Como alcançar alta produtividade em batata-doce

0
275

Autores

Adriana Araujo Diniz Professora adjunta II – UEMA/CESBAadrisolos2016@gmail.com

Antonio Santana Batista de Oliveira Filho Mestrando em Agronomia/Produção Vegetal – FCAV/UNESPa15santanafilho@gmail.com

Taís Soares de Oliveira ts0291001@gmail.com 

Myrelly Nazaré Costa Noletomyrellynoleto11@gmail.comGraduandas em Engenharia Agronômica – UEMA/CESBA

Batata-doce – Fotos: Shutterstock

Com o aumento do número de produtores de batata-doce (Ipomoea batatas) tem-se observado que a produção aumentou significativamente nos últimos anos, atrelado também às exigências dos consumidores, que visam na batata-doce uma alimentação mais saudável.

Para alcançar altas produtividades, é necessário que alguns cuidados sejam tomados durante o processo de produção, dentre estes: o plantio, a colheita e a boa resistência do material pós-colheita.

 Para uma alta produtividade, deve-se levar em consideração condições ambientais, como por exemplo uma boa temperatura, que está ligada à formação das raízes tuberosas (temperaturas entre 25 e 30ºC são consideradas ideais).

O fotoperíodo também é um fator essencial – fotoperíodo longo é o mais ideal para cultura. Desse modo, uma boa exposição à luz solar e temperatura adequada são consideradas ideais para aumentar a produtividade.

Além de se observar as condições ambientais, outros fatores também são primordiais para a busca de alta produtividade. Atividades como um manejo adequado do solo, uma boa adubação, irrigação correta, o controle de pragas e doenças e uma colheita realizada na época certa são fatores a serem levados em conta na hora de garantir maior produtividade.

Recomendações

A melhor época para o plantio da batata-doce deve levar em consideração as condições locais de cada região, e o preparo do solo é relativamente simples. Quando o solo é trabalhado para atingir condições ideais, o uso da grade pode se tornar eficaz para eliminar os torrões.

É aconselhável que o solo fique bem destorroado, de modo que a raiz tuberosa consiga se desenvolver satisfatoriamente. Os espaçamentos mais utilizados são de 0,80 m a 1,00 m entre fileiras e 0,25 m a 0,50 m entre plantas.

No processo de correção do solo a calagem deve ser realizada cerca de até 100 dias antes do plantio, após o revolvimento do solo e antes da gradagem, e a adubação pode ser completada em até 60 dias após o processo de calagem.

Outra etapa a ser realizada do plantio à colheita é o manejo e controle de pragas e doenças, pois pode acabar interferindo no desenvolvimento das plantas, diminuindo assim a produção da cultura e causando uma baixa produtividade e prejuízos financeiros.

Para o controle de plantas invasoras, o método mais comum é a capina, ou também pode ser utilizada a aplicação de herbicidas específicos. A irrigação deverá ser procedida em épocas muito secas, levando-se em consideração a necessidade da cultura.

O excesso de água pode acabar provocando um mau desenvolvimento da parte aérea e, consequentemente, a diminuição na produção das batatas. A última etapa é a colheita, realizada quando as raízes estão no tamanho desejado, normalmente em até 180 dias após o plantio.

Eficiência operacional

Um dos primeiros passos para melhorar a eficiência de uma lavoura é investir em ramas-semente de qualidade, pois estas vão constituir o começo de todo o trabalho e uma consequente produtividade alta.

Para a escolha, deverá se levar em consideração as condições ambientais do local, o produtor precisa conhecer bem sua propriedade, a região onde mora e que tipo de solo está presente no local (por meio de análise de solo), sendo aconselhado ao produtor que utilize em sua lavoura ramas-sementes devidamente certificadas e que apresentem qualidade garantida pelo fornecedor.

Outro ponto importante é a utilização correta de fertilizantes/adubos. Os nutrientes presentes no solo muitas vezes não são suficientes para garantir um bom desenvolvimento às plantas e, desse modo, a planta necessitará de adubação via utilização dos fertilizantes.

A eficiência desses produtos só é garantida se houver uma aplicação correta, sendo imprescindível levar em conta alguns requisitos, como a forma de aplicação do fertilizante, o tipo adequado, as necessidades nutricionais da cultivar e do solo.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.