Corteva Agriscience fortalece atuação no setor cafeeiro

0
916

Composto por dois novos ingredientes ativos, o inseticida Revolux atua com modos de ação exclusivos para uma proteção prolongada do cafezal

Café – Crédito: shutterstock

A Corteva Agriscience reforça a sua atuação no segmento de café, que tem o Brasil como maior produtor e exportador mundial, e lança ao mercado o inseticida Revolux. A cultura é fundamental para o País e, também, estratégica para a companhia, que conta com um time qualificado, um portfólio que contempla inseticidas, fungicidas e herbicidas, além de constantes investimentos em pesquisa e desenvolvimento para trazer novidades ao agricultor.

Composto por dois novos ingredientes ativos, Espinetoram e Metoxifenozida, o lançamento Revolux atua com modos de ação exclusivos para auxiliar os cafeicultores no combate à principal praga que afeta as lavouras de café, o bicho-mineiro (Leucoptera coffeella). O inseto pode causar prejuízos de mais de 50% na produtividade, com altas perdas de áreas foliares que comprometem a safra. A nova tecnologia atua em todo o ciclo de vida da praga, possui atividade translaminar e oferece longo período de controle, amplo espectro e excelente perfil toxicológico.

“A Corteva acredita que pode contribuir com o desenvolvimento do setor cafeeiro por meio do lançamento de novas tecnologias que atendam às necessidades do agricultor e aumentem a produtividade e rentabilidade dos cafezais. Estamos investindo para apresentar ao mercado um portfólio cada vez mais completo”, afirma Alison Rampazzo, Líder de Portfólio da Linha Café da Corteva.

O novo inseticida também é indicado para adoção dentro do Manejo Integrado de Pragas (MIP), de forma a garantir uma produção mais sustentável e a longevidade da tecnologia. Os dois ingredientes ativos ganharam o prêmio de química verde, chancelado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), por suas ações específicas sobre os insetos-alvo e seletividade aos organismos benéficos.

O Brasil detém o posto de maior produtor de café há mais de 150 anos, sendo responsável por um terço da produção mundial. A adoção de melhor manejo e alta tecnologia no campo garante uma melhora significativa na produtividade e qualidade do café brasileiro. Revolux vem ao encontro deste cenário, uma inovação para auxiliar o cafeicultor a seguir evoluindo na tradição de produzir café.

Boas Práticas Agrícolas

Todas as tecnologias da Corteva contam com orientações sobre sua correta utilização, além de passarem por rigorosos testes antes de serem aprovados pelos órgãos regulatórios. A companhia também possui um programa robusto de Boas Práticas Agrícolas que percorre diversos estados do Brasil promovendo treinamentos técnicos para produtores, agrônomos e consultores sobre manejo de plantas daninhas, manejo integrado de pragas, manejo de doenças, tecnologia da aplicação e segurança do trabalhador.


Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma empresa de capital aberto que oferece aos agricultores de todo o mundo o mais completo portfólio de insumos do setor, como sementes, proteção de cultivos e soluções digitais para maximizar a produtividade e a rentabilidade dos produtores. A empresa é detentora de algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura (Pioneer®, Granular®, Brevant™ Sementes e premiados produtos de Proteção de Cultivos), trabalhando ativamente no desenvolvimento e lançamento de produtos por meio de seu robusto pipeline de química ativa e tecnologias. A empresa está empenhada em trabalhar com toda a cadeia para cumprir o seu propósito de enriquecer a vida daqueles que produzem e consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. A Corteva Agriscience tornou-se uma empresa independente em 1º de junho de 2019. Antes dessa data, era Divisão Agrícola da holding DowDuPont. Mais informações disponíveis em www.corteva.com

Acompanhe a Corteva Agriscience em FacebookInstagramLinkedInTwitter e YouTube.