27.1 C
Uberlândia
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosComo o registro de fertilizante ganha agilidade?

Como o registro de fertilizante ganha agilidade?

Autor


Hideraldo Coelho
Coordenador do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas do MAPA
hideraldo.coelho@agricultura.gov.br

É obrigatório o registro de fertilizantes, inoculantes e corretivos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para sua produção, importação e comercialização, bem como das pessoas físicas ou jurídicas que os produzam, importem e comercializem.

Para obtenção do registro de produto junto ao Ministério da Agricultura, a empresa requerente deverá estar registrada na categoria atividade, estabelecida no art. 3º da IN MAPA nº 53/2013, pertinente ao produto para o qual pleiteia o registro. Deverá apresentar os elementos informativos e documentais para concessão do registro.

Como funciona?

O registro de produto tem início com a inserção dos dados pela empresa registrada no MAPA, no SIPEAGRO http://sistemasweb.agricultura.gov.br/pages/SIPEAGRO.html e será analisado pelo Serviço de Fiscalização de Insumos Agrícolas da Superintendência Federal de Agricultura (SFA) no Estado em que o estabelecimento produtor ou importador esteja sediado.

O interessado deverá inserir a classificação, a caracterização e a forma de obtenção do produto, e relacionar as matérias-primas utilizadas em sua formulação e as garantias que pretenda oferecer, respeitados os padrões estipulados pela legislação vigente.

Benefícios do registro

O registro de produto autoriza a empresa registrante a comercializá-lo em todo o País. Produtos não registrados são ilegais e as empresas que os comercializam sofrem punições como a apreensão dos produtos, destruição dos mesmos, além de penalidades como multas.

O registro é automático e instantâneo para fertilizantes minerais, fertilizantes orgânicos e calcários. Para os inoculantes e biofertilizantes os registros são analisados nas SFAs antes da concessão dos respectivos registros e o prazo é de no máximo 30 dias para concessão.

Existe um manual para registro de produtos no link http://www.agricultura.gov.br/assuntos/registro-de-produtos-e-estabelecimentos/fertilizantes-inoculantes-e-corretivos

ARTIGOS RELACIONADOS

Organominerais + ácidos húmicos potencializam o pegamento da laranja

Autores Roque de Carvalho Dias roquediasagro@gmail.com Leandro Bianchi leandro_bianchii@hotmail.com Samara Moreira Perissato samaraperissato@gmail.com Vitor Muller Anunciato  vitor.muller@gmail.com  Engenheiros agrônomos, mestres e doutorandos...

Clonagem gera mudas de eucalipto mais produtivas

Evandro Vagner Tambarussi Doutor e professor de Melhoramento Florestal do Departamento de Engenharia Florestal da Universidade Estadual do Centro-Oeste, Paraná tambarussi@gmail.com Fabiana Schmidt Bandeira Peres Doutora, professora adjunto...

O que ainda há para saber sobre a calagem

João Dantas Consultor agronômico da JPSDantas e mestrando na Esalq/USP joaopaulo.sadantas@hotmail.com   A definição de solo, segundo Bernardo Van Raij, pesquisador voluntário do IAC, é a parte superficial...

Manejo dos organominerais em maracujá

Elisamara Caldeira do Nascimento Talita de Santana Matos Doutoras em Agronomia - UFRRJ Rafael Campagnol Professor de Olericultura - UFMT Glaucio da Cruz Genuncio Professor de Fruticultura - UFMT glauciogenuncio@gmail.com Os fertilizantes...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!