Cenouras uniformes? Invista nos aminoácidos

0
165

 

Tiago Henrique C. Silva

Engenheiro agrônomo especialista emcereais e HF

tiago.silva@adubosaraguaia.com.br

 

Aminoácidos proporcionam cenouras uniformes - Crédito Agristar
Aminoácidos proporcionam cenouras uniformes – Crédito Agristar

Antes de falar dos aminoácidos, devemos esclarecer da grande importância dessa cadeia para os seres vivos em geral. Os aminoácidos formam as proteínas e possuem um grupo nitrogenado chamado de amina (NH2) e um grupo carboxílico (COOH).

Todos os seres vivos (homem, animais e plantas) precisam de aminoácidos para sua existência, pois a partir deles serão sintetizadas as proteínas, enzimas e hormônios tão necessários à manutenção da vida.

As proteínas das plantas são formadas a partir de um grande número de aminoácidos, totalizando 24 aminoácidos responsáveis pelo nosso desenvolvimento. Os aminoácidos são sintetizados pelas plantas a partir do N inorgânico absorvido da solução do solo e de ácidos orgânicos, requerendo uma quantidade considerável de energia pela planta.

Assim já se resume a grande importância desses elementos na fisiologia da planta de cenoura, desde a germinação até a colheita da cultura.

Vantagens dos aminoácidos

Quando se fornece aminoácidos livres para a cultura da cenoura, ela os absorve diretamente e faz uso imediato deles. Isto é muito importante, porque em todo o seu ciclo fisiológico associado aos estresses, sejam eles falta de água, calor ou transplante, a planta fica livre do trabalho de sintetizar os aminoácidos.

Assim a planta gasta menos energia, pois não vai precisar elaborar em grandes quantidades sua produção natural de aminoácidos, e fica menos exposta à penetração de doenças e estresse causados por pragas.

Tiago Henrique C. Silva, engenheiro agrônomo especialista emHF  Crédito Arquivo pessoal
Tiago Henrique C. Silva, engenheiro agrônomo especialista emHF Crédito Arquivo pessoal

Existem vários tipos de benefícios na injeção de aminoácidos na cultura da cenoura ou em outras plantas. Na literatura encontramos vários pontos principais, que são:

ðMetabolismo mais equilibrado das plantas, estimulando a síntese das proteínas;

ð Os aminoácidos atuam na germinação, no crescimento da planta, na florada e na maturação dos frutos;

ð Nas leguminosas, favorecem um maior desenvolvimento da nodulação;

ð Ativam e tornam mais eficiente o processo de fotossíntese das plantas, ativando-a e aumentando as reservas de carboidratos;

ð Atrasam o envelhecimento das folhas, prolongando o ciclo produtivo;

ð Reduzem a fitotoxicidade de certos defensivos agrícolas;

ð Proporcionam maior tolerância das plantas às pragas e doenças, conferindo um papel imunológico;

ð Reduzem os compostos solúveis nas plantas, que conferem suscetibilidade às pragas e doenças;

ð Aumentam a absorção e translocação de nutrientes (cátions positivos) aplicados na parte aérea das plantas, pela ação quelatizante;

ð Proporcionam um sistema radicular mais desenvolvido e vigoroso, que favorece a absorção de nutrientes e da água nas camadas mais profundas;

ð Proporcionam a recuperação mais rápida do sistema radicular quando em condições de estresses das plantas;

ð Estimulam as plantas na produção de proteínas, enzimas e hormônios;

ð Aumentam a floração, com consequente aumento de produtividade das lavouras;

ð Favorecem a uniformidade das colheitas, a qualidade e peso dos grãos e frutos;

ð Melhoram a prevenção das plantas contra as geadas.

Manejo

Não existe uma regra a ser seguida quando o assunto é o manejo, até porque várias empresas no mercado trabalham com o segmento de bioestimulantes, bioativadores, etc. O importante é seguir a recomendação de aplicação das empresas, pois elas gastam uma fortuna com pesquisas de laboratório e de campo para chegar à melhor recomendação.

Seguindo esses critérios, com certeza o produtor vai colher muito bem sua safra de cenoura.

Investimentoe resultados de campo

O emprego de aminoácidos está crescendo na agricultura, em razão dos benefícios que vem apresentando para as plantas, como aumento de produtividade e melhoria na qualidade de grãos e frutos, a exemplo das hortaliças, café, citros, algodão, frutíferas, feijão, soja, etc.

O investimento nos aminoácidos é relativamente baixo, comparado aos benefícios.Como no mercado existe uma concorrência muito grande neste segmento, o custo fica mais competitivo e mais vantajoso para o produtor.Claro que devemos ter muita atenção ao produto que está sendo comprado, e procurar saber se realmente a empresa fornecedora é séria.

Essa matéria completa você encontra na revista Campo & Negócios Hortifrúti, edição de junho. Adquira a sua para leitura integral.