Inicio Eventos CropLife Brasil promove workshop sobre mercado ilegal de defensivos

CropLife Brasil promove workshop sobre mercado ilegal de defensivos

0
27
Crédito Shutterstock

A CropLife Brasil promoverá hoje, dia 17 de maio de 2022, em Belo Horizonte (MG), o workshop Mercado de Agrotóxicos Ilegais. O evento tem como principal objetivo sensibilizar o poder público local para o mercado ilegal de defensivos agrícolas, que cresce cada vez mais e é extremamente prejudicial para o País, tanto do ponto de vista econômico e reputacional quanto para a saúde pública e meio ambiente. O workshop tem como público-alvo policiais, agentes de segurança pública e privada e autoridades locais.

Para Nilto Mendes, Gerente do Comitê de Combate a Produtos Ilegais da CropLife Brasil e um dos organizadores do evento,  a iniciativa acontece em um momento crucial, em que há um avanço de ilícitos desta natureza no Estado. “Embora não esteja em uma região fronteiriça, onde é mais comum episódios de contrabando de insumos, Minas Gerais vêm apresentando casos recorrentes desse tipo de atividade, números corroborados pelos totais de apreensões realizadas nos últimos anos”, explica. 

Segundo o estudo “O mercado ilegal de defensivos agrícolas no Brasil”, realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras realizado pelo IDESF, Minas Gerais figurou em segundo lugar no ranking de apreensões de agroquímicos no Brasil, ficando atrás apenas do Mato Grosso do Sul e superando São Paulo. Os dados foram mensurados no período de janeiro de 2018 a fevereiro de 2021.

“Atualmente, segundo levantamento da CropLife Brasil, com amostra de suas associadas, o Estado também é o segundo lugar em número de ilícitos de roubo de cargas de agrotóxicos,” complementa Mendes.

Ainda de acordo com o estudo do IDESF, o contrabando de defensivos agrícolas causa um prejuízo de aproximadamente R$ 20 bilhões de reais por ano. 25% de todo o mercado de agroquímicos é composto por produtos que são fruto de contrabando, desvio de finalidade de uso, falsificação, importação fraudulenta, roubo ou furto.

A publicação revela também que o combate às práticas ilegais demanda urgente atenção do poder público brasileiro em relação às ações, tais como atualização da legislação do setor, garantindo mais eficiência à Justiça; maior punição a contrabandistas e a todos os demais elos da cadeia ilegal dos agroquímicos, e estabelecimento de procedimentos mais eficientes de fiscalização e de controle na aplicação dos agroquímicos.

Christian Lohbauer, presidente executivo da CropLife Brasil, reforça que banir a ilegalidade do setor é essencial para manter o agronegócio brasileiro sustentável. “Os mercados ilegais de defensivos agrícolas devem ser combatidos com rigor, pois geram um enorme prejuízo financeiro aos cofres públicos e, sobretudo, colocam em risco a saúde de produtores rurais”, finaliza.

Serviço:

  • Data: 17 de maio de 2022
  • Horário: 8h30 às 16h00
  • Local: Auditório da Academia de Bombeiros Militares de Minas Gerais

Sobre a CropLife Brasil:

A CropLife Brasil (CLB) é uma associação que reúne especialistas, instituições e empresas que atuam na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias em quatro áreas essenciais para a produção agrícola sustentável: germoplasma (mudas e sementes), biotecnologia, defensivos químicos e produtos biológicos. Criada em 2019, a organização é resultado da união de entidades que antes representavam cada um destes setores individualmente. Agora, a CLB agrega em uma única plataforma a experiência e o histórico de associações que por décadas lideraram as discussões sobre inovação na agricultura.

SEM COMENTÁRIO