23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasDia Mundial do Solo

Dia Mundial do Solo

solo – banco free

O dia 5 de dezembro tem por objetivo sensibilizar a sociedade para promover a consciência de que os solos são fundamentais para a sustentabilidade da vida na Terra. É urgente reconhecer o solo como um sistema vivo, formado da integração entre minerais, ar, água e organismos, e também primordial para o desenvolvimento agrícola, a estabilidade dos ecossistemas, a segurança alimentar e as pressões de uma população em crescimento mundial.

solo é vital para o planeta e realiza funções responsáveis por produzir a alimentação humana e animal, conservar a biodiversidade e os ciclos naturais, reduzir o impacto das mudanças climáticas, gerar bioenergia, sustentar construções, proteger águas subterrâneas e superficiais como filtro e armazém, entre outras. Apesar de todas essas contribuições aos seres vivos, o solo não tem sido adequadamente tratado pelos humanos, os únicos capazes de, ao mesmo tempo, usá-lo e conservá-lo. O mau uso e a falta da conservação dos solos, a seca e as queimadas, continuam a representar sérios desafios locais e globais para promover a sustentabilidade.

O dia 5 de dezembro foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas como o Dia Mundial do Solo através da Resolução n.º 68/232 de 20/12/2013. A base do documentos é formada pelos seguintes princípios: 1) Os solos são fundamentais para a sustentação da vida na Terra, pois constituem a base para o desenvolvimento agrícola, para as funções dos ecossistemas essenciais e segurança alimentar; 2) A sustentabilidade dos solos é fundamental para enfrentar as pressões de uma população em crescimento e, assim, a gestão sustentável pode contribuir para solos saudáveis para a segurança da produção de alimento a nível mundial e para os ecossistemas estáveis e sua utilização de forma sustentável; 3) A boa gestão dos solos têm importância econômica e social determinante para a biodiversidade, agricultura sustentável e segurança alimentar, erradicação da pobreza, capacitação das mulheres, combate às alterações climáticas, melhoria da disponibilidade de água, salientando que a desertificação, a degradação dos solos e a seca são desafios de dimensão mundial, que continuam a representar sérios entraves para o desenvolvimento sustentável de todos os países, em especial os países em desenvolvimento; 4) A necessidade urgente, em todos os níveis, de aumentar a consciencialização e promoção da sustentabilidade dos recursos limitados de solo, utilizando a melhor informação científica disponível e tomando como base todas as dimensões do desenvolvimento sustentável.

A importância do solo justifica plenamente a comemoração do Dia Mundial do Solo. Entretanto, é ainda mais importante o engajamento do poder público, da sociedade civil e principalmente dos cidadãos, para que adotem gestos para a conservação do solo e dos recursos naturais em suas ações diárias, o que poderia transformar a data numa comemoração constante, durante os 365 dias do ano.

*Clístenes Antônio Guadagnin, engenheiro-agrônomo, Agente de Extensão Rural da Epagri na Gerência Regional de São Miguel do Oeste, Líder do Programa Desenvolvimento e Sustentabilidade Ambiental da Epagri no Extremo Oeste e Secretário Executivo do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio das Antas, bacias contíguas e afluentes do Rio Peperi-guaçu. E-mail: guada@epagri.sc.gov.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Gesso: Quanto aplicar na formação e produção do cafeeiro?

A indicação de uso do gesso muitas vezes superestima seus efeitos, fazendo crer que o produto resolve ou traz vantagens para todos os casos. No entanto, na sua recomendação devem ser observados os resultados experimentais do uso em cafezais.

Potássio mais aminoácidos, garante mais enchimento da cebola

Autores Fabio Olivieri de Nobile Doutor e professor - Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB) fabio.nobile@unifeb.edu.br Maria Gabriela Anunciação Graduanda em...

Novo patamar da produtividade é tema do Fórum Abisolo

  Evento acontece em Ribeirão Preto (SP), em um momento em que o segmento de nutrição vegetal, que movimenta R$ 3,5 bi por ano, projeta...

Doenças causadas por fungos de solo x Trichoderma

  Sueli Corrêa Marques de Mello Engenheira agrônoma, doutora em Fitopatologia e pesquisadora da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia sueli.mello@embrapa.br O feijão é historicamente um dos principais alimentos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!