28.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosComo aumentar o consumo de banana no Brasil

Como aumentar o consumo de banana no Brasil

Como aumentar o consumo de banana no Vale do Ribeira que é o maior produtor do estado de SP, e a fruta, já é a mais consumida em todo território nacional.

Por José Amado Alves, pesquisador

O Brasil é o quarto maior produtor de bananas do planeta, perdendo apenas para Índia, China e Indonésia respectivamente. Entretanto, a fruta é a mais consumida no país, com uma média de 25 kg por pessoa ano. Nossa produção está em torno de sete milhões de tonelada por ano, sendo 1,5% exportada, 2,5% processada e 96% consumida in natura.

A ideia de aumentar o consumo de banana em nossa cidade me ocorreu após saber que SP é o estado de maior produção da fruta e o Vale do Ribeira é o maior produtor do estado, sendo que Cajati é a cidade com maior produção e Sete Barras vêm em segundo lugar.  O consumo de banana é distribuído no país da seguinte forma, crianças e adolescentes entre 18 kg a 22 kg ano e adultos de 29 kg a 32 kg ano, a média é 25 kg por pessoa ano.

 Crianças, adultos e adolescentes com certeza consumirão mais bananas se injetarmos produtos que elas gostam em seu interior e\ou revesti-la externamente com chocolate, doce de leite, sorvete, iogurte, geleias, ganache, nutela entre outros. A forma de se fazer isto é furar a fruta e recheá-la com estes produtos pastosos, sem remover a casca, combinando esta ação com receptáculos de transporte e embalagens que existem no mercado.

 Podemos também revestir externamente a banana madura gelada sem casca, de forma simples, espetando-a num palito e mergulhando-a em chocolate, iogurte ou cremes de outras frutas. Além disto, pode-se revesti-la externamente com a massa dos churros, ou com outra apropriada feita com farinha de trigo, empanada e frita em nossos lares, lanchonetes, restaurantes, ambulantes e confeiteiros fabricantes de doces e salgados em geral.

Veja neste quadro abaixo, o processo de furar e rechear a fruta, feito com materiais simples e barato que adaptei para esta tarefa, assim como o revestimento esterno para fritar ou assar. 

O sistema de fabricação de churros é ideal para este processo, pois já está consolidado, é feito em todo território nacional, de fácil aprendizado, está espalhado em todas as cidades.

Este carrinho de churros devidamente adaptado e envelopado com adesivos mostrado abaixo pode ter o churro convencional, a banana madura natural recheada, a fruta frita com a massa dos churros enrolada externamente nela e a banana gelada no palito ou choco Banana.

Veja no quadro abaixo mais algumas alternativas bastante comerciais.

Existem ainda outras formas de se processar bananas melhorando sua palatabilidade e isto poderá servir de alavanca para o aumento da demanda pela fruta no país. Entretanto, para consumar este objetivo é necessária uma grande força tarefa nacional de divulgação destes processos passo a passo, tornando–se necessário que isto seja feito pelas famílias em suas casas com as crianças, pois assim o consumo será fidelizado durante a vida inteira.

ARTIGOS RELACIONADOS

Análise de nematoides

Os nematoides são um grande problema para os produtores no Brasil e no mundo.

Cooxupé lidera ranking ESG entre cooperativas de todo o Brasil

A Cooxupé é líder nacional no quesito ESG do ranking de Melhores e Maiores 2021 da Exame.

Faça as contas: Custos de produção x rentabilidade

É difícil avaliar, com exata precisão, os custos e a rentabilidade da lavoura cafeeira, pois eles variam muito, conforme os sistemas de cultivo utilizados e as produtividades obtidas a cada ano e a cada lavoura.

Abacaxi: Pará se destaca na atividade

Ao longo dos anos, desde que o abacaxi se tornou comercial no Brasil, a produção alavancou, e atualmente o Pará se destaca como o principal Estado na quantidade de fruta produzida, seguido pela Paraíba e Minas Gerais ocupando a terceira posição, respectivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!