Como as tecnologias ajudam o produtor brasileiro

0
199

Nos últimos anos, o campo vem deixando de ser restrito à propriedade rural. O produtor atual executa muito mais processos além do plantio, colheita e armazenagem de grãos. Hoje, o cenário dá espaço também a escritórios, onde são gerenciados procedimentos administrativos, financeiros e contábeis da produção agrícola, dando origem a uma verdadeira empresa rural. O produtor João Paulo Michels, de Mineiros-GO, é um grande exemplo de como a tecnologia aliada à gestão contribui para o crescimento do negócio.

Sucessão: um passo importante para a estruturação da “empresa rural”

João Pedro expandiu suas operações, com a ampliação da produção de grãos para outras cidades do estado de Goiás e do Mato Grosso. No ano de 2017, seus filhos entraram no negócio. Enquanto, Pedro Michels, gerenciava processos agronômicos e de produção, Isadora Michels assumia o escritório. O desafio era grande, com a necessidade de criar e padronizar processos administrativos e contábeis para o negócio. Com a recomendação de produtores locais, Isadora enxergou em um software de gestão a ferramenta ideal para apoiá-la nesta transição e aderiu ao ERP Agrimanager.

Como organizar a gestão da fazenda? 

Como muitos produtores, Isadora começou a estruturar a gestão do negócio com planilhas e anotações. Mas isso não era o suficiente: a produtividade precisava de mais controle. Por isso, a adoção da solução tecnológica foi tão importante. Além da ferramenta, o uso do software trouxe boas práticas de gestão, através do conhecimento no agro e dos serviços de implantação e suporte oferecidos pela companhia que forneceu o ERP.

“Durante o projeto de implantação, foi necessário reunir o máximo de informação de todo o trabalho que meu pai desempenhou. A compra de insumos era organizada, mas com o ERP Agrimanager descobri, por exemplo, qual foi o melhor distribuidor com que fiz negócio” conta Isadora. Ela ressalta também que nunca imaginou que um software de gestão poderia ajudá-la no controle de máquinas e que agora fica fácil saber com qual ela gasta mais, ajudando-a a otimizar recursos.  

Outros benefícios foram o controle de contas a pagar e receber, desde básicas como água e luz, até financiamentos; e a segurança no atendimento às legislações e órgãos reguladores. “A maior surpresa do Agrimanager foi a facilidade na emissão e armazenagem de documentos fiscais, pois o software atende as legislações estaduais, facilitando o transporte, que é um processo rigoroso” diz a gerente. 

Planos para o futuro 

Com os processos chave de compras, produção agrícola, comercialização e contabilidade organizados, a gestão de custos e visibilidade dos resultados ficam mais fáceis. Com quase dois anos de uso do software, o objetivo do grupo é aumentar a área produtiva, mantendo a rentabilidade. “Quando procurei o Grupo Siagri para aderir ao software, queria apenas um lugar onde eu pudesse organizar o que estava em vários arquivos dentro do computador ou em papeis. O Agrimanager e a companhia me ajudaram a enxergar o negócio do meu pai como uma empresa.”