23.3 C
São Paulo
quarta-feira, julho 6, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Construção do perfil do solo beneficia produtividade

Construção do perfil do solo beneficia produtividade

Alessandro Alvarenga Pereira da Silva

Engenheiro agrônomo e mestrando em Fitotecnia ” Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Anderson Jardim Milani

Mateus Barbosa Araújo

Graduandos Agronomia ” UFLA e membros do Grupo de Pesquisa em Manejo de Produção (G-MAP)

 

Créditos Shutterstock
Créditos Shutterstock

O Sistema de Plantio Direto (SPD) no início se apresentou como uma inovação na forma de produção. Este consiste em processos tecnológicos destinados à exploração de sistemas agrícolas produtivos, com revolvimento de solo apenas na linha de semeadura, manutenção permanente da palhada e rotação de culturas, ocupando 70% das áreas agricultáveis de todo o país.

Nos atuais sistemas de produção o aumento de número de cultivos por ano, aumento do tráfego de máquinas pesadas nas áreas com operações de colheita da primeira safra e plantio da segunda safra ocorrendo simultaneamente nas áreas de produção gera grande impacto na agricultura moderna. Além disso, o produtor já pensa no preparo de solo que o conserve de forma saudável até o plantio da safra de verão, podendo proporcionar o surgimento de uma camada compactada.

Compactação

Áreas sob SPD estabelecidas após 10 ou 15 anos de uso do sistema apresentam uma compactação superficial do solo que pode interferir no desenvolvimento das plantas e afetar a produtividade. Atualmente, são dois os equipamentos disponíveis para romper a camada compactada do solo, sendo o escarificador e o subsolador.

Entretanto, nem sempre a camada compactada está na profundidade de 30 cm que o escarificador trabalha, ocorrendo, dessa maneira, necessidade de utilização do subsolador para trabalhar em maiores profundidades, sendo utilizados subsoladores com hastes capazes de subsolar a profundidades de até 70 cm. Há grande gasto de energia nessa operação, além do fato da camada compactada ser observada ente 20 e 40 cm.

A camada compactada apresenta alteração no balanço de macro e micro poros, e consequentemente na disponibilidade de água e oxigênio, apresentando menor área de solo explorada pelas raízes e formação de gradiente vertical de fertilidade. Ao realizar a subsolagem, a mobilização do solo se dá na vertical, sem inversão do perfil do solo, com redução dos impactos ambientais nos solos tropicais.

Áreas sob SPD estabelecidas após 10 ou 15 anos de uso do sistema apresentam uma compactação superficial do solo - Créditos Shutterstock
Áreas sob SPD estabelecidas após 10 ou 15 anos de uso do sistema apresentam uma compactação superficial do solo – Créditos Shutterstock

O passo seguinte

Após a prática da subsolagem, na maioria das vezes o solo não fica apto para o plantio, pelo fato de formar torrões, sendo necessário um conjunto de atividades que, além deste implemento, precisa de uma grade niveladora ou rolos destorroadores, uma semeadora e todos os implementos que possam andar de forma simultânea na área.

A passagem desses implementos não deve demorar mais que três horas, caso contrário os torrões irão continuar na lavoura, prejudicando a plantação.

Àmedida que vai se realizando o destorroamento, aumenta a superfície específica, evitando a perda de água e o aquecimento dos torrões, fazendo com que este não fique endurecido.Quanto mais tempo demorar para destorroar, pior será a qualidade do destorroamento.

No pós-plantio, os torrões podem se tornar abrigo para lagartas de solo, como a lagarta-rosca, protegendo-a da pulverização com inseticidas.

A restrição física pode se apresentar como principal fator de impedimento ao crescimento radicular - Créditos Shutterstock
A restrição física pode se apresentar como principal fator de impedimento ao crescimento radicular – Créditos Shutterstock

Alternativas

Na agricultura convencional, estamos acostumados a olhar a evolução da planta apenas na parte aérea, e cada vez mais se tem buscado alternativas que explorem o desenvolvimento radicular das culturas.

A prática da calagem permitiu o desenvolvimento da agricultura nas áreas de solos ácidos do Cerrado brasileiro. O calcário promove a o aumento do pH e teores de Ca e Mg, além da redução dos níveis tóxicos de Al.

A aplicação de calcário é realizada antes da implantação do SPD, e sua incorporação é feita pela utilização do arado de aiveca ou grade aradora, que consegue incorporá-lo até uma profundidade de 40 cm, limitando a faixa corrigida a essa profundidade.

As raízes das plantas apresentam como funções a sustentação, aumento da área superficial para absorção de água e nutrientes e local de síntese de hormônios e reguladores de crescimento. Os solos devem fornecer suporte para sustentar plantas por meses ou anos e fornecer quantidades adequadas de nutrientes, água e ar por meio dos poros.

Obstáculos

A restrição física pode se apresentar como principal fator de impedimento ao crescimento radicular, pois reduz a macro porosidade do solo, apresentando como indicador para a restrição do crescimento radicular. A acidez do solo é uma forma das restrições ao crescimento de raízes em solos ácidos, sendo prejudicada pela presença de Al tóxico às plantas.

Atualmente, com o intuito de realizar o corte da palhada, romper a camada compactada, proporcionar a correção do solo no perfil e realizar o destorroamento, algumas empresas de implementos agrícolas vêm lançando subsoladores robustos, com caixa para depósito de calcário. Além de possibilitar a descompactação do solo em áreas compactadas, permite a aplicação localizada de corretivos em profundidade.

A primeira função do implemento é cortar a palhada que se encontra na lavoura. Essa operação impede que haja o acúmulo de palha no implemento, ao passar a haste do subsolador.

Posteriormente,no disco de corte encontra-se a haste que realiza a descompactação do solo até a profundidade de 70 cm. Em sistemas intensificados um dos principais desafios é a manutenção adequada da estrutura e aeração do solo. Uma das formas de suprir a demanda oxigênio pelas raízes e aumentar a capacidade de infiltração e armazenamento de água no solo é pela subsolagem.

Essa matéria completa você encontra na edição de maio de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Inicio Revistas Grãos Construção do perfil do solo beneficia produtividade