28 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioLançamentosDrones agrícolas: O futuro da agricultura está nas alturas

Drones agrícolas: O futuro da agricultura está nas alturas

Entendendo a Aerofotogrametria

Um método eficaz de obtenção de dados topográficos por meio de fotografias aéreas, a aerofotogrametria, palavra de origem grega, traz para o universo da topografia uma nova possibilidade de mapeamento. É por meio desse método que se torna possível a produção de mapas e cartas topográficas.

O método da aerofotogrametria, iniciado em 1903, evolui junto às novas tecnologias, adaptando-se às demandas que surgem no mercado vigente.

Com uma câmera embarcada, preferencialmente em drones de asa fixa, realiza-se a captação das imagens georreferenciadas, que, para serem processadas, serão sobrepostas umas às outras (com um índice costumeiramente de 70% a 80% na parte lateral e frontal). A imagem digital é transformada numa ortofoto através da Retificação Diferencial.

Com o intuito de um voo com maior estabilidade, é necessário traçar-se um plano de voo, em um software de planejamento, para que as fotos sejam captadas “em faixa“, cobrindo todo o terreno paralelamente.

Para a realização de mapeamento aéreo com a aerofotogrametria é necessário solicitar a autorização junto ao Ministério da Defesa. Além disso, tanto o operador, quanto o drone, devem estar regulamentados junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

3 - Maptor Ceu 06

Resultados
Com o uso de drones na aerofotogrametria, o GSD (índice de resolução da imagem) é muito maior, se comparado às imagens de satélite, ou seja, quanto menor o GSD, maior é a resolução espacial e maior é a qualidade de imagem. Com isso, haverá mais detalhes visíveis na imagem e mais informações a serem estudadas.

Como produto das imagens captadas no mapeamento aéreo a partir da aerofotogrametria, têm-se os materiais cartográficos em modelo digital, como: nuvens de pontos, ortofotos, MDS (Modelo Digital de Superfície), MDT (Modelo Digital do Terreno),imagens multiespectrais, informações de relevo, distância, tamanho, altura de objetos e volume, entre outros.

Os softwares de processamento de imagens disponibilizam diversas ferramentas e, cada vez mais, são reveladas novas funcionalidades à medida que os usuários identificam diferentes necessidades durante os aerolevantamentos.

Para o levantamento topográfico, a aerofotogrametria vem como uma solução eficiente que, somada ao uso dos drones na realização do mapeamento, traz eficácia, segurança e economia de tempo e recursos ao negócio.

Vantagens
Dentre as vantagens que a aerofotogrametria pode proporcionar ao produtor estão a agilidade na tomada de decisão; identificação da variabilidade do campo;aumento do lucro;redução de custo;diversidade de aplicações;possibilidade de aplicar técnicas de Agricultura de Precisão; possibilidade de auxílio ao Manejo Integrado de Pragas e Doenças, além da verificação de problemas pontuais no campo.

Essa tecnologia é indicada na otimização de várias atividades agrícolas, entre as atividades beneficiadas destacam-se a Topografia e Georreferenciamento, Silvicultura, Fruticultura, Cultivo de Plantas de Lavoura, Manejo de Pastagens, Olericultura, Avaliação e Perícias do Imóvel Rural, Gestão e Manejo Ambiental, entre outras.

Benefícios aos produtores

O produtor agrícola não precisa de nenhuma especialização para utilizar os VANTs para mapeamento se operar uma aeronave automática. É necessário apenas um treinamento para se traçar o plano de voo, através de um software muito simples, e outro para armar a catapulta no campo para o equipamento alçar voo.

Fabrício Hertz é Chief Executive Officer Horus Aeronaves
Fabrício Hertz é Chief Executive Officer Horus Aeronaves

 

 

 

 

Horus participa de Demonstração de Drones em Nova Lima, MG

 

A Horus Aeronaves, empresa especializada no desenvolvimento de drones e veículos aéreos não tripulados (VANT) para mapeamento em agricultura, topografia e mineração realizará, no dia 24 de julho, voos de demonstração de dois dos produtos do portfólio da empresa, o Verok e o Maptor, em Nova Lima, MG, no dia 24 de julho, na Associação Mineira de Aeromodelismo (AMA), juntamente com a Geomat, seu representante na região.

O Maptor Agro é o primeiro modelo de fabricação nacional desenvolvido exclusivamente para a agricultura. “Esse equipamento alia praticidade na operação com ótimos resultados de mapeamento, auxiliando o produtor a identificar doenças e pragas na plantação, estresse hídrico, deficiências nutricionais, dentre outros indicativos que reforçam as práticas de agricultura de precisão e otimizam a produtividade“, informa o CEO da Horus, Fabrício Hertz.

O Verok, outro produto da empresa que será demonstrado no evento, é um drone de grande capacidade de voo e autonomia, desmontável e portátil, com sistema construtivo que permite que a aeronave funcione como uma plataforma aérea multisensores, de forma que, o equipamento tenha capacidade para transportar sistemas de RTK, PPK, sensores multiespectrais e hiperspectrais, além de câmeras de alta definição.

O evento é gratuito e destinado a profissionais que atuam com topografia e mapeamento aéreo. São esperados cerca de 50 participantes, entre profissionais de empresas e autônomos, além de estudantes de diversas áreas.

Os dados dos voos serão processados e as análises divulgadas durante o evento para que os participantes tenham conhecimento dos resultados que podem ser obtidos com praticidade, agilidade e precisão.

Para participar, é preciso confirmar presença antes, no link: http://geomat.com.br/novos/pensando-comprar-um-drone/

Serviço

Data: 24/07

Local: Associação Mineira de Aeromodelismo ” AMA, Rua Alaska, 2 ” Jardim Canada, Nova Lima ” MG

Programação:

9:00 às 9:15 ” Boas vindas

9:15 às 9:45 ” Demonstração das aeronaves

9:45 às 10:00 ” Programação do voo e check de lançamento

10:00 às 10:30 ” Decolagem e Voo

10:30 às 11:00 ” Aterrissagem, check e análise do voo

11:00 às 12:30 ” Processamento de dados e analise da informação

Sobre a Horus

Fundada em janeiro de 2014 e com sede em Florianópolis, SC, este ano, a Horus Aeronaves vai inaugurar a sua filial em Piracicaba, SP, no Agtech Valley. A empresa é referência no mercado de drones e veículos aéreos não tripulados (VANT) para mapeamento em agricultura, topografia e mineração e oferece equipamentos com alto grau tecnológico e padrões de qualidade, além de soluções para análise e interpretação dos dados coletados pelas aeronaves.    Também disponibiliza um sistema online para análise e processamento de dados obtidos através desse mapeamento.

BPA Comunicação Integrada

Rafael Albuquerque – whatsapp- (11) 96168-9535

ARTIGOS RELACIONADOS

Encontro dos Técnicos reúne equipe para treinamentos de campo e de gestão em horticultura

Evento visa aperfeiçoar o conhecimento dos profissionais sobre os produtos das linhas Topseed, Topseed Premium e Superseed O Encontro dos Técnicos (ETEC), evento anual realizado...

Programa de Gestão Integrada

Compusoft ERP é o programa de gestão de negócios da CS Compusoftware Sistemas Corporativos, desenvolvidos para atender ao controle gerencial de empresas, especialmente da...

Adubação foliar é imprescindível no florescimento do algodoeiro

Juliano Gullo de Salvo Engenheiro agrônomo, mestre em Solos e Nutrição de Plantas e coordenador técnico da Green Has do Brasil detec@greenhb.com.br O algodoeiro é uma...

Satélites e drones ajudam a monitorar sistemas de ILPF

      Técnicas inovadoras baseadas em satélites, drones e lasers aerotransportados são as mais recentes ferramentas utilizadas pela ciência para monitorar a implantação...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!