23.3 C
São Paulo
domingo, julho 3, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Capacidade de retenção de água do polímero hidrorretentorPolyter

Capacidade de retenção de água do polímero hidrorretentorPolyter

Osório Dias Neto

Eusimão F. Fraga Júnior

Osvaldo Rettore Neto

Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Monte Carmelo (MG)

Crédito Daniel Vieira

A água é o elemento essencial para a produção de qualquer cultura. Com as alterações climáticas decorrentes de ações antrópicas, tornou-se fundamental criar ferramentas para uso mais eficiente e consciente da água. A utilização de polímero hidrorretentor de alta durabilidade, como o produto Polyter, pode ser uma destas ferramentas.

O potencial e os benefícios do produto foram avaliados quanto à capacidade de retenção de água no solo utilizando diferentes doses de Polyter, e a quantificação do volume drenado de água, após os vasos serem acrescidos com quantidades iguais de água, porém, com diferentes porções do polímero.

 

Ensaio

Crédito Araunah

O trabalho foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado (DIC), realizado em casa de vegetação, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), campus Monte Carmelo (MG). Foram testadas cinco doses do polímero Polyter (0, 3, 6, 9 e 12 gramas) em quatro repetições. Todos os 20 vasos foram preenchidos com a mesma quantidade de solo, homogeneizado com as respectivas doses do polímero.

Os vasos foram saturados com um volume conhecido de água (02 litros) e depois acrescidos de mais um litro de água, para verificar o volume drenado. Posteriormente, foram realizadas coletas semanais para determinação da massa úmida e massa seca da amostra, verificando o volume de água retido no solo ao longo do período de avaliação, após ficarem na estufa de secagem, durante 24 horas, expostas à temperatura de 105°C.  Todas as medidas estão em massa de solo (g)/massa de água (g).

 

Benefícios para as culturas

Crédito Araunah

Houve diferença significativa entre as doses avaliadas, e as doses que apresentaram maior retenção foram as doses de 06, 09 e 12 gramas de Polyter, proporcionando ao solo uma capacidade de campo maior do que a máxima, mesmo depois de 13 dias, e permanecendo com as características físicas iguais, ou até melhores, do que o solo sem Polyter.

A campo, a tecnologia demonstra grande potencial para retenção de água no solo, pegamento de mudas, resistência a estiagem, especialmente para cultivos plantados em sistema de sequeiro. Resultados preliminares de campo para a cultura do café demonstram maior expansão de área foliar, desenvolvimento radicular das plantas e, consequentemente, maior índice estomático, se comparado a parcelas testemunha.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de outubro de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

Inicio Revistas Grãos Capacidade de retenção de água do polímero hidrorretentorPolyter