Definida a programação oficial do MS Florestal

0
39

 

Deficiência de fósforo limita produção florestal - Crédito Ademir Torchetti

Com o objetivo de mostrar a realidade do setor de florestas plantadas em Mato Grosso do Sul e assim atrair mais empresas para o Estado, a Reflore-MS, em parceria com o governo estadual e a Federação das Indústrias ” FIEMS, definiu que o MS Florestal vai promover este ano um debate diferente dos anos anteriores.

  Apesar da crise que se instala em todo o país o evento vem se mostrando muito atrativo para empresas parceiras e principalmente para novos empresários que “têm em Mato Grosso do Sul todas as condições favoráveis para trazerem suas empresas pra cá. Nós temos hoje um grande maciço florestal, mais de 800.000 hectares de florestas plantadas de eucalipto, que garantem a eles o fornecimento de matéria prima. Somando-se a isso, o governador Reinaldo Azambuja vai apresentar na abertura do evento dia 13 um novo plano de incentivo às empresas interessadas em se instalar no Estado e novas medidas que venham a dar mais competitividade ao setor. Realmente vai ser um momento único na história de Mato Grosso do Sul“, afirma o presidente da Reflore, Moacir Reis.

  E para corroborar toda esta iniciativa e perspectiva de crescimento o diretor executivo da Reflore, Dito Mário Lázaro, em parceria com os seus associados, pensou numa programação que vai trazer palestras de peso a nível nacional que possam fazer com que “compreendamos esta realidade do estado e do Brasil e consequentemente dar mais segurança aos empresários e permitir que as empresas parceiras possam visualizar este futuro que se mostra promissor“, afirma Dito Mário.

  E a programação ficou assim definida. Na abertura dia 13 o governador apresenta o novo projeto de incentivo ao setor e um balanço dos seus primeiros 100 dias de governo. Na sequência será lançada a Campanha de Combate a Incêndios com a presença do presidente do Ibama, Volney Zanardi.

  No dia seguinte, 14 de abril, começam as palestras. A abertura pela manhã será feita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que vai falar sobre o Status do Setor de Florestas Plantadas no Mapa e nos Estados. Na sequência um painel vai debater uma questão muito crucial que afeta a todos, A Necessidade de Investimentos de Curto, Médio e Longo Prazos na área dos transportes, com representantes do Ministério dos Transportes e das empresas de celulose Fibria e Eldorado Brasil.

  Na tarde do mesmo dia o assunto vai ser a Estruturação dos Municípios de Base Florestal, um painel com a presença de prefeitos municipais e representantes do Ministério das Cidades e da Integração Nacional e será moderada por Luiz Calvo Ramires Júnior, presidente da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do MAPA. E termina com um painel sobre crédito com o tema Como Alavancar o Setor Florestal e a Industrialização em MS.

  Na manhã do dia 15 um painel abre os trabalhos com o tema A Indústria de Base Florestal Atual e termina com a palestra da presidente da IBÁ ” Indústria Brasileira de Árvores, Elizabeth Carvalhaes, que vai discorrer sobre o Panorama das Cadeias Produtivas de Base Florestal.

  Aproveite para fazer sua inscrição antecipada com desconto. Para mais informações acesse o site do evento: www.msflorestal.com.br