27.7 C
São Paulo
sexta-feira, maio 27, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Cenoura: Oferta limita marca o ano

Cenoura: Oferta limita marca o ano

cenoura – Créditos: shurtterstock

Não foram esperadas grandes mudanças no mercado de cenoura em 2021, uma vez que a área não deve ter alterações. No primeiro semestre (safra de verão 2020/21), a oferta influenciada pelo clima, e qualquer leve redução na área tende a manter os preços atrativos ao produtor.
Para o inverno 2021, a estimativa inicial foi de manutenção na área. Caso esse cenário se concretize, a rentabilidade deve ser parecida com a de 2020; porém, esse contexto ainda depende da decisão de plantio dos produtores, que devem considerar a rentabilidade obtida no primeiro semestre.

Produtividade

Em regiões produtoras tradicionais, como São Gotardo (MG), Marilândia do Sul (PR) e Cristalina (GO), é comum encontrar produtividades de 60 toneladas por hectare no verão, enquanto cultivos de cenouras no período de inverno variam entre 80 e 90 toneladas por hectare.
Segundo dados oficiais, a média de produtividade de cenoura no Brasil gira em torno de 30 toneladas por hectare. Contudo, regiões com alto nível tecnológico alcançam produtividades bem acima desse valor, inclusive em cenouras cultivadas no verão, que é o período mais desfavorável ao cultivo dessa espécie.

Fontes:
Soraya Freitas Silva
Engenheira agrônoma, pós-graduanda em Bioenergia e Grãos – IF Goiano, Campus Rio Verde
soraya_freitas-agro@hotmail.com
Leandro Campos Oliveira
Biólogo, mestre em Bioenergia e Grãos – IF Goiano, Campus Rio Verde
leandro.campos@ifto.edu.br
Lucas Anjos Souza
Professor – Polo de Inovação em Bioenergia e Grãos – IF Goiano, Campus Rio Verde
lucas.anjos@ifgoiano.edu.br
HF Hortifrúti – CEPEA

Inicio Revistas Hortifrúti Cenoura: Oferta limita marca o ano