26.6 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiComeça o plantio de batata

Começa o plantio de batata

O Brasil produz batatas o ano todo, mas algumas regiões seguem um calendário, cumprido à risca, para obter maiores produtividades

 

Plantio de Batata na região de Vargem Grande do Sul-SP em pleno vigor - Crédito José Henrique Dotta
Plantio de Batata na região de Vargem Grande do Sul-SP em pleno vigor – Crédito José Henrique Dotta

No Brasil, a área plantada com batatas em 2013 ficou em torno de 100 mil hectares, com produção estimada em três milhões de toneladas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A produtividade média nacional é de aproximadamente 28 toneladas/hectare, sendo que os rendimentos variam de 22 a 40 t/ha, na média de cada região e safra.
 
Safras
 
A principal safra da cultura da batata nas áreas das regiões Sul e Sudeste do Brasil é a “das águas“, que é plantada em agosto-dezembro e colhida a partir de novembro. O plantio “de inverno“, realizado de abril a julho e colhido em julho-outubro, é também praticado nessas mesmas regiões, em locais onde não ocorrem geadas, mas depende de irrigações durante o ciclo de desenvolvimento da cultura.
Já o cultivo “da seca“, que começa em janeiro-março, deve ser realizado o mais cedo possível para evitar as geadas em regiões onde há invernos rigorosos. Regiões consideradas não tradicionais para o cultivo da batata, como o Planalto Central e as áreas altas no Nordeste, comumente apresentam condições razoáveis de plantio durante o ano, quando não ocorrer excesso de chuva que dificulta o controle de doenças e prejudica a aparência dos tubérculos. Maiores produtividades e melhor qualidade do produto são obtidas durante o inverno seco, sob irrigação.
 
Cada região com seus critérios
 
O engenheiro agrônomo José Henrique Dotta explica que, na região de Vargem Grande do Sul (SP), tradicional produtora do tubérculo, o plantio começou ao final do mês de março e está previsto para se encerrar no final de junho ” tal plantio é denominado “de inverno“.
Geralmente, a safra de inverno é praticada em altitudes baixas, embora possa ser feita em qualquer altitude, desde que seja livre de geadas e permita a irrigação. Essa é considerada uma boa ferramenta para o manejo de rotação de culturas, pois sucede a colheita dos grãos.
“Uma das vantagens em cultivar na janela de plantio adequada em regiões como a nossa é que a temperatura e o fotoperíodo se mantêm favoráveis durante o desenvolvimento da cultura“, avalia.
 
Resultados em campo
 
De acordo com a publicação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em parceria com a Associação Brasileira da Batata (ABBA) ” O cultivo da batata no Brasil “, em nosso país a variedade Ágata representa mais de 60% da área plantada e, consequentemente, mais de 70% da produção nacional, chegando a produzir mais de 50 toneladas por hectare.
Isso ocorre porque tal material apresenta melhor relação custo-benefício e manterá essa importância até que outra variedade possa suplantá-la quanto às exigências do mercado brasileiro, o qual valoriza apenas o aspecto externo dos tubérculos, exigindo bom formato e pele lisa e brilhante.
José Henrique destaca que as variedades como Ágata e Cupido são destinadas ao consumo fresco, pois são bastante consistentes e de cor firme, apresentando aptidão culinária para cozimento.
Já cultivares como Atlantic, Lady Roseta e Panda são mais utilizados na indústria de batatas fritas para a forma chips (ou rodela) e batata palha. Por apresentar formato redondo, pele áspera e polpa branca, essa variedade não tem boa aceitação no mercado in natura.
 
Clique aqui para fazer a assinatura da revista Campo & Negócios HF e ler a matéria completa.
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Cenário atual da cultura da batata e os principais desafios

A batata é um dos alimentos mais consumidos do planeta e o tubérculo é plantado em mais de 130 países, cobrindo cerca de 20 milhões de hectares, que resultam na produção de mais de 400 milhões de toneladas de batatas por ano.

Podridão parda – Alerta geral para pessegueiros

Givago Coutinho Doutor em Fruticultura e professor efetivo do Centro Universitário de Goiatuba (UniCerrado) givago_agro@hotmail.com Herick Fernando de Jesus Silva Engenheiro Agrônomo e doutorando em Fitotecnia "...

Usina investe em softwares e espera colher um milhão e meio de toneladas

Com investimento em softwares de gestão, Usina Diana (SP) espera colher um milhão e meio de toneladas, o dobro da última safra   A Usina Diana,...

Green Has estreia no Congresso Brasileiro de Tomate Industrial

Essa é a primeira vez que a Green Has participa do Congresso Brasileiro de Tomate Industrial (CBTI), que está em sua oitava edição e...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!