportação para o Camboja. “Serão exportados animais consagrados no Brasil e de criatórios tradicionais, sendo que muitos exemplares foram premiados em exposições. Teremos a oportunidade de mostrar a qualidade do gado brasileiro e como nossa genética pode contribuir para o avanço da pecuária cambojana”, destaca Antônio Carlos Pinheiro Machado Júnior, diretor da Pinheiro Machado Livestock, empresa responsável pelas negociações entre os criatórios brasileiros e a i7 Ranch. 

Os exemplares já estão em pré-quarentenário na fazenda experimental da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), em Uberaba/MG, onde permanecerão até o período de quarentenário exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, que antecederá o embarque, previsto para o segundo semestre de 2022.

O presidente da Associação dos Criadores de Brahman (ACBB), Paulo Sérgio Scatolin, destaca que a abertura do comércio com o Camboja comprova o crescimento da demanda pelo Brahman brasileiro. “Os criadores brasileiros têm se empenhado em selecionar animais precoces, dóceis, rústicos, de excelente carcaça, mas conservando o padrão racial, o que tem atraído compradores de diversos países”, assegura Scatolin.

Para os criatórios participantes desta exportação, a genética Brahman contribuirá para a sustentabilidade da pecuária do Camboja, já que permite a produção de animais precoces, rústicos e de bom acabamento de carcaça. “Acredito que o Brahman brasileiro tem muito a contribuir para o Camboja, pois eles adquiriram o que há de melhor aqui, pinçaram ótimos animais com potencial genético como nossa campeã nacional MCNS CATEDRAL 20”, destaca o criador Matã Nacácio, do Brahman Catedral.

Segundo o criador Paulo Marques, proprietário da Casa Branca Agropastoril, entre os animais de seu criatório selecionados para a exportação está a Reservada Grande Campeã da ExpoBrahman 2021, CABR Theodora 3047/3. “A Casa Branca Agropastoril conquistou por duas vezes o campeonato World Champion Brahman. Já exportamos animais vivos para o Paraguai, mas para o Camboja é a primeira vez”, acredita.

ARTIGOS RELACIONADOS

Produção recorde de soja não aliviará demanda crescente

StoneX calcula exportações brasileiras em 82 milhões de toneladas e demanda doméstica em 48 milhões de toneladas

Semana de Integração Tecnológica

A KWS Sementes está presente na 13ª Semana de Integração Tecnológica (SIT) ...

Crambe ganha espaço para produção no Brasil

Referente à produção do crambe no Brasil, podemos dizer que ainda temos uma produção tímida, apesar de encontrar áreas individuais consideradas grandes, como é o exemplo do oeste da Bahia, onde estão extensões de 500 hectares com plantio de crambe.

Terminal tem crescimento de 304% na exportação de frutas

Com 3 berços para receber navios, a atracação, no terminal da Wilson Sons, é célere e eficiente: são realizados 26 movimentos de carga por guindaste/hora (em média), operando com 4 guindastes simultaneamente, um diferencial entre portos do NE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!