25.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesDia do Meio Ambiente: compromisso da SLC Agrícola com a preservação ambiental

Dia do Meio Ambiente: compromisso da SLC Agrícola com a preservação ambiental

Um dos exemplos é a adesão ao Programa CONSERV, que prevê a manutenção de uma área de 1.358 hectares de vegetação nativa na Fazenda Perdizes, no Mato Grosso

A conservação ambiental e o respeito ao meio ambiente constituem pilares fundamentais da SLC Agrícola. Por isso, uma série de iniciativas foram desenvolvidas pela empresa para reforçar o cuidado com esse tema, que tem relação direta com as práticas sustentáveis adotadas pela companhia nas suas 22 unidades produtivas.

Um dos exemplos desse compromisso é a adesão, em 2022, ao Programa CONSERV. O contrato, firmado com o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), visa a manutenção de uma área de vegetação nativa na Fazenda Perdizes, no Mato Grosso, e possui vigência até 2025.
  ‍ 
O CONSERV é um programa desenvolvido para remunerar produtores rurais atuantes na Amazônia Legal, cujas propriedades contenham áreas de vegetação nativa além da reserva exigida pelo Código Florestal. No escopo do projeto, o território conservado pela SLC Agrícola, correspondente a 1.358 hectares, é a maior área individual a aderir ao mecanismo e a primeira localizada no bioma amazônico.

Momento registrado em 2022, ano em que foi assinado o contrato entre a SLC Agrícola e o IPAM/Divulgação

“Garantir o equilíbrio entre nossas atividades e o ecossistema é parte fundamental da nossa estratégia. O contrato com o IPAM se soma aos nossos esforços em conservar o meio ambiente, por meio de práticas sustentáveis e na ampliação de parcerias cujo propósito seja o equilíbrio ecológico e a construção de um futuro melhor para as próximas gerações”, comenta Álvaro Dilli, Diretor de RH e Sustentabilidade da SLC Agrícola.

Desenvolvido pelo IPAM, o CONSERV é fruto de três anos de pesquisa e diálogos com produtores rurais, e é executado em parceria com o Woodwell Climate Research Center e com o EDF (Environmental Defense Fund). Desde sua criação, o programa já conta com 20.707 hectares de vegetação protegida, mais de 600 toneladas de carbono estocado e impacto direto em 78 produtores.

Outras iniciativas ambientais
A proteção do meio ambiente também foi reforçada em 2021, quando a SLC Agrícola formalizou a Política de Desmatamento Zero, que expressa seu compromisso de não realizar novas conversões de áreas com vegetação nativa para produção, mesmo que não haja impedimento legal para isso. A política é aplicada desde 2008 nas áreas do bioma amazônico. Agora, ela passa a valer também para os demais biomas e será revisada a cada dois anos.

Em 2023, a companhia obteve a certificação Regenagri, um padrão internacionalmente reconhecido que atesta as práticas de agricultura regenerativa executadas em suas propriedades. Inicialmente, o certificado foi concedido às fazendas Planalto e Pamplona, localizadas no Mato Grosso do Sul e Goiás, respectivamente. A estratégia agora é obter a certificação em outras quatro unidades: Pantanal, Planorte, Palmares e Planeste. “Essa certificação nos traz muito orgulho e nos mostra que estamos trilhando o caminho certo, alinhando a evolução dos nossos negócios à nossa planejada agenda ESG”, finaliza Álvaro.

Também no ano passado, a companhia firmou uma parceria com um de seus clientes para um projeto de enriquecimento florestal em 400 hectares em áreas próprias. A execução do projeto, que está em andamento, já contemplou a recuperação da primeira parcela de 100 hectares. Para o processo de reflorestamento são utilizadas, preferencialmente, mudas cultivadas em viveiros próprios da SLC Agrícola, além das fornecidas por terceiros.

A empresa ainda mantém áreas próprias 100% protegidas, que se estendem por 112,7 mil hectares, o equivalente a 104.351 campos de futebol. No total, mais de 16 mil mudas de árvores de espécies nativas do Cerrado foram plantadas em dez das 22 fazendas da SLC Agrícola.

ARTIGOS RELACIONADOS

Acordo de compra é selado entre plataforma PlantUP e SLC Agrícola

A data de 11/11/2020 foi mais um marco na história do Grupo ATTO. Neste dia, o Grupo assinou um acordo com a SLC Agrícola, um dos maiores produtores mundiais de grãos e fibras, que prevê uma opção de compra de até 10% das ações da sociedade a ser constituída com a integralização do PlantUP, sua plataforma de informações agrícolas.

Manejo sustentável é aliado da preservação ambiental no Brasil

O manejo florestal desponta como uma ferramenta importante no combate ao desmatamento ilegal dos biomas brasileiros.

SLC Agrícola e IPAM assinam contrato de conservação de área no MT

Contrato foi assinado no dia 25 de abril. Local é a maior área individual a aderir ao mecanismo e a primeira localizada no bioma amazônico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!