CESB anuncia abertura das inscrições do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja Safra 2014/2015 com a expectativa de participantes alcançarem marca de 120 sacas/hectare

0
47

Concurso pretende estimular sojicultores a desenvolverem novas técnicas e práticas para aumentar a produtividade da soja no Brasil

Dr. Plínio de Souza palestrando na Passarela da Soja no Oeste-Baiano. Crédito CESB
Dr. Plínio de Souza palestrando na Passarela da Soja no Oeste-Baiano. Crédito CESB

Produtores e técnicos podem realizar a inscrição no site www.cesbrasil.org.br a partir de 12 de agosto

O Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) abriu as inscrições do Desafio Nacional de Máxima Produtividade Safra 2014/2015 com a expectativa dos participantes alcançarem 120 sacas/hectare e, assim, superar o recorde de produtividade de soja do concurso.  As inscrições para o prêmio, que já se consagrou como uma das maiores referências nacionais de estimulo à produtividade da soja no Brasil, devem ser realizadas pelo site www.cesbrasil.org.br até o dia 15 de janeiro de 2015 e todas as fichas pré e pós-colheita devem ser preenchidas para concluir a participação.

Com esta iniciativa realizada anualmente, o CESB pretende motivar produtores e técnicos a utilizarem as melhores práticas de cultivo, as recomendações de pesquisas e as cultivares mais adequadas para cada região, visando contribuir com o aumento da produtividade, sustentabilidade e economia da sojicultura no Brasil.

“O estabelecimento de uma meta para o Desafio, que neste ano alcançou um recorde de 117 sacas/hectare, funciona como um estímulo do Comitê aos produtores brasileiros com o intuito de mostrar a eles que têm capacidade e criatividade para superar a média nacional. Mas não é obrigatório alcançar esses níveis para participar“, afirma Orlando Martins, presidente do CESB. “Nosso objetivo principal é incentivar os sojicultores a ultrapassarem barreiras e inovarem nas técnicas de cultivo, a fim de que outras práticas sejam descobertas e contribuam para o aumento da produtividade.“

O Desafio conta com as seguintes categorias: Campeão Nacional (soja irrigada/não irrigada), Campeões Municipais, Campeões Estaduais e Campeões Regionais – Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte/Nordeste ” (soja de sequeiro). Devido ao sucesso do Campeonato Municipal, que já está integrado ao concurso há dois anos e teve a participação de 300 munícipios espalhados por 16 Estados brasileiros, a categoria permanece na próxima edição. No entanto, só poderão ter campeões os municípios que tiverem pelo menos cinco áreas inscritas.

Os Campeões serão prestigiados com um diploma de reconhecimento e a divulgação do resultado em jornais locais, revistas, veículos de cooperativas e sindicatos, informativos de entidades renomadas e no site do CESB. Todos os Campeões Municipais serão conhecidos ao término da colheita, após 15 de maio, quando se encerra o Desafio. Os ganhadores de todas as categorias receberão um certificado do CESB e passarão a ser reconhecidos em seus Municípios e Estados como referência em produtividade de soja no País.

Atualmente, o CESB é composto por 17 Membros e oito entidades patrocinadoras: Syngenta, BASF, Arysta, TMG, Monsanto, Sementes Adriana, Agrichem e UPL do Brasil.

Sobre o CESB

O CESB é uma entidade sem fins lucrativos, formada por profissionais e pesquisadores de diversas áreas, que se uniram para trabalhar estrategicamente e utilizar os conhecimentos adquiridos nas suas respectivas carreiras e vivências, em prol da sojicultura brasileira. O CESB é qualificado como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), nos termos da Lei n° 9.790, de 23 de março de 1999, conforme decisão proferida pelo Ministério da Justiça, publicada no Diário Oficial da União de 04 de dezembro de 2009.