16.4 C
Uberlândia
quinta-feira, julho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesDexco expande colaboração com ecossistema de inovação em agro e mira a...

Dexco expande colaboração com ecossistema de inovação em agro e mira a digitalização 4.0 de suas florestas

A Dexco, dona das marcas Deca, Portinari, Hydra, Duratex, Ceusa, Durafloor e Castelatto, inicia o ano expandindo sua colaboração com o ecossistema de inovação brasileiro, pelo hub AgTech Garage, e liderando disrupções que geram valor ao agronegócio.

De acordo com Jonas Salvador, gerente de desenvolvimento florestal da Dexco, desde 2021, a empresa vemrealizando buscas ativas de parceiros dentro do hub para trabalhar com inovação aberta de forma mais profunda na área florestal – base para sua grande indústria de painéis de madeira, responsável por cerca de 60% do faturamento da companhia. No médio prazo, as iniciativas devem levar a Dexco ao desenvolvimento de novos produtos a partir de madeira, à transformação digital para a floresta 4.0 e à mecanização e automação de operações.

“No último ano, desenvolvemos seis projetos piloto com startups por meio do hub, e em 2023, o objetivo é acelerar o período de buscas por soluções (e por startups) e poder dedicar mais tempo para a efetividade dos projetos”, conta Salvador.

Inovações que vêm da floresta

Segundo Lucas Machado Rodrigues, gerente de competitividade e inovação em madeira da Dexco, uma co-criação promissora com uma startup do hub foi o início do desenvolvimento de engenharia para controle mecanizado de brotação de eucalipto, que visa melhorar a qualidade, custo e segurança desta operação e vai ao encontro da jornada de transformação tecnológica do Agro nacional.

Outra iniciativa, que está em desenvolvimento junto a mais uma startup parceira do AgTech Garage, é a caracterização em tempo real da madeira para o processo industrial, ao capturar dados como umidade, densidade, entre outros. “Queremos ter um domínio maior e, por que não, total, da qualidade de nossa principal matéria-prima que vai para a fábrica”, conta Salvador.

A busca por novidades é intensa. Nos últimos seis meses, a Dexco também realizou provas de conceito junto a duas startups para validar formas alternativas de medições meteorológicas a partir de equipamentos de alta tecnologia e conectividade que minimizam a dependência humana. O objetivo é garantir uma captura e registro mais eficiente de dados climáticos como pluviosidade, umidade do ar e intensidade solar para aprimorar seus modelos de crescimento de florestas.

Por fim, uma quarta iniciativa está ajudando a empresa a integrar e fazer o tratamento inteligente de todos esses dados. “Queremos usar os dados a nosso favor. Buscamos otimizar a aplicação de fertilizantes em áreas onde nossos modelos indicam limitações de produtividade em decorrência de pluviosidade inferior. Estamos acelerando as ações que nos levam a ocupar uma posição entre as melhores empresas do mundo em produtos florestais, diz Machado.

Outra grande ambição com a parceria é demonstrar ao ecossistema de inovação que o agro nacional vai além do fornecimento de soluções para alimentação e energia, ao se destacar também como provedor de soluções para os ambientes em que vivemos, trabalhamos e confraternizamos. “O agro também é design, elegância, acabamento, enfim, é viver ambientes”, completa Lucas.

José Tomé, Líder AgTech Garage e sócio PwC Brasil, comemora a chegada da Dexco como Innovation Partner. “O fato de a Dexco ter investido para se tornar um parceiro tão relevante na comunidade AgTech Garage demonstra o nível estratégico que o setor florestal tem dado à inovação aberta. Ficamos muito contentes em ser o parceiro de escolha para colaborar nessa jornada”, diz.

Com a mudança de categoria, a Dexco contará com um novo espaço na sede do AgTech Garage, em Piracicaba/SP, onde seus colaboradores, parceiros e convidados poderão interagir com toda a comunidade empreendedora e vivenciar na prática como o Agro pode ser traduzido em “soluções para melhor viver”.

ARTIGOS RELACIONADOS

Produção de teca em Mato Grosso será destaque no 4º Encontro Brasileiro de Silvicultura

  Líder nacional na produção de grãos, Mato Grosso também é destaque por seu potencial na produção de florestas plantadas, e possui 90% da área...

Novidades em mecanização para o preparo do solo

Vinicius Evangelista Silva Engenheiro florestal. Msc. e especialista em Nutrição e Manejo " Eldorado Brasil - Três Lagoas (MS) José Geraldo Mageste Doutor e professor da...

Lançamento: Livro retrata gestão de florestas plantadas

The Management of Industrial Forest Plantations, Theoretical Foundations and Applications As florestas plantadas para fins industriais são a principal fonte de fibras para a sociedade...

A importância de garantir a qualidade do material genético do Pinus

As pesquisas com pinus começaram na década de 1970, quando Brasil, África do Sul, Colômbia, Zimbábue, Índia e Honduras criaram uma rede experimental por meio de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!