25.6 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasClimatempo lança o Agroclima Pro, primeiro serviço de previsão do país que...

Climatempo lança o Agroclima Pro, primeiro serviço de previsão do país que integra dados das estações meteorológicas das fazendas

Empresa oferece novo sistema de previsão que permitirá redução de custos e aumento da produtividade para o agricultor

 

sistema agroclima proQuem é produtor rural sabe como o clima pode influenciar diretamente nos resultados da safra. Pensando nisso, a Climatempo, líder em meteorologia no país, acaba de lançar o primeiro serviço brasileiro que integra sua previsão aos dados das estações meteorológicas das fazendas:  o Agroclima Pro. O serviço pretende revolucionar a produção no campo, oferecendo previsões personalizadas.

A ferramenta foi desenvolvida pela equipe de inovação, pesquisa e desenvolvimento da empresa. O núcleo está localizado no Laboratório de Pesquisa no Parque Tecnológico de São José dos Campos, um dos mais avançados do país.

Com informações meteorológicas precisas, é possível ter um controle total da produção e prevenir-se de variações climáticas. Outra vantagem é a redução de custos. O sistema oferece um mapeamento completo do balanço hídrico e alertas fitossanitários para a tomada de decisões mais assertivas, resultando em maiores ganhos em produtividade.

 

Um grande diferencial é a integração com estações meteorológicas que os produtores já possuem em suas fazendas. No Brasil, o número de estações ainda é muito baixo e, ao fazer o compartilhamento, a Climatempo processa os dados e consegue entregar previsões ainda mais precisas para o agricultor e região.

 

A integração funciona de forma parecida com aplicativos de transporte. Os usuários compartilham informações que já possuem para tornar a qualidade do serviço ainda melhor. O objetivo é criar uma grande rede de previsão para a agricultura e melhorar a qualidade dos dados enviados para os fazendeiros.

 

 

GEOLOCALIZAÇÃO

O Agroclima Pro é uma plataforma de previsão geolocalizada, ou seja, o usuário recebe previsões para a localização exata do seu negócio. Também são enviados boletins periódicos que ajudam a preparar o cultivo para condições severas como geadas, seca e condições fitossanitárias. Alertas são enviados diretamente para o celular do produtor por meio de um aplicativo.

Acompanhando de perto o trabalho no campo, os melhores meteorologistas do país estão disponíveis 24 horas por dia, durante toda a semana, para tirar dúvidas referentes ao clima. O atendimento pode ser feito por chat e telefone. O Agroclima Pro possui pacotes que variam de acordo com a necessidade do fazendeiro. Com a versão de testes gratuita, basta um simples cadastro para receber previsões certificadas de 72 horas e 15 dias. Ao compartilhar dados da estação meteorológica, o produtor tem acesso gratuito a um pacote com dados históricos e boletins.

Há também duas versões mais completas por R$ 150 e R$ 300 por mês, com informações de balanço hídrico, alertas fitossanitários e assistência de agrometeorologista.

Sobre o Grupo Climatempo

O Grupo Climatempo é a principal empresa privada de meteorologia do país. Fornece, atualmente, conteúdo para mais de 50 retransmissoras nacionais de televisão, para rádios de todo o Brasil e para os principais portais. Com cerca de dois mil clientes oferece conteúdo meteorológico estratégico para o setor de agricultura, moda e varejo, energia elétrica, construção civil, seguradoras e indústrias farmacêutica e de alimentos.

O Portal Climatempo transformou-se no veículo líder em visitação do país. É referência na divulgação de conteúdo que estimula a consulta diária de previsão do tempo. Classificado nos principais institutos de pesquisa entre os 30 sites mais visitados do país em língua portuguesa, é visitado por mais de 1,5 milhão de usuários por dia, chegando a quase 3 milhões nas vésperas de feriados e durante fenômenos extremos de tempo e clima, com um crescimento anual na marca de 30%. O Grupo é presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 27 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Mais informações:

Linhas Comunicação

(11) 3465-5888

 

Tayane Scott ” tayane@linhascomunicacao.com.br

 

Lucas Majuski ” lucas@linhascomunicacao.com.br

 

Eric Finger ”  eric@linhascomunicacao.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Como plantar chuchu e ter rentabilidade extra

Osvaldo P. Marques Filho Engenheiro agrônomo e extensionista agropecuário II da Emater osvaldo@emater.mg.gov.br   O chuchu apresenta uma boa oportunidade de renda, em função do ciclo curto, do...

Híbridos de melancia – Mais produtividade e qualidade

A melancieira [Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum & Nakai], comumente chamada de melancia, pertence à família Cucurbitaceae, a mesma que engloba as abóboras e morangas (Cucurbita spp.), o pepineiro e o meloeiro (Cucumis spp.), o chuchuzeiro [Sechium edule (Jacq.) Sw.], dentre outras importantes espécies de olerícolas.

Silício aumenta número de perfilhos da cana

Angélica Araújo Queiroz Engenheira agronomia e professora no IFTM, campus Uberlândia angelica@iftm.edu.br A cana-de-açúcar é uma espécie acumuladora de silício (Si), com 0,14% nas folhas jovens e...

Geadas somam perdas e prejuízos em HF

Uma intensa frente fria atingiu diversas regiões brasileiras de 18 a 21/07, deixando seis ..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!