18.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosEfeito dos ácidos húmicos no solo cultivado

Efeito dos ácidos húmicos no solo cultivado

Hélio Casale

Engenheiro agrônomo e consultor da Tecnores Consultoria e Serviços

hecasale@terra.com.br

 À esquerda, planta testemunha, e ao lado tratada com ácidos húmicos
Àesquerda, planta testemunha, e ao lado tratada com ácidos húmicos

Os ácidos húmicos resultam da decomposição da matéria orgânica, seja ela de origem animal ou vegetal e são capazes de estimular alterações fisiológicas nas plantas, as quais contribuem para o melhor desenvolvimento, tanto do sistema radicular como da parte aérea, o que é essencial para ganhos na produtividade.

Húmus é a menor fração da matéria orgânica, sendo formado pela decomposição da biomassa do solo. Na agricultura moderna, uma das maiores preocupações é para manter o solo sempre recoberto de matéria vegetal, que com o passar do tempo, pela ação de fatores diversos, se transforma em matéria orgânica e esta em substâncias húmicas, que possuem alta capacidade de troca de cátions.

Atuação

As substâncias húmicas atuam na proteção de efeitos tóxicos para as plantas promovidos pela ação de pesticidas, fertilizantes minerais e mesmo esterco não curtido. São substâncias que aliviam diferentes estresses. Tais substâncias complexam metais pesados encontrados no solo, aumentam a captação do CO2, a respiração das plantas, o teor de clorofila e aumenta também a atividade de várias enzimas.

Outra característica dos ácidos húmicos é contribuir para o desenvolvimento do sistema radicular das plantas. Um bom sistema radicular é sempre desejável para qualquer cultivo.

Raízes são importantes principalmente para fixação das plantas ao solo, para absorção de água e nutrientes. Plantas com sistema radicular mais avantajado toleram o estresse hídrico e absorvem os nutrientes minerais em maior quantidade, o que leva à maior produtividade.

Por outro lado, a presença de ácidos húmicos também contribui para estimular a síntese de hormônios vegetais como a auxina, por exemplo, e ainda certas enzimas, promovendo efeitos que favorecem a germinação, o florescimento e o crescimento da parte aérea das plantas.

Mais benefícios

Outro benefício da presença de ácidos húmicos no sistema é que agem como neutralizadores do efeito alelopático das culturas, devendo ser usados na rotação/sucessão de culturas, viabilizando as intenções/programação do agricultor.

Mais ainda, contribuem para uma menor fixação do fósforo no solo, permitindo uma absorção mais intensa e continuada desse importante nutriente; aumenta a CTC ” Capacidade de Troca de Cátions; reduz as perdas do potássio em solos arenosos, por efeito de lixiviação ocasionada pela água das chuvas ou mesmo da irrigação; aumenta a disponibilidade de micronutrientes e, por fim, estimula o desenvolvimento radicular e os microrganismos do solo, dando a este mais vida e vida nova.

A presença de microrganismos em maior quantidade auxilia na decomposição gradual do material orgânico na liberação dos nutrientes minerais em forma disponível para as plantas; degrada substâncias tóxicas de origem diversa; controla patógenos que agridem o sistema radicular, principalmente os nematoides; contribui para a estruturação e agregação das partículas do solo, tornando-o em boas condições para que as plantas se desenvolvam e produzam satisfatoriamente.

Atualmente, empresas de fertilizantes já estão agregando ácidos húmicos a seus produtos, tornando-os diferenciados no mercado. O resultado desses produtos pode ser observado facilmente na prática.

Essa matéria você encontra na edição de abril 2018 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Agrishow: Pivô de alta performance para irrigação será apresentado pela primeira vez

Lindsay lança nacionalmente o primeiro equipamento Corner do Brasil de alta performance. A multinacional também terá como destaque a plataforma FieldNET NextGen™, a próxima geração de gerenciamento dos pivôs que oferece aos agricultores uma maneira simples, clara e objetiva de manejar os recursos hídricos nas lavouras

Ácidos húmicos aumentam a eficiência do NPK

  Claudia Adriana Görgen Engenheira agrônoma, doutoranda em Geociências Aplicadas na UNB claudiadrianagorgen@gmail.com   Existe um grande segredo, o mais valioso, no manejo da fertilidade do solo, que está...

Ordem das misturas de produtos no tanque para batata-doce

Carla Verônica Corrêa cvcorrea1509@gmail.com Bruno Novaes Menezes Martins brunonovaes17@hotmail.com Engenheiros agrônomos e doutorandos em Horticultura - UNESP/Botucatu   A batata-doce está passando por uma fase de transição, deixando de...

Fertilizantes organominerais aumentam a porosidade do solo

Adilson Pelá Engenheiro agrônomo e professor da Universidade Federal do Goiás adilson.pela@ueg.br   A porosidade do solo é importante por contribuir com a aeração, absorção de água e...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!