21.2 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesCopercampos vai aumentar área de produção de sementes de trigo

Copercampos vai aumentar área de produção de sementes de trigo

Divulgação

Assim como na safra anterior, a área destinada a produção de sementes de trigo da Copercampos terá acréscimo. A valorização da cultura e as oportunidades no mercado sementeiro agradam os associados da cooperativa, que tem fomentado a cultura em sua região de atuação. 

Na safra 2022, a produção de sementes de trigo da cooperativa será de 9,2 mil hectares, contra 7,1 mil hectares na safra 2021. O aumento de área está associado ao interesse de produtores de outros municípios em investir na cultura.  

“Estamos ampliando a área de produção de sementes de trigo nos municípios de Caçador, Curitibanos e Fraiburgo, em Santa Catarina, e também nos municípios do Rio Grande do Sul. Este aumento de 30% na inscrição de campos sementeiros segue a tendência de aumento da área de produção de trigo em nossa região. O cereal está valorizado, mercado aquecido e os produtores estão visualizando boas oportunidades com a cultura”, ressalta o Gerente de Assistência Técnica, Eng. Agrônomo Fabrício Jardim Hennigen. 

Na safra passada, a Copercampos produziu 284 mil sacos de sementes de trigo, recorde histórico da cooperativa. Para esta safra, a expectativa é de produzir 350 mil sacos de sementes do cereal.

Além de trigo, a Copercampos estará produzindo sementes de aveia branca, aveia preta, triticale, trigo mourisco e centeio nesta safra de inverno.  

Ouça mais sobre o assunto:

ARTIGOS RELACIONADOS

Inoculação beneficia cultura atual e subsequente

Solon Cordeiro de Araujo Engenheiro agrônomo, consultor da Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII) solon@scaconsultoria.com.br   Desde longa data, mais precisamente desde os tempos da...

Algas no tratamento de sementes

As algas marinhas são fontes de várias vitaminas como A, B1, B3, B6, B12, C, D, E e outras substâncias, como glicoproteínas, como o alginato e aminoácidos que podem funcionar como bioestimulantes vegetais.

Adubação verde – A natureza a serviço da natureza

Elaine Bahia Wutke ebwutke@iac.sp.gov.br José Antônio de Fátima Esteves jafesteves@iac.sp.gov.br Engenheiros agrônomos, pesquisadores científicos do Instituto Agronômico (IAC), Centro de Grãos e Fibras " Leguminosas Edmilson José Ambrosano ambrosano@apta.sp.gov.br Engenheiro...

Nutrição da soja movimentou US$ 12 bilhões na safra 2021-22

Vendas estão 57% acima do ciclo 2019-20, quando a primeira pesquisa do gênero foi realizada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!