25.9 C
Uberlândia
terça-feira, julho 16, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosFlorestasDestilaria Três Barras aposta no setor

Destilaria Três Barras aposta no setor

Fuad Samir Cury, diretor comercial na Destilaria Três Barras, e sua esposa AnameliaRochiti Cury
Fuad Samir Cury, diretor comercial na Destilaria Três Barras, e sua esposa AnameliaRochiti Cury

Empresa familiar localizada em Torrinha e Santa Maria da Serra, no interior de São Paulo, a Destilaria Três Barras está há mais de 50 anos no mercado, produzindo e comercializando óleos essenciais, por meio de um sistema de gestão de negócios desenvolvido com seriedade e comprometimento, mantendo-se consolidada e com grande credibilidade no mercado mundial.

Desde 1963 vem se destacando no cenário internacional como a maior exportadora do óleo essencial de EucalyptusCitriodora, fornecendo esse produto para mais de 15 países distribuídos pelos continentes americano, europeu, asiático e oceania.

Fuad Samir Cury, diretor comercial na Destilaria Três Barras, conta que em meados de 1998 a empresa passou a comercializar novas espécies de eucaliptos, o glóbulos e a staigeriana, além de outros óleos essenciais, como a citronela, o capim-limão, vetiver, patchouly.

Visando ampliar o índice de satisfação dos seus clientes, em julho de 2005 a Três Barras tornou-se a primeira e única empresa do seu segmento no Brasil e no mundo a conquistar a certificação de seu sistema de gestão da qualidade para produção e comercialização de óleos essenciais.

“Diante desse cenário, abrimos um novo segmento de atuação: aromatizantes de ambientes, produtos de limpeza, amaciante de roupas e desinfetante hortifrutícola, criando uma nova empresa, a Aroma Óleos Essenciais Ltda., que disponibiliza seus produtos para supermercados e petshops de todo o Brasil“, relata o diretor da empresa.

Ao longo de todos esses anos dedicando-se ao ramo de óleos essenciais, a Três Barras sempre se preocupou em desenvolver e aperfeiçoar seus produtos para ser reconhecida como uma empresa preferida em qualidade, promovendo a melhoria contínua em todos os aspectos do seu negócio.

Fuad Cury, patriarca da família que iniciou a Destilaria Três Barras - Crédito Stephen Pisano-Destilaria Três Barras
Fuad Cury, patriarca da família que iniciou a Destilaria Três Barras – Crédito Stephen Pisano-Destilaria Três Barras

Produção atual

Aprodutividade média nacional de eucalipto para óleos essenciais é de cerca de 0,9%, ou seja, são necessários 1.100 kg de folha para produzir 01 kg de óleo. No caso da Destilaria Três Barras, o Eucalyptuscitriodora é utilizado na produção multiuso, ou seja, folhas, lenha para energia e carvão, madeira para tratamento e pecuária.

“Após vários anos em baixa, devido principalmente às crises financeiras no Estados Unidos, Europa e depois no Brasil, atualmente vislumbrar ver uma melhora no mercado consumidor, também atrelada à otimização no cenário econômico mundial e brasileiro. Entretanto, como todo produto natural, o mercado é muito instável, apresentando curvas muito acentuadas com relação à produção, consumo e preço“, avalia.

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Pesquisas

A Destilaria Três Barras tem realizado várias pesquisas com melhoramento genético para conseguir árvores com maior produção e com qualidade de óleo superior à média do mercado. “Trabalhamos com seriedade para ter um dos melhores e mais consagrados óleos de Eucalyptuscitriodora do Brasil“, diz Fuad Samir.

Quanto ao manejo o diretor da empresa explica que é silvopastoril, integrando a prática florestal com a pecuária. “O resultado, além de lucratividade com as duas atividades, é que zeramos a emissão de carbono da pecuária. Nosso grande diferencial é que trabalhamos alicerçados no tripé da sustentabilidade, ou seja, nossa empresa é ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável“, afirma.

Custo produtivo

Atualmente, o valor médio de mercado do óleo essencial de Eucalyptuscitriodora está em US$ 15,00/kg e a lucratividade bruta está em 12%. “Grande parte do nosso óleo é vendida de forma fracionada em frascos de 140 ml em supermercados, outra parte segue para empresas químicas brasileiras e internacionais. O Brasil é o grande exportador desse óleo, enviando para USA, Espanha, Alemanha, França, UK, Austrália, Japão e outros países do mundo“, conclui Fuad Samir.

Essa é parte da matéria de capa da revista Campo & Negócios Floresta, edição de novembro/dezembro 2017. Adquira a sua para leitura completa.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Efeitos dos desbastes florestais no diâmetro, altura das árvores e na rentabilidade

  Fausto Takizawa Consultor da Floresteca fausto.takizawa@floresteca.com.br   O desbaste deve ser uma prática silvicultural obrigatória quando o objetivo de uma plantação de árvores passa pela produção de madeira...

Solução prática para proteção de mudas florestais de alto valor

Ricardo Vilela Diretor da Bela Vista Florestal ricardo@belavistaflorestal.com.br As mudanças climáticas estão no centro das discussões ambientais, agrícolas e florestais há algum tempo. O agravamento do fenômeno...

Peculiaridades que só a madeira nobre tem

A madeira nobre pode ser entendida por suas características peculiares estéticas (com aspectos interessantes de cor ou desenho), pela pouca abundância, porque normalmente o...

Manejo integrado de formigas cortadeiras em florestas

  Robson AntonioBotta Acadêmico do nono semestre do curso de Agronomia e integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Manejo Integrado de Pragas (NEMIP) Fernando Felisberto...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!