Consórcio de braquiária e milho na reestruturação do solo

0
207

Fabíola de Jesus Silva

Engenheira agrônoma, mestre em Produção Vegetal e doutora em Fitopatologia – Universidade Federal de Lavras (UFLA)

fa.agronomia@gmail.com

Vanessa Alves Gomes

Engenheira agrônoma, mestre em Fitopatologia e doutoranda em Proteção de Plantas – UNESP/Botucatu

vavvgomes@gmail.com

Carolina Alves Gomes

Graduanda em Agronomia – Universidade Federal de Viçosa (UFV/CRP)

carol.agomes11@gmail.com

Braquiária e milho – Crédito: Amarildo Francisquini

O consórcio de milho com braquiária tem como objetivo a produção de palha para cobertura do solo e a produção de forragem para alimentação de animais. A diferença entre um e outro objetivo consiste basicamente na população e distribuição de plantas: maiores populações são usadas para a formação de pasto e, menores, para a produção de palha. A semeadura da braquiária pode ser realizada antes, durante ou depois da semeadura do milho.

Em todos os casos, a adubação deve ser realizada apenas na linha do milho, reduzindo a competição entre as culturas. Quando antecipada e sem a supressão com herbicidas, a forrageira pode causar reduções significativas na produtividade do milho. Recomenda-se a implantação simultânea de milho e braquiária a fim de reduzir os custos com operações de semeadura. No entanto, a semeadura defasada da braquiária em relação à do milho, em até 14 dias, é uma alternativa para diminuir a competição da braquiária com o milho.

É importante salientar que, no caso de altas populações de plantas, para evitar perdas na produtividade do milho torna-se importante a aplicação de um herbicida para supressão inicial da forrageira. Vale ressaltar também que, no milho safrinha cultivado em sucessão com a soja, inevitavelmente deve-se fazer uma aplicação de herbicida para eliminação da soja remanescente; entretanto, esse herbicida pode também causar certa diminuição no crescimento da forrageira.

Opções

As modalidades de consórcio dizem respeito ao posicionamento das sementes da forrageira em relação às sementes do milho. A escolha e seleção podem ser variadas, dependendo do seu objetivo. Por exemplo, o consórcio com linhas de braquiária intercaladas às linhas do milho foi desenvolvido para espaçamento de 0,75 m a 0,9 m entre linhas de milho, exclusivamente tendo em vista a produção de palha para cobertura do solo.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.