29.3 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 12, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosCampeões brasileiros de produtividade do milho são conhecidos durante o Fórum Getap...

Campeões brasileiros de produtividade do milho são conhecidos durante o Fórum Getap Verão/24

O grande campeão sequeiro, Ronei Gaviraghi, de Mangueirinha, que alcançou a marca de 270 sacas por hectares / Divulgação

Foram conhecidos no último dia 19, durante o Fórum Getap Verão/24, os ganhadores do concurso de produtividade do milho que chega ao seu 4º ano. Essa edição contou com 162 inscritos de sete estados que concorreram em duas categorias: sequeiro e irrigado. O principal destaque foi o Paraná, que consagrou as três maiores produtividades na categoria sequeiro. O grande campeão foi o produtor Ronei Gaviraghi, do município de Mangueirinha, que alcançou a marca de 270 sacas por hectare. A segunda colocação ficou com Nilson de Paula Xavier Marchioro, de Ipiranga, que colheu 256,3 sc/ha. Fechou o pódio o agricultor, Egon Heinrich Milla, de Candói, que chegou à terceira colocação com a produção de 253,0 sc/ha. Os três produtores foram inscritos pela Bayer.

Na categoria milho irrigado destacou-se o agricultor, Cláudio Castro Cunha, de Perdizes/MG, (inscrição independente) que colheu 258,2 sc/ha, garantindo de forma isolada o primeiro lugar. O segundo colocado foi, Fabio Zandonai, de Cristalina/GO, inscrito pela Bayer, com a marca de 254,4 sc/há, seguido por Bráulio Copetti Casarin, de Boa Vista do Cadeado/RS, que produziu 247,1 sc/ha (Bayer) e garantiu a terceira colocação.  

Mais destaques

O concurso reconheceu ainda agricultores que tiveram alta performance e se sobressaíram em suas respectivas regiões com o cultivo de milho sequeiro. Em Santa Catarina, Henrique Baratto Bortoluzzi, do município de Xanxerê, despontou com 231,6 sc/ha, (Bayer). Na Bahia foi a vez da produtora Rafaela Moresco Dinardin, de Correntina, inscrita pela ICL, que colheu 223,5 sc/ha. No Maranhão, o escolhido foi Carlos Alberto Ernst Marlow, com propriedade em Alto Parnaíba, que colheu 139,2 sc/ha (Bayer).

Auditoria

Todas as áreas dos produtores inscritos foram auditadas pela equipe técnica do Grupo Somar, que tem ampla experiência neste mercado. Alguns indicadores chave de produção foram analisados durante a auditoria, entre eles: produtividade e população obtida, número e peso de grãos por espiga. Para finalizar o processo, os participantes recebem um relatório técnico completo, produzido pela equipe do Getap (Grupo Tático de Aumento de Produtividade), podendo comparar o seu desempenho com as médias dos demais produtores participantes.

O Getap é uma iniciativa que busca reunir especialistas do agronegócio para discutir temas relevantes e disseminar conhecimento e boas práticas no manejo da cultura do milho, com o objetivo de aumentar a produtividade e, consequentemente, a produção da cultura no Brasil. Para isso, é promovido o concurso, onde a indústria e a cadeia do agronegócio se reúnem para premiar produtores com os mais altos níveis de produtividade, alinhando isso à rentabilidade, tecnologia e sustentabilidade.

De acordo com Anderson Galvão, curador Getap, os resultados desta edição do Concurso de Produtividade no Milho, mostram o bom trabalho feito no campo pelos agricultores. “O projeto começa a dar evidência da importância da necessidade do crescimento e da melhoria da produtividade do milho no Brasil. Embora produtores de alta performance como esses editados pelo Getap dão o caminho, ainda entendemos que há espaço para que as tecnologias agrícolas e as práticas agronômicas se tornem cada vez mais comuns nas diferentes regiões de produção no Brasil”, finaliza.

ARTIGOS RELACIONADOS

Vigor da semente: busca constante do milhocultor

O vigor das sementes é um fator crucial para a produtividade e qualidade da produção da cultura do milho. Sementes de alto vigor geram plântulas com maior velocidade e uniformidade de emergência, o que proporciona o estabelecimento rápido da cultura e maior velocidade nos processos metabólicos ligados ao início do desenvolvimento vegetal.

Milho resistente às pragas

Um método integrante do MIP fortemente recomendado é o manejo varietal, que se refere ao uso de plantas resistentes às pragas.

Colheita da soja

A colheita da soja no Rio Grande do Sul avançou 12 pontos percentuais na semana que passou ...

Estratégias para reduzir perdas na cultura do milho

O controle de umidade é indispensável para minimizar as perdas pós-colheita do milho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!