Como reduzir seus custos com CTT em uma usina de cana-de açúcar?

0
139
Plantação de Cana-de-açúcar – Crédito Netafim

O CTT (corte, transbordo e transporte) é uma das operações que mais impactam no custo de produção de cana-de-açúcar, representando em média quase 15% desse valor. Para a realização dos cálculos desse custo, vários fatores são levados em consideração, como: produtividade, raio médio (distância da área colhida até a usina), entre outros.

Uma das alternativas encontradas para se reduzir o custo de CTT é aumentar a produtividade das áreas mais próximas à indústria. Pensando nesse conceito, a Usina Coruripe, localizada em Iturama/MG, realizou um estudo em uma de suas fazendas (Fazenda Giselda) a respeito da redução desse custo com o aumento da produtividade através da utilização da irrigação inteligente.

A tabela abaixo, representa os componentes do custo do CTT comparando uma área irrigada por gotejamento com média de produtividade de 150 ton/ha, e uma área de produtividade média em sequeiro de 85 ton/ha.

Tabela 01. Custo comparativo de CTT entre área irrigada e de sequeiro.

CTT IRRIGADO (R$/TON) SEQUEIRO (R$/TON)
Corte 6,8 12,0
Transbordo 7,2 9,4
Transporte 13,6 13,6
Apoio 4,7 7,2
Total 32,2 42,5

Ao observar os dados da tabela acima, podemos ver que com o aumento de produtividade provocado pelo gotejamento, há uma drástica redução no custo do corte. Esse fato ocorre por que uma única colhedora leva menos tempo para encher um transbordo, devido ao elevado número de ton/metro de cana de açúcar. 

Além disso, os gastos com óleo diesel por tonelada colhida por metro percorrido, horas de máquinas de trabalho por tonelada colhida, tempo do operador e eficiência de colheita também são muito menores.

Vale ressaltar que os custos com o transbordo (passagem da cana do campo para o caminhão) são menores, pois quanto maior produtividade menos é a quantidade de óleo diesel gasto por tonelada de cana por km percorrido. O mesmo pode-se dizer ao apoio, utilizando, com menos funcionários e utilização de maquinário.

Para entender esse parâmetro e sua importância para a unidade produtora, podemos exemplificar uma colheita para 100.000 ton de cana. Para colher essa quantidade de matéria-prima é necessária uma área de aproximadamente 1.176ha e devido a maior área, o custo é de R$ 4.250.000,00 (custo de R$ 42,5 por tonelada colhida).

Já para se colher essa mesma quantidade de matéria-prima, com um aumento de produtividade causado pelo gotejamento serão necessários apenas 667 ha. Sendo um custo de R$ 3.220.000,00 (custo de R$ 32,20 por tonelada colhida), ou seja, uma redução de mais de R$ 1 milhão ou 25%.

Tabela 02. Redução do custo de CTT com o uso do gotejamento

Custo de CTT – Sequeiro Custo de CTT – Irrigado
100.000 ton x R$ 42,50 100.000 ton x R$ 32,20
R$ 4.250.000,00 R$ 3.220.000,00
R$ 4.250.000,00 – 3.220.000,00 = R$ 1.030.000,00

É importante concluir que a utilização da tecnologia de irrigação por gotejamento da Netafim, líder mundial em soluções para irrigação, além de auxiliar no aumento de produtividade de uma usina, também proporciona a redução considerável dos custos com o CTT, aumentando assim a rentabilidade.