23.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosDessecação pré-colheita: Eficaz, sem diminuir o rendimento da lavoura

Dessecação pré-colheita: Eficaz, sem diminuir o rendimento da lavoura

Dessecação é uma prática importante para os sojicultores e pode ser crucial nessa cultura. Entenda o momento correto de dessecar, quais herbicidas indicados e como aumentar a eficácia com o Doutor em Proteção de Plantas, Vitor Muller.

Crédito: Shutterstock

Vitor Muller Anunciato
Doutor em Proteção de Plantas e técnico de desenvolvimento de mercado em Tecnologia de Aplicação na BRANDT do Brasil

A dessecação pré-colheita da soja é uma prática importante para os sojicultores, pois promove a uniformidade de maturação e umidade da cultura da soja antes da colheita. Isso permite uma colheita mais fácil e eficiente, pois a secagem da soja e o controle de plantas daninhas aumenta o rendimento operacional do maquinário, evitando o “embuchamento” promovido por hastes e folhas verdes.

Ao dessecar as lavouras de soja, os agricultores também podem obter sementes de maior qualidade, pois os grãos terão um menor teor de umidade, evitando danos mecânicos e facilitando processos de secagem, armazenagem e transporte.

Isso pode resultar em maiores taxas de germinação de sementes e melhor viabilidade das sementes. O uso da dessecação pré-colheita também permite que os agricultores programem sua colheita no momento mais conveniente para eles, sendo que a dessecação pode antecipar a colheita em até cinco dias em média, facilitando a logística e a operacionalidade da colheita da soja e semeadura do milho segunda safra em algumas regiões do Brasil.

Quando dessecar?

O estágio ideal para a dessecação pré-colheita da soja varia, dependendo da cultivar específica e das condições de crescimento. Em geral, a dessecação deve ser realizada quando a soja atingir o estágio de maturidade fisiológica, ou seja, quando as folhas começarem a amarelar e as vagens atingirem o tamanho máximo.

Isso ocorre normalmente quando cerca de 80 – 90% das folhas estão amareladas e a umidade das sementes está em torno de 30 – 35%. Nesta etapa, a soja terá atingido seu potencial máximo de rendimento e o processo de secagem pode começar.

Uma boa referência para esse ponto é quando as sementes de soja estão desprendidas das vagens, o que geralmente ocorre entre R7.2, momento mais adequado para dessecação de grãos e R7.3, ponto ideal de dessecação para soja semente.

Realizar a dessecação antes desse estágio de desenvolvimento pode gerar perdas de até 25% de produtividade, pois os grãos podem não estar completamente desenvolvidos.

Herbicidas indicados

Um dos herbicidas mais utilizados para a dessecação pré-colheita da soja nos dias de hoje é o Diquat, um herbicida de contato de ação rápida, inibidor do fotossistema I, o que significa que funciona matando o tecido vegetal com o qual entra em contato.

O Diquat é considerado um herbicida de ação rápida, o que o torna útil para a dessecação pré-colheita, pois pode secar rapidamente as plantas de soja. Por ser um herbicida inibidor do fotossistema I, Diquat é altamente dependente da luz para o seu funcionamento, o que significa que ele interfere na capacidade da planta de produzir energia por meio da fotossíntese.

Como aumentar a eficácia

Aplicar o herbicida no final da tarde e à noite, quando a “fase luminosa” da fotossíntese é menor, pode aumentar sua eficácia, assim como reduzir perdas por deriva e volatilização. Ao utilizar essa técnica de aplicação noturna de Diquat, deve-se atentar para as condições climáticas do dia posterior, pois se o dia amanhecer nublado, a eficiência do Diquat pode ser comprometida, portanto, sempre deve-se seguir as orientações de um profissional habilitado e as recomendações dos fabricantes.

Outra forma de se aumentar a eficácia do Diquat é com a utilização dos óleos minerais. O Brandt TriTek é um óleo mineral de formulação exclusiva da Brandt, com tecnologia americana de emulsão inversa.

O TriTek ajuda a aumentar a penetração, distribuição e cobertura dos herbicidas nas plantas de soja, resultando em uma dessecação mais consistente e uniforme. A tecnologia de emulsão inversa do TriTek facilita a emulsão do óleo em água e a formação da calda de pulverização, garantindo maior estabilidade de calda, promovendo assim uma melhor uniformidade de distribuição dos ativos na área durante a dessecação.

TriTek é compatível com a maioria dos herbicidas e auxilia na atividade do herbicida, aumentando a quantidade de princípio ativo que é absorvido pela planta. Também ajuda a promover uma maturação e secagem uniformes das lavouras de soja antes da colheita, o que permite uma colheita mais fácil e eficiente.

ARTIGOS RELACIONADOS

Dessecação pré-plantio pode elevar a produtividade

Técnica deve ser empregada levando-se em conta fatores essenciais para se alcançar os bons resultados, dizem especialistas

Clima aumenta estresse nas plantas

Fenômeno El Niño desencadeou chuvas intensas e altas temperaturas, afetando o desenvolvimento das mais diversas culturas agrícolas no país.

Colheita do milho

A colheita do milho avança no Rio Grande do Sul e atinge 77% da área cultivada no estado ...

Técnicas para o cultivo de folhosas

  Andréia Cristina Silva Hirata Pesquisadora científica VI " Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios andreiacs@apta.sp.gov.br Edson Kiyoharu Hirata Engenheiro agrônomo e mestre em Produção Vegetal   A produção de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!