23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesCana tolerante à seca

Cana tolerante à seca

Cana – Créditos: shurtterstock

A Usina Coruripe está colhendo a maior safra de sua história, algo em torno de 3.4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Com sede em Alagoas e quatro usinas no Estado de Minas Gerais, os canaviais da Coruripe se estendem por mais de 54 mil hectares, entre áreas próprias, arrendadas e de fornecedores.

Mesmo trabalhando em regiões sujeitas a longos períodos de estiagem, como a zona da mata alagoana e o Triângulo Mineiro, a empresa consegue excelentes resultados, tanto em produtividade no campo quanto no rendimento industrial: média anual de 85 milhões de litros de álcool e 295 mil toneladas de açúcar.

Eficientes mesmo em sistemas irrigados

Entre as técnicas utilizadas para driblar o clima estão a irrigação dos canaviais e o plantio de variedades de cana tolerantes à seca. “Dos 31 mil ha de cana própria, 83% ou cerca de 26 mil ha são irrigados e apenas 17% são de terras não irrigadas. A maioria das variedades cultivadas nas áreas da Coruripe em Alagoas é tolerante à seca, independentemente de serem plantadas em áreas de sequeiro ou irrigadas.  Porque o ambiente é muito seco e com períodos de estiagem cada vez mais frequentes e longos”, conta Pedro Carnaúba, agrônomo e gerente agrícola da matriz da Coruripe.

Carnaúba explica que as variedades tolerantes têm produtividade aceitável, tempo ideal de processamento longo e conferem boa longevidade aos canaviais. “O que valorizamos são variedades tolerantes à seca que também respondam positivamente à irrigação, apresentem alto teor de sacarose no momento da colheita, além de uma eficiente rebrota de socaria. Outra característica que valorizamos é a adaptabilidade à colheita mecânica, como porte ereto, alta produtividade, perfilhos numerosos, resistência ao pisoteio e alto teor de sacarose”, ressalta o agrônomo.

Reforço para a sustentabilidade

Algumas variedades tolerantes à seca também se adaptam muito bem aos cultivos irrigados.  Segundo Pedro Carnaúba, a usina testou diversos materiais em sistemas de irrigação por gotejo, que atendem à demanda de água das plantas de forma mais racional. “A variedade RB 92-579 se destacou. Chega a produzir 20 toneladas de cana a mais por hectare com rendimento excelente na indústria: um acréscimo de 2 toneladas de açúcar”, afirma.

Além disso, esta cana responde bem ao uso de maturadores, produtos que aumentam o teor de açúcar e permitem que a planta alcance o ponto ideal de corte mais rapidamente. Assim, escalonando o plantio, é possível distribuir a produção ao longo de vários meses, facilitando o manejo e a colheita. “Por isso, a RB 92-579 hoje ocupa cerca de 40% dos canaviais próprios da empresa e mais de 80% das áreas de fornecedores”, conta Carnaúba.

“Em geral, variedades tolerantes à seca são mais eficientes em uso de água e, portanto, produzem mais consumindo menos. E isso traz sustentabilidade ao negócio”, completa.

Sustentabilidade, aliás, é uma preocupação constante da empresa. A Coruripe foi uma das primeiras indústrias brasileiras a vender créditos de carbono no mercado internacional, justamente pela adoção de técnicas que aliam produção e sustentabilidade.

Fonte: Croplife Brasil

Artigo anterior
Próximo artigo
ARTIGOS RELACIONADOS

Cehicon difunde tecnologias aos plasticultores

  O Cehicon é um centro de difusão de tecnologias, validação de produtos e capacitação de pessoas. A ideia nasceu da necessidade de fomentar uma...

Cálcio, boro e aminoácidos na proteção de anomalias fisiológicas do tomate

Danielle Perez Palermo daniellepalermo@ufrrj.br Carlos Antonio dos Santos carlosantoniods@ufrrj.br Engenheiros agrônomos e mestrandos em Fitotecnia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) Margarida Goréte Ferreira do Carmo Engenheira...

Organominerais proporcionam nutrição equilibrada na alfacicultura

Ricardo Muñoz da Silva Engenheiro agrônomo, doutor e diretor técnico da Rhal Ciência e Tecnologia ricardo@rhal.com.br Os fertilizantes organominerais apresentam efetividade na produção da alface devido à...

AgroFena 2015 – Bons negócios na terra do milho

  De 29 de maio a 07 de junho Patos de Minas (MG)realizao evento mais esperado do ano: a Fenamilho 2015, que traz como uma...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!