13 C
São Paulo
segunda-feira, junho 27, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Eventos Culttivo apresenta como as fintechs podem mudar a vida do produtor

Culttivo apresenta como as fintechs podem mudar a vida do produtor

Conhecida por reunir agricultores, especialistas e investidores do ramo do café, a Feira dos Fornecedores da Cadeia do Café (Forcafé) é uma iniciativa das cooperativas agrícolas do Vale do Sapucaí, do Vale do Rio Verde e de Santa Rita do Sapucaí para discutir ideias e propor mudanças na roda da cafeicultura. Na edição deste ano, o evento acontece no Expo Lambari, em Lambari, sul de Minas, entre os dias 26 e 28 de abril e promete receber mais de 3.500 visitantes além de 120 marcas de fornecedores, analistas e empresas do ramo. Entre elas está a Culttivo, agfintech de soluções digitais.  

Nesta quarta, dia 27, às 16h, Gustavo Foz e Gabriel Santos, sócios da Culttivo, explicam na palestra Tecnologia no Agro — como as fintechs podem mudar a vida do produtor a importância das plataformas de crédito e do uso de fintechs para o aumento da produtividade em cafeiculturas e as novas portas que estão sendo abertas por meio do uso da tecnologia.

Durante a feira, a Culttivo tem o objetivo de disponibilizar linhas de crédito exclusivas para cafeicultores na região. Com meta de fornecer até R$ 500 milhões de reais a produtores até o fim de 2023, a empresa fornece uma gama de soluções digitais que permitem que o agricultor possa financiar 100% de sua produção de café em prazos menores aos oferecidos pelos bancos tradicionais.

O cafeicultor tem a opção de seguir dois caminhos para conseguir a liberação de crédito: por meio do estoque de sua safra em um dos 14 armazéns parceiros da Culttivo ou pela análise da sua capacidade de crédito via uma visita de um técnico na fazenda.

Formada por quatro sócios, com mais de 20 anos de experiência no agro, a missão da Culttivo é proporcionar soluções financeiras por meio de recursos tecnológicos e sanar um dos principais gargalos do setor, o acesso ao crédito. “Trabalhei por mais de uma década ‘do outro lado do balcão’, fornecendo recursos em instituições financeiras e sei bem a dor que o produtor de café vive. Dar liberdade para que o cafeicultor possa escolher o momento certo, na hora exata, para decidir sobre o futuro da sua safra é um dos pilares da Culttivo. Queremos que ele possa se concentrar no core do seu negócio: a produção de café. Acreditamos tanto no produtor que, em 2022, iremos disponibilizar cerca e R$ 100 milhões de crédito e, até o fim de 2023, a meta é liberar R$ 500 milhões”, conta Gustavo Foz, CEO da agfintech.

A Forcafé deste ano, que vai até quinta-feira (28), conta com mais de 15 horas de conteúdo exclusivo para o setor do café dividido em palestras, debates e exposições em stands. 

Sobre a Culttivo

A agfintech chegou ao mercado em maio de 2020 com o objetivo de oferecer acesso simplificado ao crédito para produtores de café de São Paulo e Minas Gerais. Por meio da plataforma, o interessado consegue simular e contratar o financiamento 100% de forma online, com o crédito disponível para uso em até 72 horas após formalização dos contratos e das garantias. A iniciativa é de sócios que trabalham há cerca de 20 anos no mercado de café.

Inicio Eventos Culttivo apresenta como as fintechs podem mudar a vida do produtor