Cafeicultores buscam informações, conhecimento e inovações na Femagri

0
164

Feira organizada pela Cooxupé aconteceu entre os dias 12 e 14 de fevereiro, em Guaxupé (MG)

A cidade de Guaxupé (MG) foi o ponto de encontro de mais de 33 mil pessoas – famílias produtoras de café do Sul de Minas Gerais e da média mogiana do Estado de São Paulo – durante a Femagri – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas, organizada pela cooperativa de cafeicultores Cooxupé entre os dias 13 e 14 de fevereiro.

Em 2020, a Femagri teve como tema “Cooperativismo, trazendo tecnologia, gestão e confiança à cafeicultura”, apresentada aos cafeicultores pilares centrais como diversas opções em maquinários e implementos para aumentar a produtividade e melhorar as técnicas de manejo, com redução de custos; a busca da melhoria da qualidade da bebida do café; e principalmente, fomentar novos cenários de aprendizagem aos cooperados da Cooxupé.

No espaço Fazendinha, por exemplo, os produtores encontram ações educativas; resultados de pesquisas desenvolvidas por instituições e universidades; novidades na área de sustentabilidade; e conteúdos focados na gestão de propriedades, como as mudanças na logística de fertilizantes, manejo ideal de resíduos orgânicos e de plantas daninhas, armazenamento correto de defensivos, entre outros pontos.

A equipe de geoprocessamento da Cooxupé também esteve presente no espaço, apresentando ao produtor o comportamento climático nos últimos meses e como o clima pode influenciar nas tomadas de decisões das famílias cafeicultoras.

Estrutura

A Femagri foi realizada em uma área total de 107 mil m2, sendo 37 mil m2 de área coberta. Foram 164 estandes e 125 expositores. Em 2019, a feira registrou R$ 135 milhões em volume de orçamento e a expectativa da Cooxupé é que este número se repita neste ano.

“A Femagri traz para dentro da feira o significado do movimento cooperativista e, principalmente, oferece aos cooperados da Cooxupé a oportunidade de fortalecer o relacionamento entre eles mesmos e com a cooperativa e fornecedores. É um espaço de muita sinergia, troca de ideias e de conhecimentos, confiança e congraçamento. Hoje, a Femagri é referência nacional quando falamos em feiras para café”, define o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto de Melo Rodrigues.

Outras atrações da feira foram: Empório Cooxupé, Espaço Pecuária, Espaço Kids, Espaço de Beleza

Agritech

Novas tecnologias em equipamentos para cafeicultura

A Agritech, pioneira na indústria brasileira ao fabricar máquinas voltadas especialmente para a agricultura familiar, destacou na edição deste ano da Femagri, dois modelos de tratores para cafeicultura.

Indicado para as lavouras de café, o trator 1160 atende aos produtores rurais que necessitam de um trator estreito, compacto, ágil e econômico em sua propriedade para trabalhar em lavouras de diferentes espaçamentos. A versatilidade é uma das características mais marcantes do equipamento, que pode ser usado desde o preparo do solo até o transporte da colheita.

O modelo possui reversor de velocidades 24 x 24, além de câmbio principal e secundário sincronizados, tomada de potência econômica e proporcional, levante hidráulico de 2.200 kg e baixo consumo de combustível. “O grande diferencial do 1160 é a bagagem de vantagens que acompanha o produto, que pode ser equiparada somente aos tratores de grande porte”, afirma o coordenador de Negócios da Agritech, Cesar Roberto Guimarães de Oliveira.

Outro destaque é o modelo 1185 Turbo cafeeiro, equipamento desenvolvido para atender a lavoura de café e suas diversas topografias, pois alia alto desempenho e facilidade nas operações do trabalho no campo. O trator possui motor eficiente, que agrega potência e baixo consumo de combustível, com um sistema de injeção que proporciona até 20% de economia.

O câmbio sincronizado com 24 velocidades à frente e 24 à ré com reversor proporciona uma troca mais rápida, suave e precisa. Outro destaque é o sistema de direção hidrostática compacto e de grande precisão. “Com design moderno e robusto, o equipamento se faz presente na perfeita integração entre eficiência, agilidade e rentabilidade, garantindo melhores resultados, do plantio a colheita”, expõe Cesar Roberto.

FMC leva tecnologias para o controle da ferrugem e bicho-mineiro

Organizado por uma das maiores cooperativas de produtores de café do País, a Femagri Cooxupé chegou à sua 19ª edição reforçando a importância do cooperativismo na entrega de tecnologia, gestão e confiança à cafeicultura. Com participação da FMC, o evento aconteceu de 12 a 14 de fevereiro, em Guaxupé (MG).

“A Femagri é uma feira de difusão tecnológica e de tendência de mercado de extrema importância para a região e para os produtores cooperados da Cooxupé, pois possibilita atualização de informações técnicas, relacionamento entre os profissionais e comercialização das soluções tecnológicas”, conta a gerente de marketing da FMC, Luis Grandeza.

Neste contexto, a FMC, que possui um portfólio completo e inovador para o cafezal, estará à disposição dos visitantes para apresentar e oferecer orientação técnica de manejo da cultura. “Sabemos que o agricultor tem paixão por sua safra e que cada grão de café é motivo de orgulho. Por isso, queremos mostrar que a empresa pode oferecer a parceria ideal para proteger as lavouras das ameaças ao longo de todas as etapas de produção, contribuindo com o desenvolvimento sustentável e colheitas mais produtivas”, acrescenta Grandeza.

Portfólio

Para o manejo eficiente da ferrugem-do-café e bicho-mineiro, o programa de solo Impact Mix Café, conta com duas soluções completas para saúde do cafeeiro e vigor que resulta em mais produtividade. O fungicida Impact® possui alta sistemicidade, ajudando a desenvolver plantas fortes e vigorosas. Já o inseticida sistêmico Warrant® controla o bicho-mineiro promovendo vigor nas raízes e na parte aérea, além de apresentar rápida absorção radicular.

Também pioneira em soluções integradas de químicos e biológicos, a Companhia destacará os benefícios do Quartzo®, um bionematicida com alta eficácia no controle de nematoides, podendo ser aplicado no momento do plantio, transplante de mudas, durante o ciclo de cultivo ou após a colheita.

Com destaque no controle do bicho mineiro e broca do café, a FMC reforça suas soluções tecnológicas Altacor® e Benevia®, com resultados consistentes de controle nas últimas safras, além de ter ação seletiva aos insetos benéficos.

Sobre a FMC

A FMC Corporation, uma companhia de ciências para agricultura, fornece soluções inovadoras para produtores de todo o mundo com um portfólio de produtos robusto, impulsionado por uma descoberta orientada para o mercado e desenvolvimento em proteção de cultivos e manejo de pragas e doenças nas principais culturas.

Essa poderosa combinação de tecnologias avançadas inclui a liderança no mercado de controle de insetos, além de contar com soluções como herbicidas, fungicidas e biológicos. A FMC Corporation emprega aproximadamente 6.500 funcionários em todo o mundo. Para saber mais, visite www.fmc.com e www.fmc.com.br.

ICL

Agroblen – o fertilizante inteligente

Esta é a terceira participação da ICL na Femagri, para onde a empresa levou as mais altas tecnologias em fertilizantes de liberação controlada, tanto para o plantio quanto para a manutenção e produção do cafezal. “Trabalhamos com os fertilizantes Agroblen e Agrocote, sendo este último utilizado no plantio, enquanto o outro é recomendado para produção e manutenção do café. Trata-se de uma tecnologia que consiste no encapsulamento dos grânulos dos fertilizantes”, explica Patrick Haim, gerente de marketing e desenvolvimento da ICL.

Os fertilizantes de liberação controlada foram desenvolvidos com o objetivo de aumentar a eficiência na nutrição de plantas, otimizando o uso de fertilizantes, minimizando o impacto ambiental, sem a necessidade da adubação de cobertura. Esse fertilizante foi projetado para liberar os nutrientes na solução do solo de acordo com a longevidade de liberação e a necessidade das plantas. Os únicos fatores que influenciam a longevidade de liberação são a temperatura do solo e a umidade do solo.

Tanto Agroblen como Agrocote são recomendados para todas as culturas, entretanto, o core business da ICL Brasil é a cafeicultura, que detém 35% das vendas dos fertilizantes de liberação controlada da empresa.

Parceria

“A Cooxupé já é parceira da ICL há muitos anos, e com eles temos obtido excelentes resultados no campo e em vendas. Isso porque a maior vantagem desses produtos é a redução da mão de obra e da quantidade aplicada, devido à redução drástica nas perdas de nutrientes. De modo geral, o produtor faz quatro aplicações ao ano, enquanto com os produtos ICL esse número é reduzido para apenas uma aplicação, devido à eficiência na redução de perdas”, garante Patrick Haim.

Quanto ao custo, ele informa que é bem próximo dos fertilizantes convencionais, porém, com resultados muito mais significativos no campo, em termos de qualidade de fruto e produtividade do café, fato esse comprovado pelo alto número de recompra que a empresa obtém a cada ano. “O produtor que experimenta o Agroblen uma vez, não para mais de usar. Já temos quatro anos agrícolas em parceria com a Cooxupé e a satisfação dos produtores é algo que nos inspira a sempre estar desenvolvendo e lançando novidades, fornecendo serviços e soluções para o produtor rural”, ressalta.

A empresa

A ICL é uma multinacional presente nos cinco continentes em mais de 100 países, tendo sua origem em Israel, onde está seu escritório principal. Porém, a empresa tem bases também nos EUA, Holanda e Brasil. A empresa conta com mais de 14.000 colaboradores no Mundo.

A ICL Specialty Fertilizers oferece uma gama de produtos especiais, que inclui tecnologias inovadoras, tais como fertilizantes de liberação controlada e lenta, além dos fertilizantes hidrossolúveis para o mercado agrícola especializado. “Quando se trata da tecnologia de fertilizante encapsulados, a ICL SF é líder mundial na indústria e na comercialização. Nossa tecnologia de revestimento vai do mais confiável e antigo até o mais recente e avançado”.

Nosso compromisso é com um mundo mais verde. Servimos todos os mercados do mundo, e isso nos torna únicos. Mas o nosso pessoal nos torna extraordinários, e todos os dias e em todo o mundo, nossos especialistas de campo trabalham com os usuários finais para otimizar a nutrição das plantas e prestar aconselhamento, know how e experiência no local. Esta combinação de tecnologia é a semente do sucesso da ICL Specialty Fertilizers”, conclui Patrick Haim.

Parceria Jacto e Cooxupé marca lançamento do pulverizador costal e dosador

A Jacto, empresa de máquinas e equipamentos agrícolas sediada em Pompéia (SP), levou para a Femagri uma promoção imperdível no estilo “comprou, ganhou”, além da linha completa de produtos que estavam com condições especiais.

A partir do ano de 2020, estará à venda o mais novo lançamento da empresa na linha de Equipamentos Portáteis: o Pulverizador e Dosador costal a Bateria, Jacto DJB-20S. Com este lançamento, a empresa reforça sua posição como líder mundial no mercado de pulverizadores costais e inicia uma nova era no segmento.

Foco

O Jacto DJB-20S tem como missão Precisão e Gerenciamento, com foco em aplicar produtos com qualidade e fornecer informações gerenciais. Como propósito, a Aplicação Temporizada ou Localizada Gerando Dados, possibilita pulverizar ou dosar produtos independente do espaçamento entre plantas e gerar dados operacionais. Por fim, a solução deste produto se baseia na eletrônica: bateria, conectividade, interface e controle. Por meio de seu gatilho eletrônico, é possível calibrar doses com alta precisão.

“Com o celular, o operador consegue configurar o equipamento, padronizando as dosagens, pressão e vazão do produto a ser aplicado, além de selecionar a velocidade de aplicação considerando o espaçamento entre as plantas. Ao final do trabalho, gera-se um relatório com informações da operação, similar aos serviços de telemetria que são oferecidos nas grandes máquinas”, explica Iago Reis de Oliveira, especialista de produtos da Unidade de Equipamentos Portáteis da Jacto.

Mais lançamentos

Outro lançamento foi o novo projeto do Jacto PJB, o pulverizador costal movido a bateria da Jacto. Este produto, além de toda a linha de pulverizadores costais a bateria da Jacto, está sendo atualizado com a introdução da nova bomba hidráulica JEP-80.

Esta nova bomba, além de maior durabilidade (vida útil), apresenta também maior vazão e pressão de trabalho. Outra mudança positiva no produto é a nova bateria de Lítio-íon com 25% maior capacidade mantendo o mesmo tamanho, ou seja, uma autonomia de pulverização de no mínimo 5,0 horas.

Além disso, entra também o novo painel eletrônico com potenciômetro, facilitando realizar um ajuste fino da pulverização. Por fim, este equipamento continua com a sua cinta almofadada e três anos de garantia Jacto.

O Jacto DJB, outro produto a bateria da Jacto, possui duas funções: pode ser utilizado tanto como dosador quanto como pulverizador. Isso torna o equipamento mais versátil, podendo realizar dosagens via drench (esguicho), amplamente utilizado no cultivo do café, até pulverização de modo geral. Em qualquer dessas funções, a precisão do trabalho é o grande diferencial quando comparado a outros equipamentos do mercado.

Além de equipamentos para pulverização, a Jacto possui em sua linha de produtos uma tesoura de poda a bateria, o Jacto PR-40. O Jacto PR-40 é o único podador a bateria do mundo com 7 sensores internos, possibilitando cortes com uma força controlada e precisão extrema. É leve e ergonômico, permitindo que o trabalho seja até três vezes mais rápido quando comparado a uma tesoura de poda manual.

É utilizado principalmente durante os primeiros anos de formação do cafezal, e corta galhos com diâmetros de até 40 mm.

KP Fértil

O equilíbrio de volta ao solo

A Harverst Minerals firmou, no final do ano passado, uma parceria com a Cooxupé. “Então, na Femagri montamos um estande com amostras, folders e uma equipe toda organizada que já atende os cooperados em todas as regiões, inclusive no Cerrado Mineiro e Sul de Minas”, relata Drumon Pinheiro Filho, gerente comercial da empresa.

KP Fértil, produto principal da Harverst Minerals, atende toda e qualquer cultura, desde perenes a anuais, abrangendo a fertilidade do solo. “KP Fértil é composto de vários nutrientes, os quais possibilitam excelentes retornos produtivos para a planta, além dos benefícios ao CTC, CRA e poder de neutralização, que também geram melhorias à produção de café”, detalha Drumon Filho.

A empresa

A Harverst Minerals tem como objetivo inovar sempre, promovendo uma agricultura cada vez mais sustentável, usando os recursos de forma eficiente, consciente e preservando a capacidade produtiva das plantas, melhorando-a continuamente e cuidando do solo em prol de gerar mais qualidade de vida.

“O uso excessivo de produtos químicos vem degradando e contaminando cada vez mais nossos solos e meio ambiente. É legítima e essencial a preocupação em recuperar áreas degradadas, reconstituindo a fertilidade e trazendo mais vida ao solo, por meio de práticas mais sustentáveis. Essa é a proposta do KP Fértil, que chega para nutrir as plantas, melhorando o meio ambiente”, diz o gerente da empresa.

Vantagens:

  • Umidade 6% (p/p);
  • Nutrientes de liberação pronta e gradual para o solo e as plantas, propiciando melhor aproveitamento e absorção pela cultura;
  • Não provoca efeito salino;
  • Possui efeito corretivo da acidez do solo, com poder neutralizante de no mínimo 20%;
  • Efeito residual no solo mesmo após a colheita;
  • Perdas desprezíveis de nutrientes por lixiviação, como por exemplo, do potássio (K);
  • Produto em pó homogêneo, o que garante uniformidade de distribuição dos nutrientes, sem que haja segregação no transporte;
  • Contém argilominerais 2:1, que podem contribuir com a melhoria da CTC, maior armazenamento e disponibilidade de nutrientes no solo;
  • Fácil aplicação.

Entenda melhor

O Kamafugito, composição do KP Fértil, é uma rocha ígnea, ultramáfica e no seu processo de lavra e beneficiamento não há utilização de barragens ou geração de rejeitos. Devido ao alto grau de intemperismo, não há necessidade do uso de explosivos, o que influencia positivamente nas características físico-químicas do produto final.

Pode ser utilizado na produção convencional ou orgânica, certificado pelo IBD, maior certificadora de produtos orgânicos da América Latina.

Master Café 3E busca garantir melhor custo-benefício para o produtor

As Indústrias Colombo, por meio da Miac, empresa especializada na produção de máquinas e implementos agrícolas, escolheram a 19ª edição da Femagri – Cooxupé, considerada uma das maiores feiras do setor cafeeiro do Brasil, para apresentar seu mais novo produto, a Master Café 3E. Desenvolvida para obter alta performance nos cafezais, a Master Café 3E proporciona melhor desempenho na operação e otimiza os custos para o cafeicultor.

Com sistema operacional simples e de baixo custo de manutenção, a Master Café 3E possui um eficiente sistema de separação e limpeza de grãos, que garante maior qualidade final do produto colhido, ou seja, um café mais limpo, com menor índice de impurezas. 

Além disso, a Master Café 3E possui rodas direcionais, que corrigem trajetos e proporcionam maior agilidade em manobras de cabeceira, e caçamba graneleira estreita, que evita o contato com as plantas de café. Seu graneleiro foi projetado para armazenamento de 3.000 litros, aumentando a capacidade efetiva de trabalho.

A feira foi realizada em Guaxupé (MG) e contou com a participação de quase 33 mil pessoas, de 12 a 14 de fevereiro. Na ocasião, as Indústrias Colombo apresentaram sua linha completa de máquinas para colheita de café arábica.

Pack Bag

Agora você tem força

Uma das maiores produtoras de Big Bag do Brasil esteve presente na Femagri mostrando suas novidades

A Pack Bag proporciona maior capacidade de armazenagem, movimentação e transporte de materiais de 100 a 2.000 kg de capacidade, estes permitem o empilhamento de até 8 unidades e sua estrutura causa uma menor dilatação, diminuindo assim os custos da sua empresa com armazéns.

Na Pack Bag cada produto é desenvolvido para atender a necessidade do cliente, desde tamanho e capacidade, tecido, válvula, alças e detalhes únicos e específicos. “Hoje para café temos várias medidas de Big Bag, então o cliente passa para gente qual é a demanda dele, levamos o pessoal de desenvolvimento para montar o Bag conforme a necessidade do produtor”, explica André Luiz Salvador, vendedor externo da empresa Pack Bag.

Palinialves

Novidades que não param

Enquanto os cafés estão na fase de enchimento dos grãos, é tempo de os cafeicultores se prepararem. Por isso, a Palini Alves levou para a Femagri suas inovações para 2020, com toda a linha de implementos, o sistema PA-Redux, que atua na diminuição da emissão de gases e fumaça nas chaminés das propriedades, o abanador para 35.000 litros, o amontoador para café de terreiro com deslocamento hidráulico e sua linha de caldeiras.

Outros destaques foram as tecnologias na área da poda, como a podadora lateral esqueletadora Palinialves, modelo PA-Podadora/L, desenvolvida para efetuar podas de cafezais em geral, contendo duas serras circulares de 650 mm. “A podadora de disco permite a realização de poda leve e pesada. Os discos são de aço carbono, originais de podadora, garantindo grande qualidade e resistência”, informa Carlos Henrique Palini, diretor da empresa.

Em lançamento também estava a Podadora decotadora Palinialves, modelo PA-Podadora/T, com o objetivo de realizar o decote e a recepa do café. Ela tem como opções a regulagem de altura, com altura máxima de 2,80 m para decote, e mínima de 40 cm, para recepa e renovação da lavoura. Tratam-se de implementos que são acoplados ao trator para facilitar o manejo da lavoura, por serem robustos e muito eficientes.

Carlos Henrique conta que a regulagem é feita pela catraca com cabo de aço na torre e o acionamento do disco por meio da tomada de potência do trator, com 540 rpm. O corte é angulado, em bisel, para evitar apodrecimento do caule da planta.

Pós-colheita

A Palinialves entende que a secagem é uma das fases mais importantes do café, quando o produtor pode estragar a qualidade dos grãos, manter ou até agregar valor ao que foi produzido até ali.

Por isso, a empresa desenvolveu o controlador eletrônico de secagem intermitente, que chamou a atenção dos visitantes, assim como a caldeira industrial, na linha de secagem de cafés, equipamento recomendado para médios e grandes produtores, o qual melhora a eficiência de secagem dos grãos, diminui a mão de obra durante o processo, com economia de combustível e energia elétrica, além de manter a temperatura constante dentro dos secadores, resultando em uma secagem de melhor qualidade e padronização, segundo explica Carlos Henrique Palini.

Ainda segundo ele, a Palinialves é a empresa que tem mais opções em soluções completas para a secagem do café, desde secadores estáticos, rotativos e ainda o sistema semi-estático, uma novidade para ser instalada em secadores rotativos. “A novidade ficou por conta do lançamento que levamos para a Femagri, uma tecnologia digital que permite ao produtor fazer o controle da secagem intermitente, o que favorece a programação de acordo com o tipo de café que está sendo trabalhado, com economia de até 20% no tempo de seca e, consequentemente, redução na conta de energia e de combustível”, detalha o empresário.

Ainda como vantagem, ele aponta o menor atrito sofrido pelo café durante a secagem, agregando ao padrão e qualidade final do produto.

Parceria

A Palinialves trabalha em parceria com a Cooxupé há oito anos, e durante a Femagri ofereceu várias condições especiais para aquisição de seus produtos e implementos, com a facilidade do barter, ou saja, a possibilidade de pagamento em sacas de café, podendo parcelar em até quatro anos.

STIHL

Tecnologias de ponta para o cafeeiro

A STIHL esteve presente na Femagri, apresentando sua linha de produtos voltada à cafeicultura, com destaque para a ferramenta multifuncional KA 85 R com o derriçador SP 20, que alia praticidade e potência para colheita de café, e do novo soprador STIHL BR 800, o mais potente do mercado brasileiro.

Para que os cafeicultores se preparem da melhor forma para a colheita 2020, a STIHL ofereceu uma grande oportunidade durante a Femagri. A ferramenta multifuncional KA 85 R, com o derriçador SP 20, estava com desconto exclusivo e o cliente ainda ganhava o implemento de roçadeira, proporcionando mais produtividade ao trabalho no campo.

 Além disso, a garantia vai até o final da colheita de 2021 e as revisões serão gratuitas, tanto da máquina como do implemento.

O  gerente de Marketing da STIHL, Rafael Zanoni, conta que outra novidade para os visitantes nessa edição foi a Promoção Visita Premiada. Quem passou pelo estande da STIHL pode se cadastrar para concorrer a um kit especial composto por itens da marca: um pulverizador manual SG 11, tesoura de poda, bolas esportivas, mochila, bolsa de viagem, kit churrasco, kit caipira, kit vinho, canivete, bolsa térmica e caneca de chopp.