17.7 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 12, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosCresce o uso de fungicidas protetores no controle da ferrugem

Cresce o uso de fungicidas protetores no controle da ferrugem

Cristiano Limberger

Engenheiro agrônomo e diretor da Spark

 

Crédito Jacto
Crédito Jacto

As perdas causadas por ferrugem à produção da soja em condições mais severas podem chegar a níveis acima de 70%. Entre os danos estão a desfolha generalizada que vai resultar na má formação dos grãos/vagens e consequente perda de produtividade.

Condições para ocorrência da ferrugem

A presença generalizada do fungo nas principais regiões produtoras do País é uma das condições mais favoráveis para a ocorrência da ferrugem, assim como o cultivo de soja no inverno, ou seja, presença do inóculo ao longo de todo o ano, entrando um novo ciclo já com o patógeno presente. Umidade relativa do ar elevada, temperaturas amenas e longos períodos chuvosos também favorecem a doença.

Prevenção

O plantio de sementes certificadas, rotação com milho no plantio de verão, cultivo de variedades com ciclo mais curto, não cultivar soja durante o vazio sanitário, plantio de variedades menos suscetíveis ao patógeno, antecipação da primeira aplicação no período vegetativo e utilização de fungicidas protetores/multissítio são eficientes medidas preventivas.

Os fungicidas protetores

Os fungicidas protetores ou multissítios atuam de maneira diferenciada, impedindo a entrada do patógeno nas plantas (barreira química) e controlando o fungo em mais de um local (diferentes processos metabólicos do fungo).

Além do controle da ferrugem asiática, os protetores potencializam o funcionamento dos fungicidas parceiros (sistêmicos) e auxiliam no controle de outras doenças (antracnose, DFC´s e mancha-alvo).O uso desses produtos tem crescido devido ao seu modo de ação diferenciado, alta eficácia no controle da doença e custo-benefício favorável.

Recomendações

Os fungicidas protetores devem ser utilizados em todas as aplicações, sempre em conjunto com um produto sistêmico específico para ferrugem asiática.

O custo de uma aplicação do fungicida protetor/multissítio fica em torno de R$ 30,00 a R$ 50,00.Assim, o custo de três aplicações com protetores vai representar aproximadamente o valor equivalente a 1,5a duassacas de soja por hectare. Considerando uma produtividade média de 60 sacas por hectare e a garantia que o tratamento oferece, o custo fica totalmente justificado e com retorno garantido.

Na óptica da representatividade em relação ao total com defensivos agrícolas, os protetores utilizados nas três aplicações representam 15% do desembolso total.Rapidamente avaliando o risco de perdas versus o custo, constata-se a atratividade do investimento.

Essa matéria você encontra na edição de dezembro 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Aprosoja alerta para o vazio sanitário

A Associação dos Produtores de Soja, Milho e Sorgo do Estado de Minas Gerais (Aprosoja-MG) alerta para a chegada do vazio sanitário da soja em Minas,...

Soluções para ferrugem, percevejo e gramíneas resistentes serão destaques IHARA na ShowTec 

  APPROVE, FUSÃO, BOLD e TARGA-MAX, recém-lançados pela empresa, serão apresentados aos produtores durante evento que acontece em Maracaju (MS), a partir desta quarta-feira (17)   Inovação...

Ferrugem asiática

Um dos poucos fungicidas do mercado brasileiro a reunir na mesma formulação ...

Drone – O futuro da silvicultura já chegou

  Objeto voador consegue mapear grandes áreas agrícolas rapidamente. Equipado com computador e GPS consegue fazer sobrevoos precisos. Um espião particular para vistoriar, vigiar e tomar...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!