19.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 20, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesCase de fazenda certificada ABR, com compensação financeira ambiental, é apresentado na...

Case de fazenda certificada ABR, com compensação financeira ambiental, é apresentado na COP 27

Divulgação

O programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR), gerido pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), foi apresentado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas – COP 27, como exemplo do comprometimento dos produtores brasileiros com a sustentabilidade ambiental, social e econômica. Representada pelo diretor de Sustentabilidade da SLC – Agrícola, Álvaro Luiz Dilli, a explanação foi durante o painel sobre Agricultura e Serviços Ambientais, realizado no dia 15 de novembro, no Pavilhão Brasil, em Sharm El Sheikh, no Egito. A ação integra o programa Cotton Brazil, executado pela Abrapa, com apoio da Apex-Brasil, da Associação Nacional dos Exportadores (Anea) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Dilli discorreu sobre a compensação financeira pela conservação de ecossistemas e da biodiversidade, apresentou o case da SLC – Agrícola, que adota práticas responsáveis de cultivo, com ênfase no algodão certificado. Enfatizou o comprometimento da empresa que mantém contrato de compensação financeira pela manutenção de uma área de 1.358 hectares de vegetação nativa na Fazenda Perdizes, em Mato Grosso. Essa é a maior área individual e a primeira localizada no bioma amazônico a aderir ao mecanismo CONSERV, idealizado pelo IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) e executado em parceria com o EDF (Environmental Defense Fund) e com o Woodwell Climate Research Center.

Por meio do CONSERV, projeto lançado em 2020, os produtores rurais recebem compensação pela conservação de áreas de vegetação que excedem a reserva exigida pelo Código Florestal. A adesão da SLC – Agrícola se soma à aprovação da Política de Desmatamento Zero, na qual formalizou o compromisso em não converter áreas com vegetação nativa para o uso agrícola, mesmo aquelas elegíveis nos respectivos processos de licenciamento ambiental.

Anterior a isso, o executivo, apresentou o ABR, executado em parceria com as estaduais e os produtores, e que certificou 86 % da produção brasileira na safra 2021/22. O País é o maior fornecedor de algodão com licenciamento BCI, com uma fatia de 42% do mercado global de Better Cotton (BC) e, desde 2013, o programa atua em benchmarking com a BC. O rigoroso protocolo abrange 183 quesitos que vão desde boas práticas agrícolas até garantias de saúde, segurança e bem-estar do trabalhador.

Iniciada em 07 de novembro, a 27ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas reuniu representantes dos países signatários do Acordo de Paris. Durante 12 dias, o encontro se encerrará nesta sexta-feira (18), os participantes debateram sobre adaptação climática, mitigação dos gases do efeito estufa, o impacto climático na questão financeira e a colaboração para conter o aquecimento global.

Para o presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, estar na COP 27 e apresentar o case da SLC é uma maneira de promover a forma responsável de produzir o algodão brasileiro. “É um trabalho permanente que fizemos para mostrar ao mundo que produzimos com responsabilidade social, ambiental e econômica e, assim, desmistificamos a imagem do agro nacional”, disse Busato. “Isso é possível graças a união de todos, em cada ponta da cadeia.”

O Brasil é o segundo maior exportador de algodão do mundo e o quarto produtor. Atende a demanda interna e externa, neste caso específico o principal destino da fibra é a Ásia.

ARTIGOS RELACIONADOS

Programa ABR tem primeiras fazendas certificadas na safra 20212022

Trinta e duas fazendas localizadas na Bahia e oito em Goiás estão entre as primeiras propriedades certificadas na safra 2021\2022.

Programa ABR tem primeiras fazendas certificadas na safra 20212022

Trinta e duas fazendas localizadas na Bahia e oito em Goiás estão entre as primeiras propriedades certificadas na safra 2021\2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!